[NnY] Capítulo 70 – Aventureiro, Saiba a Razão pelo Seu Sonho

… eu reclamo de preguiça, de falta de vontade, mas estou aqui traduzindo, que bizarro… vamos lá – Este capítulo foi traduzido de Light Novel Translations.


Capítulo 70 – Aventureiro, Saiba a Razão pelo Seu Sonho

Era longe, mas, ainda verdadeiramente no meu coração, meu amor por este mundo, e essas memórias de dias que me lembravam do que eu queria proteger.

Agora que muitas coisas estavam manchadas, todo dia era importante para parar a destruição indesejada deste mundo.

“Ugh…”

Logo diante de mim havia algo que era mais problemático que derrotar uma fera mágica de ranque A.

“Hey, aventureiro-nii-san.” (NT: Eu estou supondo que é “nii-san”, porque não vou ficar escrevendo “irmão aventureiro” ou “grande irmão aventureiro” da vida, é escroto demais!)
“Mah? Hey, espere um segundo! Espera Kelly!”

No que a coisa na frente do jovem estava contorcendo seu corpo para frente e para trás, eu dei um passo para trás sem pensar.

“Ouça, espere e pense. O que você está fazendo não é estranho?”

Da montanha de coisas que o jovem estava segurando no balde em sua mão, ele tirou uma pequena criatura para comer, e era uma larva de inseto do tamanho próximo de uma laranja, tendo as cores de verde e branco.

No que ele segurou a barriga da criatura, parecia que a pequena larva gorda fez uma cara de angústia.

Por causa do tempo gasto com Letícia na dungeon, eu fui capaz de ver um inseto que era uma fera mágica ser devorado de um jeito que me fez pensar 『provavelmente será melhor do que eu vi na dungeon, certo?』.

Mas este evento ainda era meio diferente daquele.

Eu sabia que a fera até era comestível, e poderia ser boa, mas usar um inseto como comida era algo que pessoas japonesas não gostam… e tentam evitar.

“Eu disse que você não pode pegar qualquer coisa que você queira comer, aventureiro-nii-san!”
Ugh, Shen Fa. Não, eu imaginei certo? Olha, ele é um adulto, então ele é realmente forte, então ele consegue aguentar isso, certo?”
“Que, isso é trapacear!” “Isso não presta! Eu pensei que você fosse um aventureiro!”
“Quem sabe, né, mas ser um adulto é injusto! Ser um aventureiro e ainda não gostar de certas coisas.”

Elas eram crianças que reclamavam e chiavam e olhavam por toda parte um do outro,

“Por que você é tão contra comer isso? É nutritivo e bom também, essas coisas.”
“É, é macio e doce, e tem um ótimo gosto. É um desperdício não comer.”
Ugh, só engula isso sem comer.”
“”Quem foi que disse para mastigar cada mordida!?””
“… fui eu.”

『Se você comer, mastigue cada mordida antes de engolir』 é a coisa que a maioria dos pais ensinam para seus filhos no Japão.

Contudo, neste mundo isso não é bem conhecido.

Por outro lado, quando eles comem comida, eles fazem isso sem demorar nada e comem tudo rapidamente enquanto ainda está fresco.

Eu entendo o porquê desse ser o caso, mas, se você vai pegar a nutrição e ajudar com a digestão, você precisa mastigar lentamente a comida antes de engolir.

(Ainda assim…)

Você não consegue comer o que não você não consegue comer, quero dizer, por que você tentaria mascar algo assim quando você quer um lanche? Kelly, essa coisa pendurada na sua boca é dos líquidos internos daquilo, né? Esses são os órgãos dos insetos, né?

“Ah, nossa, Kelly, os negócios dele estão pendurados na sua boca!”

Pleh, e Shen Fa colocou sua língua para fora e lambeu o líquido caindo da boca de Kelly.

“Whoa! Idiotas! O que vocês estão fazendo!?”

Uma criança envergonhada, e uma garota estranha. Por volta da idade de estudantes japoneses da pré-escola .

Kelly estava chegando na idade onde aproximar garotas estava ficando embaraçoso, então ele estava corando, enquanto Shen Fa observava Kelly um pouco confusa.

Era uma cena que fazia você sorrir.

Kelly, com um balde cheio daquelas coisas e o fato que a garota lambeu aquela… coisa… me fez querer abandonar o pensamento deles comendo aqueles insetos.

