Aniversário do WP – 4 Anos de Thyros Traduções! (4 capítulos bônus!)

Magote, o post vai ser relativamente grande, mas adiantando para quem só quer os capítulos extras, já vou deixar antes do “ler mais” – eu explicarei no post o motivo, mas são 3 capítulos de This World with Cut & Paste e 1 capítulo de Nidome no Yuusha!

Capítulo 70 de TWwCP – Só seguir a ordem que vocês encontrarão os outros em seguida!
Capítulo 46 de NnY – Só há um capítulo, mas pode acessar por aqui mesmo! Continuar lendo

Anúncios

Novo Projeto – Enquete! … e avisos!

Magote, chegou a hora de escolher um novo projeto – entrem aqui para ver as sinopses/número de capítulos e escolham qual vocês preferem! Lembrando, Está na mesma ordem, e os nomes no arquivo estão divididos como “nome completo original/popular (tradução em português) – nome que usarei em botões (sigla que adotarei)”! Avisos após a enquete:

ED: Esqueci de avisar, pode votar em até 3 opções, mas só a com mais votos será escolhida!

ED²: Pyown, o tradutor da KUORK que estava fazendo Nidome no Yuusha, me deu permissão para pegar esse projeto, que infelizmente não está na votação… me digam nos comentários o que acham sobre isso, porque sendo 18 capítulos em inglês, pelo que eu sei, deve sair mais rápido e tal – pego para fazer, deixo quieto, o que faço?

O prazo para o fim da votação é até 09/09/17! Continuar lendo

Capítulo 02 – Responsabilidade e Poder

Demorou. Muito. Mas aqui está mais DdH. Capítulo ridiculamente enorme, tudo isso porque eu quero acabar logo com as explicações gerais… Ah, e eu garanto que vai acelerar a produção, agora que acabou TnY e tal… Por outro lado, acho que já devo dizer agora: eu não gostei muito do final deste capítulo, eu estou um tanto indeciso sobre como deixar o cara agindo, mas ao longo dos próximos capítulos eu moldo melhor os personagens.

Ah, desta vez eles estão menos bobos, porque eu forcei demais no outro capítulo isso… espero que gostem o/


Essa tal de Ari até que é legal, a gente ficou conversando sobre inutilidades até o hospital, apesar que chegando lá, ela praticamente me abandonou para procurar o psiquiatra…

“Mas que por… COMO ISSO É POSSÍVEL!?”
“KAHAHA! Será que agora acreditam em mim?!” (Gil) Continuar lendo