Capítulo 58 – Sinais Pertubadores

As vezes, eu acho que traduzo muito… mas ao mesmo tempo, parece que traduzo pouco, sei lá… mas vamos lá – Este capítulo foi traduzido do Lunaris.

Ah, isto não tem nada a ver com as traduções, mas este domingo eu serei staff (provavelmente no palco secundário) do Anime Arts, evento de anime aqui da região – se alguém for lá (se é que tem alguém da região que entra aqui) e quiser dar um oi, só aparecer o/ Continuar lendo

Capítulo 57 – O Nó e Muitos Problemas

O que traduzi como “nó”, pode ser empate ou até mesmo algo sobre estar ocupado, mas eu quis dizer no sentido de nó final… se deu para entender, ótimo, caso contrário é a vida… Leiam os outros 2 patrocinados que saíram ontem antes deste aqui!

E estou relativamente cansado, pelo menos a reserva de capítulos que tirei para fazer nesse feriadão serviu para algo! Vamos lá – Este capítulo foi traduzido do Lunaris. Continuar lendo

Capítulo 54 – A Efêmera Canção da Abelha (Segunda Parte)

Sempre que tem capítulo grande, dá uma preguiça, e apesar de ter sido dividido em 2 partes pelo Lunaris, não é tão grande assim…  mas eu preciso começar a fazer uma reserva de capítulos de verdade, tá ficando complicado, mas vamos lá – Este capítulo foi traduzido do Lunaris. Continuar lendo

Capítulo 53 – A Efêmera Canção da Abelha (Primeira Parte)

NOTA: Cansei de ficar chamando “abelha-de-mel”, deixa agora só abelha… ah, e faz parte do título essa coisa de parte, não é que eu ou os tradutores em inglês dividimos para facilitar nossa vida…

Tem tanta coisa que acontece que nem sei o que colocar aqui para reclamar… mas vamos lá – Este capítulo foi traduzido do Lunaris. Continuar lendo