“Kelly, Shen Fa, desculpem, eu poderia comer sapos, mas aquelas coisas são impossíveis.”

Sério, era triste dizer isso para essas crianças que estão curtindo tanto a vida, mas eu não consigo comer coisas assim.

“Ah, Kaito-san, então você ainda está ficando por aqui.” (NT: Senhor Kaito, mas… eu quero usar o honorífico certo, mas não consultei em japonês; 95% de acertar, mas enfim…)
“Oh, Materia?” (NT: Está Metelia, mas… pelo visto é a Materia dos Extras)
“Hey! A mulher sagarada!” “Você veio ver o cara aventureiro?”

Materia nos chamou no que nós ficamos no jardim da frente do orfanato.

O sol estava bem forte hoje, mas mesmo assim ela vestia um hábito de bainha longa.

Bem, mesmo vestindo um hábito você podia ver que ela tinha peitos grandes, e se ela vestisse qualquer coisa a menos, isso afetaria severamente minha saúde mental, então era bom que ela estava pesadamente vestida.

Eu estava acostumado a ver as irmãs mais novas dela, Mai e Alesia, e mesmo quando ela era apenas um ano mais velha, ela ainda era uma beldade direita e muito gentil, e era um banquete para os olhos.

Isto pode ser meio súbito, mas este mundo tinha muito mais beldades que o anterior.

“Eu trouxe para vocês todos algo também. É uma torta de ricol que eu fiz antes de eu ter chego aqui.”

Ela sorriu um sorriso gentil e abriu sua cesta, e um doce e delicioso cheiro apareceu com a torta.

“”É!””
“Hey vocês dois, não tentem comer ela ainda, nós temos que dividir ela com Myun-sensei e todos os outros!” (NT: Por que os tradutores adoram sumir com os honoríficos…?)
“”Que?””

Ela estapeou as mãos esticadas deles com uma batida rápida.

Mulheres amam coisas doces, mas com esta professora era óbvio.

Regularmente, n oque ela trabalhava com as crianças enquanto cuidava delas, era bom para ela dar uma folga deles de tempo em tempo.

“Enfim, bom trabalho Materia.”
“Bom, trabalho?”
“É, você fez bem.”
“Não, Lunaris me ensinou tudo, eu só segui o que ela me contou, Kaito-san.”

Desta vez, ela tinha um sorriso pacífico em seu rosto diferente do anterior, juntou suas mãos e talvez disse uma reza para Lunaris.

“E vocês dois, como vocês conseguiram muito mais do que o usual, vocês não tem que se apressar… mesmo quando vocês foram pedidos para acharem mais, isso é o suficiente por ora.”
“…”

Como Materia disse, hoje era o último dia em que nós estaríamos fora da cidade.

Nós estávamos prestes à entrarmos em guerra com as feras mágicas de novo.

Haviam reviravoltas, no Império e na selvageria, mas nós tínhamos nos preparado para uma guerra real. (NT: Sinceramente, eu ainda não sei se tem o Reino de Aurelia e um império, ou se é o império de Aurelia…)

Como nós havíamos completado nosso objetivo aqui na cidade, não tinha mais razão para ficar mais por aqui. Esta guerra não acabará até o maou estar morto. (NT: Estou presumindo que ele ainda não sabe que é uma mulher… porque japonês e inglês tem pronomes neutros para atrapalharem a vida, e normalmente se espera um homem como maou…)

Tch! Vocês precisam vir mais para esta cidade. É entediante depois que nós já fizemos amigos.”
“É, certo! Eu quero comer mais dos lanchinhos da dama sagrada também!”

As crianças estavam reclamando sem parar depois de ouvirem que nós íamos partir de novo.

“Crianças, vocês não podem fazer demandas para outras pessoas assim.”

Myun disse no que ela chegou no território do orfanato também.

“”Sensei!!””
“Aventureiros possuem seus próprios trabalhos para fazerem. Me desculpem por essas crianças reclamando assim.”
“Não, não é nada. Eu fico solitário sem eles também.”

Quando você pensa numa chefe de orfanato administrando o local, você usualmente imagina uma mulher gentil, idosa, mas Myun era bem jovem.

No começo, ela e seu marido aventureiro haviam começado a cuidar deste orfanato, mas porque os tempos eram difíceis, o marido foi para a mata caçar para poder ganhar mais, e encontrou uma fera mágica muito forte devido ao azar, e nunca voltou para casa.

