[NnY] Capítulo 67 – A Risada Alegre de Vingança

Tava demorando para ter um capítulo grande… mas fazer o que, faz parte… vamos lá – Este capítulo foi traduzido de Light Novel Translations.


Capítulo 67 – A Risada Alegre de Vingança

Phew, isso realmente foi uma droga.”

A Ruiva instantaneamente secou todas suas roupas e seu cabelo vermelho com sua magia de vento.

Fwuff, o lindo cabelo dela se afofou no que ela suspirou.

Eu rosnei com raiva para ela depois de ver a reação tranquila dela para isso tudo.

“Alto lá! Pare de agir como se você não tivesse reação à mim. Porque você explodiu aquela coisa enorme sem pensar nem um pouco, talvez você deva se desculpar comigo um pouquinho?”
“Ah, okay, okay, desculpe, que pena, minha culpa.”
“Whoa-ho-ho! Essa desculpa inútil sem nem um pouco sentimento de tristeza, você tem certa coragem por fazer isso!”

Dali, nós retornamos para o quarto anterior onde ela me lavou de novo com uma bola de água, assim como ela fez antes.

Era realmente uma catástrofe.

Aquele líquido oleoso havia me coberto tantas vezes como uma armadilha ou algo assim antes, mas lá trás ele parecia ser estranhamente liso quando ficava em mim, e seu cheiro era como óleo de Camélia ou algo assim, algo estilo flores.

Ele deixava meu cabelo lustroso também, então a Ruiva parecia me fazer ser pego nisso simplesmente para que ela pudesse pegar um pouco para ela.

Contudo, esta coisa era completamente diferente. Não era nem um pouco bom.

Isto era quase como vômito, mico destripado, o resultado de uma skill de golfada ectoplasmática de um cara bêbado. (NT: Eu tive que procurar muito por um eufemismo de vômito que combinasse com o resultado, até achar “destripar o mico” para vomitar…)

Isso tinha o cheiro de ácido estomacal, com 10 vezes mais viscosidade, que tinha sido deixado para fermentar por um mês – era tão fedido assim.

Assim como uma bola de água açucarada do tamanho de um pedaço grande de cascalho, aquela coisa estilo um isópode gigante deixou para trás pedaços gosmentos de carapaça misturados com pedaços de insetos que ele havia consumido e estavam agora cobertos em sucos digestivos. (NT: Água açucarada é aparentemente aqueles sucos merdas que não dissolvem direito e são em geral só corantes…)

Qualquer advogado que valha algo daria uma olhada no que eu estava coberto e declararia em grandes termos ‘SEM OBJEÇÕES’ à sentença condenatória que seria dada contra a Ruiva.

Yuk, sem chance, sem chance, ser lavado por uma linda mulher e tão satisfeito em tirar uma desculpa de mim faz de você o cúmplice confirmado de um criminoso.”
“Me deixar misturado em toda aquela droga asquerosa faz de você a criminosa, então!”

Quero dizer, eu só estava meio que bravo porque eu fui encharcado inteiro de novo.

“É por isso que eu me desculpei, seu homem com disposição de moça. Só cale a boca e eu te secarei também.”

Repentinamente, um campo rodopiante de vento cercou meu corpo.

Era um vento quente muito como um secador, e eu pude sentir o molhado do meu corpo evaporar embora.

Hmph, okay, isso basta.”

Eu não estava satisfeito, mas eu não queria continuar choramingando, então eu calei minha boca.

Apesar que parece que nós finalmente terminamos a dungeon. Tinha uma porta bem atrás dos protetores, e se você passasse ela então você poderia ir para fora, talvez? Talvez nós possamos sair? Nossa.

Talvez se nós passássemos esta porta, você não poderia dizer que nós passamos os protetores?

“D, de qualquer jeito, nós precisamos nos apressar para fora daqui.”
“S, sim. Agora ou nunca.”

Nós saímos, e no que nós nos viramos para a porta dos protetores, eu ainda tinha uma pequena sensação de preocupação no fundo da minha cabeça, e eu aposto que a Ruiva pensou a mesma coisa também.

