[NnY] Capítulo 98 – Epílogo (3)

Este capítulo foi traduzido de Light Novel Translations.


Capítulo 98 – Epílogo (3)

“É mesmo, você ainda não encontrarou ele.”
“… Eu realmente, não tenho desculpas.”

Faz cerca de um mês desde que a Santa Materia-sama retornou para casa.

Os relatos que eu recebi pessoalmente no meu quarto privado, assim como antes, não são nem um pouco agradáveis.

“Como esperado, a informação que pode ser dita como plausível, é o já mencionado buraco na parede do castelo que foi aberto pelo monstro 『Wall Eater』, e o homem que foi dito de ter aparecido quando os monstros estavam atacando, certo.”
“Ah, você quer dizer a história daquele que salvou uma pobre garota, considerando os feitos dele, isso é muito improvável.”

Pobre ou não, enquanto forem humanos, eles são sujeitos à minha proteção.

Está tudo ótimo que os honoráveis pai e mãe não pensem profundamente e são fáceis de se lidar, mas eles simplesmente não entendem. Eles acham que está tudo bem enquanto eles estiverem bem.

Bem, é também um fato que a estupidez deles está na verdade sendo prestativa.

Graças à isso, os reforços de armamentos para ・・ a guerra após a subjugação do Maou também está progredindo com tranquilidade. (NT: Eu suponho que a princesa não saiba ainda que é uma Maou feminina… mas posso estar enganado)

Até os seres Demônicos também, e depois disso, os Beast-kin também devem ser esmagados.

Essa é a vontade do Grande Espírito.

Meus pais que estão se afogando em preguiça não conseguem entender isso, e eu eventualmente tive eles se aposentando.

“… Há também relatos de atividades de monstros em vários lugares, e a frequência de espécies de alto ranque e espécies anormais aumentou. Você deve retornar para seus deveres originais em breve. Claro, por favor continue procurando por aquele tolo concomitantemente. Eu vou tentar procurar por outros meios sozinha.”
“Ah, com licença, Alesia-sama.”

Com uma bela conduta que não combina com sua aparência, Gidott se curvou e deixou a sala.

Eu me perdi bem em pensamentos por um tempo assim, mas sem chegar a nenhuma ideia geniosa, eu sacudi minha cabeça.

“Fu, isto não é bom. Eu preciso mudar meu humor um pouco.”

No que eu murmurei e me levantei, eu segui para o lugar de costume.

Esse lugar é o 『Espaço do Grande Espírito』. Um lugar para oferecer preces ao Grande Espírito, com entrada permitida apenas para as princesas por sucessivas gerações.

Neste reino onde a 『Spirit Religion』 é enraizada, é o único lugar onde alguém pode ouvir às palavras do Grande Espírito diretamente. (NT: Religião de Espírito… eu não queria chamar “do Espírito” porque é mais aberto, mas enfim, fica em inglês por precaução)

O lugar para onde ela seguiu quietamente dentro do palácio real, tinha uma porta que passava uma maravilhosa presença, mesmo quando ela não era espetacular.
A porta, que tinha um design detalhado adicionado em si, não é uma porta de deslizar ou empurrar, e só parece com uma mera decoração. Mas ela é certamente uma porta.
Ela pode ser um tipo de barreira. Só aceitando aqueles que são permitidos, e somente uma mera parede se você não for.

“…”

Eu andei pela porta como se não tivesse nada ali, e ・・・・・・ passei para o outro lado da porta.

Lá, está um jardim feito em verde exuberante.
Frutas doces e azedas presas nos arbustos, e cores e fragrâncias vívidas que acompanham as flores.
O gazebo no centro é feito de mármores brancos puros, e a fonte cheia de água fresca, como uma nascente, fazia um som fresco.
Era a estação quando o lado de fora começava a esfriar, mas estava repleto de ar morno, como se fosse um mundo diferente.

Quando eu coloquei algumas, duas ou três, frutas vermelhas do arbusto plantado em minhas mãos, eu segui até o gazebo sem hesitação.
Eu coloquei a fruta num pires de uma xícara de porcelana branca que não tinha uma única mancha, que estava acima de uma mesa branca pura, igual o gazebo.
Quando eu servi o chá lentamente da chaleira que continha um chá preto apenas na temperatura certa a qualquer momento, eu me sentei na cadeira branca ao meu lado.

“Ah, o chá preto aqui é realmente delicioso.”

Enquanto aproveitava o chá fragrante, eu dei uma mordida nas frutas empilhadas.
Os momentos elegantes quando eu tomava o calor do sol, sempre acalmou meu coração. (NT: Por alguma razão, maior parte do capítulo era em primeira pessoa – mas agora começou a usar em terceira… vou manter primeira mesmo)

(Ainda assim, o que exatamente isso significa? Já foi confirmado que ele não está na capital imperial. Mas…)

Repentinamente, eu fiquei consciente das minhas costas no que eu estava passando a mão no meu ombro pela minha nuca.
As cicatrizes não estavam mais lá.