Enquanto a espada afiada que o marido usou nos tempos difíceis foi perdida, dali em diante, Myun ainda foi capaz de cuidar do lugar sozinha.

“Myun, eu fiz uma torta de ricol. Se você quiser, você pode comer um pouco junto com as crianças.”
“Bem, muito obrigada. Eu acho que elas ficarão muito felizes. Se vocês quiserem, eu posso fazer para nós algum chá…”
“Kaito!!”
“Oh, Toria, eu te falei que é perigoso correr assim antes, né?”

Ela foi thud no que eu senti o peso dela atingir minhas costas como que em resposta.

Toria foi a primeira criança que eu encontrei neste orfanato.

Foi por eu ter começado salvando ela de uma fera mágica que me levou primeiro à este orfanato.

Ela era velha para este orfanato, e bem precoce, tanto que ela ajudava Myun juntando ervas na floresta ao redor.

O orfanato usualmente começava a usar as crianças na vila para tarefas desde os oito anos, e desde então o orfanato havia começado a receber dinheiro, mas porque Toria era tão boa que ela até começou a ajudar a Guilda, ela foi permitida à procurar por ervas sozinha fora da cidade.

Como eu acidentalmente tropecei nela sendo atacada e a ajudei, eu acabei conhecendo todo o resto no orfanato. Se ela me visse, ela correria para vir me ver, e então me seguraria do mesmo jeito que ela fez agora.

“Não! Não! Eu quero ir com você!”
“Toria?”

Toria ainda estava pendurada nas minhas costas, e ela escorregou sua mão num bolso que eu usava para viagens.

“Eu não quero largar! Se ele deixar esta cidade, eu quero ir junto também!”

Ela tinha uma rara cabeça de cabelo preto, e suas íris também eram pretas.

Era vagamente como uma garota japonesa, incluindo o fato que ela gostava de ser mimada, e isso me lembrou de quando eu era jovem.

“T… Toria! Apenas relaxe, okay? Eu não vou embora qualquer hora em brev…”
“Você mente! Você veio hoje, mas você vai partir amanhã, certo!?”
“Pare com isso, Toria. Você não pode incomodar um aventureiro assim.”
“Eu disse não, não, não, não, não!!”
“Toria…”

Usualmente, Toria iria sempre escutar o que Myun dissesse para ela, mas desta vez ela só se pendurou em mim, e com seu rosto encostado nas minhas costas, esfregou ele no que ela sacudiu sua cabeça.

Eu não quero fazer a distinção, mas de todas as crianças do orfanato, Toria é quem tem a conexão mais forte comigo.

Como ela estava obstinada assim, eu estava pensando em arrancar ela de mim, mas eu não queria forçar uma garota chorando como Toria para fora de mim.

“… Toria, você poderia ouvir? O lugar para onde eu vou é muito perigoso, e não tem como eu poder levar você comigo.”

Logo diante de mim havia escuridão.

Durante esses dois anos, eu me tornei mais forte. Eu não podia correr para salvar Toria toda vez que algo inesperado acontecesse com ela.

Ainda mais, por causa deste campo de batalha assassino onde nós nos matamos no escuro, não tinha como você trazer junto uma criança.

“Ugh… uh…”

Não havia resposta. Contudo, o aperto dela nas minhas roupas enfraqueceu.

“Por favor, Toria. Se você partir comigo, o que o orfanato se tornará? Todos ficarão solitários, e como você é uma irmã mais velha para todos eles, ninguém pode ajudar a olhar as crianças, certo?”
Sniff… waaaaaaaaahhh!”

Toria, depois de entender aquelas palavras, soltou das minhas roupas com suas mãos. Ela então começou a chorar de um jeito que ninguém podia parar.

“Hey, não chore. Pare de chorar. Isso só estraga o rosto de uma garota bonita.”

Eu fiz carinho na cabeça dela no que essa choradeira incessante continuou. No meio disso, talvez pela intuição de Myun, ela levou as crianças e Materia para dentro do prédio.

Sniff, sniff

Depois de gentilmente mexer na cabeça dela um pouco, Toria finalmente parecia ter se acalmado.

“Hey, eu tenho algo bom para você.”
“Algo bom?”
“Sim, eu tenho. Eu estava pensando em dar isso para minha irmãzinha, mas… eu darei isso para você.”

