Capítulo 153: Demanda Sem Precedentes

Como disse, estarei mais ativo em KnW… eu tenho um seminário na quinta-feira, mas eu acho que até o final de semana já solto o próximo DdH, e depois da terça que vem (última das primeiras provas), eu verei qual projeto farei, talvez pegue 2, fiquem no aguardo – Este capítulo foi traduzido da LoliQ (mas no site do NetBlazer).


Capítulo 153: Demanda Sem Precendentes

Leglos voltou para a tenda, e Lenion, que viu a expressão preocupada de seu irmão, inclinou seu pescoço.

“O que foi, Aniki?” (Lenion)
“Hmm? Bem, Yuhito parece estar ausente.” (Leglos)

Yuhito era uma das mentes brilhantes da 【Capital Gabranth – Passion】. Ele era o criados do 《Bracelete Sem Nome》 e aquele que montou o método para a 《Técnica de Binding》.

“Haa? Você quer dizer aquele Patife Insano?” (Lenion)
“Sim, afinal, ele devia ter sido empregado também.” (Leglos)
“Por que você está procurando por aquele patife?” (Lenion)
“Você vê, eu pensei que ele poderia bolar um método para cruzar até o continente 『Evila』.” (Leglos)
“Ah, entendo. Tenho certeza que ele irá inesperadamente aparecer mais cedo ou mais tarde já que é daquele cara de que estamos falando.” (Lenion)
“Eu concordo. Ele é, no fim das contas, elusivo.” (Leglos)

Os dois não pareciam se importar nem um pouco com o desaparecimento de Yuhito, no que aquele cara sempre apareceu repentinamente. Leglos que estava preocupado, estava de saco cheio com Yuhito fazendo as coisas em seu próprio ritmo numa situação assim.

“A propósito, como está o pai?” (Lenion)
“Parece que ele está indo por aí, visitando as tendas dos outros. Ele está chamando pelas pessoas que sofreram feridas durante a guerra.” (Leglos)
“Fu~un, ele é um amador de companheiros como sempre.” (Lenion)
“Esse é nosso ponto forte no fim das contas.” (Leglos)

Enquanto eles ficaram por um tempo em seus lugares, um soldado apressadamente entrou na tenda. O soldado tinha uma aparência bem embaraçosa no que sua respiração era pesada e arrastada.
Quando eles questionaram a razão pela aparição frenética do soldado, ele disse que os 『Evila』 haviam mandado para eles uma carta.
Depois dos dois mutualmente se olharem por um instante, eles correram para o Rei das Bestas, Leowald, numa pressa.

“Oh, vocês vieram.” (Leowald)

Por alguma razão, os dois sentiram um senso de incongruidade no tom dele. A expressão de Leowald parecia um pouco solta, e tinha uma atmosfera feliz em volta dele no que ele falou aquelas palavras.

“Pai, essa é a carta enviada por eles?” (Leglos)
“Ah, leia ela. Algo interessante está escrito nela.” (Leowald)

Leglos leu a carta que foi entregue para ele, “O que no mundo é isto!?”, ele instintivamente ergueu sua voz.

Naturalmente, Lenion que estava aparentemente interessado nos conteúdos daquela carta, pediu uma explicação de Leglos. E depois que a explicação estava pronta, ele também tinha uma expressão de estranhamento.

Primeiro, os conteúdos demandaram um tratado de não-agressão em troca de liberar os capturados. Naturalmente, esta parte não era tão surpreendente no que Leowald havia esperado isto acontecer.

O problema era, quando a demanda pedida não fosse aceita.
A carta disse que supondo que as demandas não fossem aceitas, eles irão concluir a guerra com uma luta. Apesar disso ser um pouco surpreendente no que veio de uma Maou ingênua, era a luta em si que tomou o folego deles embora.

A carta estava escrita como,

『Atualmente, suas forças militares são mais provavelmente escarças. Se esta luta para a aniquilação de alguém fosse continuar, ambos os lados iriam receber enormes danos, e isto é algo de que ambos países não irão se beneficiar. Se circunstâncias fossem permitir, nós não desejamos inconsequentemente matar soldados ou o povo, e então nós devemos necessariamente escolher um meio mais apropriado, que as duas partes envolvidas entendam como convincente, para lutar esta guerra. Anteriormente, vocês disseram algo como, “nos derrote mostrando seu poder”. Se isso é o que vocês querem, então nós iremos mostrar ele para vocês. Nós iremos verdadeiramente mostrar à vocês nosso poder. Nós teremos um confronto entre nossos potenciais de guerra mais poderosos para decidir um ganhador e um perdedor entre nós. Nós iremos entregar para o seu lado, o direito para decidir as especificações da luta. Naturalmente, o número de figuras deve bater. Nós também iremos liberar seus companheiros, se vocês reconhecerem isto. Contudo, este é nosso maior compromisso. Se vocês recusarem esta demanda, nós não hesitaremos em aniquilar vocês com todo o poder dos 『Evila』. Claro, se a guerra acabar sem lutas, eu acredito que isto é o melhor para ambos países. Eu estarei esperando uma resposta favorável』

Todo mundo no lugar, que ouviu a explicação de Leglos sobre a carta, estavam boquiabertos. O conteúdo da carta parecia ser razoável. Isto é porque, eles também compartilhavam algum consentimento sobre o assunto em mãos.