Bem, talvez eu esteja suspeito demais. Não pode ser tão ruim assim. Talvez eu esteja ficando irritante ao pensar assim demais? É.

Não, eu ainda não consigo jogar fora minhas dúvidas, porque eu ficaria massivamente quebrado se eu fizesse isso.

Além do que, minha preocupação estava muito além do usual.

E a mesma coisa aconteceu como antes.

Entre os protetores, a porta nos fundos da sala não se abriria, e,

『Gishaaa Gishaaaa』『GUJIJIAAAA』『GOJUUURUU』
『Gasasa, Gasa!』

As portas duplas de metal entre os protetores lentamente se fechou na nossa frente.

“QUE DIAAABOOOOSSSS!?”
“MAS QUE ORRAAAAAA!?”

Enquanto o núcleo da dungeon não ter sido quebrado, nós sabíamos que o chefe entre os protetores voltaria a vida. Mas, ele não deveria voltar tão rapidamente. Quero dizer, se você pensar sobre isso, nós podíamos não ter encontrado o núcleo da dungeon, mas… o que está acontecendo?

Não tinha uma resposta à ser dada, então nós simplesmente tínhamos que eliminar todos os insetos, tudo de novo.

“”MOOOOOORRAAAAAAAM! DROOOOOGAAAAAAA!!!””

… era inútil, no que nós rosnamos alto, eu diria que eu eliminei os insetos num ritmo mais rápido do que antes, no que eu caí em fúria.

“”Que diabos é a próxima armadilha, desgraça!?””

Depois de voar adiante em meia-fúria, a sala foi reduzida à um silêncio-fúnebre de novo.

Nós silenciamos todos os movimentos entre os protetores como algum tipo de jogo Musou no que nós cortamos todos os tipos de inseto por pura raiva. (NT: Estilo não-oficial de jogo onde se mata hordas e hordas de inimigos. Aqui um link sobre Musou.)

Com todos os barulhentos e irritantes insetos mortos, nós então detonamos a coisa-ovo sem ela chocar.

E agora que nós tínhamos a atitude de nós-podemos-lidar-com-qualquer-coisa, nós seguimos para a próxima sala como se nós tivéssemos aberto a porta no chute.

Esta sala era uma simples e desolada sala quadrada.

“Esta não é saída!”
“O que agora!? Uma armadilha no piso? Uma armadilha do teto cair!?”
“Onde? Onde está a armadilha aqui?”

Nós olhamos ao redor com olhos febris no que o sangue correu por nós.

Nós fomos treinados em um monte de batalhas, então não havia ponto cego para nós.

Mas, assim que a porta se fechou atrás da gente, apareceu um círculo mágico no meio do chão.

Partículas de luz verde iluminaram a sala, e a sala inteira foi subitamente acesa.

“Huh?”
“Mah?”

Contudo, essa mudança súbita rapidamente desapareceu diante de nossos olhos.

Quase como se o mundo ao nosso redor fosse rapidamente alterado para uma onda branca de luz.

“Isto parece com o mesmo poder que um transporte, o que é este lugar?”
“Mas que… talvez uma armadilha?”

Mas nada aconteceu além de nós sermos cobertos num campo de branco. Não havia símbolos nem mais nada, mas um campo gritante de branco que perturbava meu senso de distância.

『Isto não é uma armadilha.』

Nós ouvimos uma voz falar de algum lugar.

“Hey, o que foi aquela voz?”
“Não parece ter sido só meus nervos então.”

Nós olhamos um para o outro e acenamos em confirmação.

『Obrigado, obrigado, pelo término mais curto da dungeon, parabéns!』

“”…””

『Bom trabalho, vocês realmente me fizeram rir mais do que eu já tinha rido antes. Vocês dois realmente fizeram um bom trabalho.』

“”…””

『Especialmente a primeira batalha pesada que eu nem tinha planejado, a melhor! Toda vez que eu assisti o que estava acontecendo, eu perdia tanto meu fôlego que eu achei que eu ia morrer! Hee hee, mesmo agora isso me faz rir…』

Nós estávamos ambos perdidos, no que um rosto feliz, sorridente flutuava diante de nós, uma mulher de 24, talvez 25 anos. Ela tinha cabelo comprido que ia até seus ombros, as pontas que se curvavam levemente como se ela tivesse feito um permanente.