Era um souvenir que eu recebi da floresta dos elfos, um pingente simples de um pássaro cravado em madeira num fio entrelaçado.

“Aqui, ele fica bem em você.”

Quando eu coloquei o pingente no pescoço de Toria, o cristal no olho do pássaro refletiu o sol num brilho.

“Sério, ficou bom? Eu sou fofa?”
“Sim, claro que… você é.”

Eu disse isso do mesmo jeito que eu costumava dizer quando eu era uma criança.

Eu acho que as crianças desta idade pensam igual eu costumava pensar.

“Eheh heh heh, então eu acho que agora eu serei sua concubina, certo?”
“Mah!? T… Toria! De onde você aprendeu essa palavra!?”

Parecia tão bobo que eu inconscientemente cuspi essa frase clichê.

Não, “eu serei sua esposa” é algo que eu entenderia, mas uma concubina!?

“Hum, eu ouvi de uma mulher na recepção da guilda que ‘uma concubina ganha mais amor do que uma esposa’, ela disse.”
“… Eu não quero ouvir esse tipo de conversa de você.”
“?”

É, aquela cabeça de vento bobalhona da guilda diria isso.

… as sombras realmente percorrem fundo.

“Então, aventureiro.”
“Hm? Sim?”
“Venha me ver de novo! Eu estarei aguardando!”

Então Toria de novo voltou sua cara para o usual, um sorriso claro.

“… é, eu prometo.”

E para acalmar ela, eu retornei o mesmo sorriso para ela.

“… um sonho.”

Quando eu acordei, eu lentamente me sentei. O quarto ainda estava um pouco escuro.

Eu estava um pouco fora de mim e tentei procurar pelas minhas memórias, e eu lembrei que eu havia chego nesta pensão em Dartlas ontem.

“…”

Eu tinha que colocar força nos meus braços neste mundo.

Mesmo se fosse tudo a toa, eu queria proteger aqueles que eu queria proteger, eu pensei, e eu não tinha dúvidas sobre isso.

É por isso que, naquela hora, eu havia rido.

Não importa o que, eu achei que eu estava protegendo aquelas crianças.

… a razão para o resultado horrível foi, bem, talvez meu orgulho tenha sido o gatilho disso tudo.

Nesta realidade negra, você não pode rir se o seu próprio ser faz tudo acontecer.

“Ainda assim, eu sou do tipo que fica entediado rápido.”

Eu sempre fui uma pessoa tão sentimental até agora?

Antes de eu dormir na noite passada, eu me senti mal tendo um sonho de Ermia como eu tive, mas para ver outro sonho diferente de novo logo após isso.

“… talvez.”

Fwip, eu produzi a 【Holy Sword of Vengeance】 silenciosamente.

O que apareceu durante a avaliação de item foi as condições de criação e efeitos da 【Holy Sword of Vengeance】.

Contudo, o conteúdo exibido estava um pouco diferente.

Havia um elemento perdido que estava flutuando com o conteúdo 【Ver Sonhos da Vida Relacionada ao Trauma】.

“Essa é uma condição ambígua.”

Era tão ambígua que me fez suspirar.

Eu verei um sonho, mas não tem como dizer que sonho cumpre as condições.

Os sonhos de antes foram recordações que podiam ou não serem contadas como trauma.

“Não, aqueles foram…”

Minhas skills e Soul Blade eram relativamente hostis comigo.

Eu conhecia a Soul Blade que veio em minha posse, que habilidades ela tinha, então eu podia ver a explicação de suas características. Contudo, esse não era o fim.

A Soul Blade tinha outra habilidade também. Se o item analisado tivesse 【????????】 sendo exibido em suas características, você não consegue confirmar uma coisa necessária para a completude de algo, como a habilidade da 【Holy Sword of Vengeance】.

Quando conseguindo a Soul Blade, você pode usar ela depois de cumprir aquela uma característica, e depois de receber esse efeito de força dela como agora, essa característica será exibida na avaliação do item, o que faz disso uma configuração bem hostil.

Por exemplo, se eu usar a 【Water Fairy’s Droplet Blade】 que eu aumentei as habilidades ao máximo agora pouco como um exemplo, sua manipulação de fluído foi conquistada quando derrotando uma certa fera mágica. Contudo, a manipulação de calor de fluído foi um poder que eu confirmei que existia depois de usar isso enquanto sentia algo diferente durante batalha.