(Foi cravado nestas costas quando tudo foi tomado. Eu não sei o que exatamente o guiou erroneamente, mas eu estava achando que eu veria alguns tipos de ações no futuro próximo já que ele decidiu não me matar…)

“… Como esperado, é impossível investigar secretamente, afinal. Já foi exposto à Teocracia Lunaria e o Law Country. Eu farei arranjos com na Guilda… não, se eu fizer algo assim, deixando a Teocracia de lado, o Law Country já está ciente, caso se torne conhecido no Império também…” (NT: Law Country… eu não me lembro de alguma menção disso, mas significa literalmente “País da Lei”)

Pior dos casos, o poder do herói que o reino estava tentando usar pode ser usado ao invés disso pelo Império.
Aquele lugar é um país selvagem que ignora meritocracia e ordem.
Mesmo com um monstro desses, se seus interesses combinarem, o Império irá juntar forças.
E, isso fará mal ao reino antes de tarde.

“Ah, isto não vai dar. Eu vim aqui para relaxar…”

No que eu suspirei, e o copo se esvaziou, eu fui andando até o altar que foi construído no gazebo.

É um lugar para as sucessivas gerações de princesas rezarem ao Grande Espírito, e onde as grandes palavras são concedidas.
Originalmente, o local onde minha irmã mais velha rezava todo dia.

“… Eu não ouvirei nada hoje também? Entendo, então eu estou longe ainda, não estou.”

Com meu poder, eu só consigo ouvir aquela grande voz uma vez por mês, somente de noite quando a lua cheia brilha.
Para completar, ela é rouca e baixa, e apenas palavras de murmúrios quebrados.

Ah, se minha irmã mais velha ainda estivesse viva.
Se fosse minha irmã e não eu, ela certamente seria capaz de trocar palavras com o Grande espírito tão facilmente quanto como se ela estivesse conversando com um amigo.
Transbordando com talento, tanto que ela conseguia até ver sua aparência, originalmente, minha irmã mais velha deveria estar no lugar onde eu estou no momento.

Tão gentil, e inteligente, meu modelo perfeito…

“… Eu nunca desistirei. Eu definitivamente alcançarei o inimigo da minha irmã mais velha.”

Eu segurei firmemente o colar que era um memento de minha irmã mais velha acima de minhas roupas.

“Todos que tentam vestir a horrível pele de um humano, eu irei…”
“『Eu irei destruí-los』 ou algo assim?”
“Mm!? Quem está aí!!”

Ao mesmo tempo em que eu me virei e olhei para a voz que ouvi, e sem confirmação, eu disparei uma bola de fogo exagerada sem cantar, em troca de ser ameaçada.

“Oopsie, até como uma substituta, eu acho que ela é uma princesa, huh. Para ser capaz de usar sem-cântico, nada mal♪”

Assim como a areia que foi levada embora, eu vi uma figura encapuzada que estava coberta profundamente.
Julgando pelo seu corpo e voz, ele é um homem.

“… Este lugar, deveria ser um santuário onde somente a princesa escolhida pode entrar. Quem é você?”
“Bem, eu acho, não é 『Bola de Luz』 que saiu prontamente, mas 『Boal de Fogo』, eu acho que eu não sou páreo para o negócio de verdade. Eu estou falando sobre como esta geração é a mais abençoada com talentos.”
“Como essas palavras que você disse mais cedo…… você, quanto-”
“Não me encare tanto assim. Você não precisa se preocupar, eu sou seu aliado.”

O homem que riu com um som estalante, tirou seu capuz enquanto continuava com 『mas, bem』.

“Eu vim aqui para elogiar uma substitua com quem eu não consigo nem me comunicar. Não exatamente, para mim pessoalmente, houve irregulares demais desta vez que é irritante. Se fosse apenas um, enquanto o resultado fosse o mesmo, eu havia pensado que, bem, está tudo bem.”
“Um Elfo!?”

O que apareceu foram orelhas pontiagudas e cabelo de fios de ouro.
A aparência que foi arranjada como um boneco parecia de algum modo como se fosse falsa.

“Sua imitação-humana que corre pela floresta, que assuntos você tem comigo?”
“Como eu disse, não seja tão anti-social. Eu vim até aqui para te informar daqueles erros fora do escopo da jurisdição humana.”
“…”
“Como eu posso te fazer entender. Ah, isso mesmo, que tal se eu disser isto?”

O homem Elfo que riu frivolamente, dobrou cinicamente o final de sua boca.

“A princesa anterior, que era o negócio de verdade, sabia que 『Elfos são os mensageiros do Grande Espírito』? Com nossos poderes, nós podemos lhe dizer o que a princesa realmente deveria estar fazendo neste mundo.”
“Cale sua boca, me deixa enojada. Minha irmã mais velha foi morta por vocês imitações-humanas, Beast-kin e Demi-humanos e Demônios, estão danificando e poluindo  este mundo, este é um mundo de seres humanos!”
“Então, então Elfos não estão inclusos. Este mundo é um paraíso para humanos e elfos.”
“Não fale merda, algo assim…”
“Mesmo se, você puder ouvir isso diretamente do Grande Espírito?”
“… O que você acabou de dizer?”
“Se nós elfos lhe ajudarmos, você será capaz de fazer tanto quanto o 『negócio de verdade』, mesmo como uma substituta? Você está num impasse, não está, como a questão com o herói.”
“Mm.”

Eu não tinha mais iniciativa no que eu me engasguei com palavras.
O homem Elfo continuou dizendo tudo que eu sentia em minha mente, e também ergueu os cantos de sua boca e riu.

“Bem, vamos cooperar juntos, minha nobre Princesa falsa. Eu vou te transformar no 『negócio de verdade para valer』 neste mundo.”

ANTERIOR | ÍNDICE | PRÓXIMO