Pelo que eles entenderam da carta, se eles fossem travar uma guerra, então certamente se tornaria uma luta contra a aniquilação de alguém. Todos que estavam ali agora, podiam, sem dúvida, imaginar a contagem de mortos em tal situação.

Contudo, se eles fossem lutar entre eles, através do método sugerido na carta, os soldados não seriam desnecessariamente sacrificados. Ainda mais, à eles foi dado os direitos de escolher as especificações para a luta. Isto era obviamente para a vantagem do lado deles.

Não importa como eles pensassem sobre isso, os 『Evila』 pareciam estar numa posição realmente desvantajosa. Eles podiam facilmente esmagar o exército Gabranth remanescente, quanto menos massacrar os capturados.

Independentemente, por que?, todo mundo inclinou seus pescoços em confusão.

“Gahahahahaha! Eles realmente me pegaram aí! Eles totalmente fizeram algo estranho aqui! Gahahaha!” (Leowald)

Leowald, que achou isso interessante, riu do fundo de seu coração.

“P-pai! Esta não é hora para se rir! Como nós vamos responder à isto!?” (Leglos)

Ele respondeu a questão de Leglos enquanto seu rosto carregava um sorriso.

“Não importa como nós pensemos disso, é uma negociação bem conveniente!” (Leowald)
“Mas, isto pode ser uma armadilha!” (Leglos)
“Não, isso não é possível.” (Leowald)
“P-por que isso?” (Leglos)
“Mesmo que eles não pedissem algo assim, eles poderiam vencer esta guerra facilmente ao lutar conosco com as forças atuais deles. Não importa como nós pensemos sobre isso, nós somos aqueles no lado desfavorável.” (Leowald)

Ainda mais, os 『Humas』 já havia se retirado, eles estavam evidentemente sobrepujados pelo inimigo.

“Além do mais, eu lhe disse que a Maou era ingênua, certo? Esta carta provavelmente não tem um traço de enganação. Eu posso estar dizendo isso, mas isto é tudo apenas baseado de intuição!” (Leowald)
“I-intuição, huh…” (Leglos)

Leglos que estava estupefato, exalou.

“Ainda mais, um confronto entre os maiores potenciais de guerra de ambos os lados… fufu, faz um longo tempo desde que meu coração bateu desse jeito, meramente de uma sugestão dessas!” (Leowald)
“P-pai…” (Leglos)

Naquela hora, uma mão segurou no ombro de Leglos com um *pop!*

“Aniki, não importa o que você diga, é inútil.” (Lenion)

Era Lenion quem havia parado Leglos, contudo, ele também estava sorrindo, alegremente.

“Isto não é um pouco mais interessante? Apesar que eu acho que um guerreiro deve confrontar o inimigo diretamente, para resolver esta guerra, deste jeito, é muito intrigante.” (Lenion)

Quando Leglos viu aquele tipo de expressão facial, ele largou sua cabeça em submissão. Ele levemente tremeu em resignação às duas pessoas amantes de guerra ao lado dele.

“Gahaha! Não faça uma cara dessas Leglos! Olhe para eles.” (Leowald)

Leowald mexeu seu queixo, indicando para Leglos para mudar sua linha de visão. O que ele viu lá era Barid e Putis dos 《Três Guerreiros》 se curvando profundamente.

“V-vocês…” (Leglos)
“Nós iremos fazer nosso melhor para nos trazer vitória.” (Barid)

Putis acenou em acordo com a palavra de Barid. Os dois pareciam excepcionalmente motivados.

“…… haa, eu entendo. Você realmente vai aceitar as demandas deles?” (Leglos)
“Sim, além do mais, se é uma luta dessas assim, então aquele cara irá provavelmente participar também.” (Leowald)

Leowald tinha suas mãos em seu queixo no que ele alegremente sorriu em antecipação.

“Aquele cara?” (Leglos)
“Bem, pode haver alguns que serão contra esta luta, mas nós temos uma chance pela vitória em nosso alcance.” (Leowald)
“””Oooooooooo!””” (Soldados Gabranth)

Os soldados levantaram seus braços no que eles gritaram ansiosos.

“Todos os soldados aqui! Acreditem em nós e deixem o resto conosco!” (Leowald)
“””Oooooooooo!””” (Soldados Gabranth)

E assim a cortina para um jeito decisivo sem precedentes da guerra entre 『Gabranth』 e 『Evila』 foi desvelado, batendo entre si, usando suas melhores forças.

Anúncios

29 respostas em “Capítulo 153: Demanda Sem Precedentes

  1. eu tenho quase certeza que hiiro ira recusar e causar uma grande dor de cabeça para a maou.
    mas, se ele aceitar, tenho certeza que sera nesse torneio(acho que posso chamar assim) que ele reencontrara Arnold e Muir(que provavelmente estarão na plateia).

    Curtir

  2. thyros, sua coisa lindia, se ainda não tiver decidido, poderia pegar o legendary moonlight sculptor para traduzir, Atualmente era para shieldbrobr estar traduzindo mais eles andam meio parado, e pensei que um pouco da vossa zueira na tradução deixaria melhor (sem ofensas para ninguém), mais casso alguém esta traduzindo (e vc souber) poderia me avisa, ou pelo menos pensar em traduzir essa coisa linda que foi a primeira que li?
    dês de já, agradeço.

    Curtir

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s