Talvez elas sejam habilidades que permanecem dormentes até eu notá-las.

Bem, não tem uso nisso porque não é como se alguém tivesse escrito um sistema de jogo para que eu seja capaz de usá-las facilmente.

A única coisa que eu sabia que eu não gostava era o fato que este mundo faz condições muito difíceis, mais difíceis do que alguém imaginaria. É por isso que, algumas vezes, os planos que eu faço e este mundo em que estou divergem.

Nmyaa, Goshujin-sama?”
“Oh, desculpe, eu te acordei?”

Na cama à minha direita estava Minnalis, que estava esfregando seus olhos e se levantando.

Era o quarto de uma pensão, com três camas próximas uma da outra em paralelo.

Fui eu que dividi quarto, e em troca consegui uma cama para cada pessoa, então eu tive que arrumar um quarto grande o suficiente para três camas grandes caberem.

Sonhar é sobre ser capaz de dormir confortavelmente. Arrumar uma cama decente adequada para a tarefa é preciso.

“Nnn… Yawn. Goshujin-sama, um beijo.”

Depois de uma leve espreguiçada, a expressão de baixa energia e cabeça vazia de Minnalis apareceu.

Ela era muito mais de um tipo adequado, quero dizer, até ela ter começado a se vestir como uma maid. Agora ela parecia com aquele momento importante em minha vida quando Minnalis não estava adaptada à nada, logo quando eu encontrei ela.

Ainda assim, Minnalis havia dormido numa fina veste única. Não era bom porque você podia ver várias curvas e protuberâncias emergindo das áreas do pescoço e braços da veste. Isto era realmente ruim de manhã. (NT: Eu odeio termos como one-piecetwo-pieces para roupa… isso funciona bem com maiô e biquíni, que é uma coisa só ou parte de cima e de baixo, mas aqui… coloquei única para distinguir isso, é uma camisola)

“Okay, okay, vai lavar sua cara.”
Yawn, okay…”

O espaço entre as camas era grande o suficiente para uma pessoa caber, e Minnalis, com uma mão no seu rosto e outra num sobretudo, jogou ele por ela e foi para fora para se lavar no balde. Depois que ela lavou seu rosto e acordou claramente, sua cara de cabeça de vento desapareceu, então não tinha problema.

“E Shuria, eu não quero pisar em você, então pare de sentar no chão e aguardar por mim!”
“Okay Kaito-san, você está fazendo bullying comigo.”

Shuria fez biquinho com seus lábios e não se moveu do chão.

“… eu falei para você ir lavar sua cara, sua cachorra sem peito!”
“Oh, okay! Entendido!”

Não tinha nada que eu pudesse fazer senão erguer minha voz baixa para um grito agudo para fazer ela se mexer. Não era estranho ficar bravo por algo assim, mas Shuria ao invés disso saiu alegremente para fora com um sorriso.

“… sigh, por que minha vida é assim?”

Minha cabeça, realmente, realmente dói.

Ainda mais que, como a causa era minha própria, doía mais.

“Droga, pare de pensar sobre isso, vai ficar pior.”

Isto não é algo que uma pessoa normal chamaria de interesse ou hobby. (NT: Eu te entendo, Kaito, eu te entendo…)

Não é como nada ruim, mas ao invés de pensar sobre isso, vamos focar no futuro.

“Okay, eu acho que vou lavar meu rosto também.”

ANTERIOR | ÍNDICE | PRÓXIMO


Nota do Thyros: Enquanto dá para ler o capítulo, mesmo em inglês, ele me pareceu estranho – eu não sei se só eu tive essa impressão, nem sei apontar direito o que me incomodou, o que consequentemente me deixa incomodado com essa tradução…

Mas pode ser só eu ficando paranoico, não seria a primeira vez que fico incomodado enquanto traduzo – aceito (e gostaria de) feedbacks sobre o capítulo, para saber se só eu que estou surtado ou se realmente está estranho/ruim…

3 respostas em “[NnY] Capítulo 70 – Aventureiro, Saiba a Razão pelo Seu Sonho

  1. Eu achei estranho também,eu não sabia quem estava falando,se era o kaito,as crianças ou etc …
    Por isso eu mrio que fiquei me perdendo durante o capítulo

    Curtir

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s