Esta mulher que estava vestida nos trajes da religião Lunaria estava rindo tanto que estava expondo apenas quão travessa ela era.

Contudo, haviam três pontos sobre ela que eram diferentes do normal.

Um era o fato que ela estava flutuando num lugar levemente separado de nós.

Mesmo quando não havia sensação dela usar magia, ela não tinha quaisquer pés no chão. Bem, a luz branca ao nosso redor era tão clara que deixou esse detalhe realmente ambíguo.

Dois era que mesmo quando ela estava diante de nós, nós não sentíamos que ela estava realmente ali.

Nós ouvimos a voz dela, e nós podíamos ver o rosto dela flutuando ali, mas, não tinha presença dela. Não tem como ela poder fazer isto sem ter uma skill alta sobre silenciar sua presença para que ninguém possa sentir ela.

E o ponto estranho final.

Nós podíamos ver bem através dela, no que ela tinha um corpo translúcido azul esbranquiçado. Bem, apesar que atrás dela era tudo branco.

Tanto faz, vamos colocar todos esses pontos anormais de lado.

“Hey, moreno.”
“Sim, ruiva.”

Nós nos olhamos e acenamos.

“”Hora de morrer… waaaaargh!”

『Hee hee hee, eu não sou Zhuge Liang, heh heh.』 (NT: O nome real do Koumei)

Nosso ataque era ainda mais forte do que aquele que nós fizemos contra o isópode gigante.

Eu foquei tanto em jogar tudo que eu tinha na minha mala nela que eu praticamente esvaziei ela.

A Ruiva focou toda a magia que ela podia gerar o mais rápido possível: bolas de fogo, bolas de vento, bolas de pedra, bombas de fumaça, bombas de planta e trovão, etc..

Thud whump thwomp whup thump, no que o ataque resultou no ecos de um monte de sons secos no que a mulher se esquivou de tudo bem como uma folha dançando na brisa.

“Droga! Pare de se mexer!”
『Whoa, phewwahwhee, continuem disparando! Vocês não conseguem me atingir só com isso!』
“Não tire sarro de mim! Só se prepare para M O R R E R!”
『Não quero também, hee hee hee!』

Ela rodopiou pelo ar com aquele sorriso irritante ainda colado em seu rosto, e olhou para nós com um sorrisinho de quem sabe tudo.

『Okay! Agora é hora para seu bônus por terminar a dungeon! Eu imagino com que premiar vocês?』
“Então me deixe te socar na cara ao menos uma vez!”
“E me deixe queimar seu corpo uma vez!”
『Não, posso, deixar, vocêêês…』
“”Que?””

A garota rindo de maneira zombante pela chuva de magia subitamente desapareceu.

『Talvez vocês gostariam disto? Aqui, um presente.』
“Huh?”
“Que?”

Então a garota sem presença apareceu atrás de nós com suas pernas meio transparentes e se juntou bem com os nossos corpos.

Zwaap, houve uma sensação de algo importante no meu corpo ter sido tocado. A sensação era algo que havia sido aplicado para mim.

【Mensagem do Sitema: A Fire-Heart Spirit Sword foi removida.】 (NT: Espada Espiritual do Coração de Fogo… não parece ser a perna de aranha, apesar de ser de fogo também… e sim, aparentemente ele PERDEU a espada…)

“Mas que?”
“Mah, isso quer dizer… espera…”

Uma teoria e sensação inexplicáveis foram forçadas em nós, e nós entendemos por que nossos ataques não tinham efeito nela.

『Okay, você, você não depende demais da erva felpuda? Eu sei que você sabe disto, mas se você usar ela para evitar que seu corpo durma, seu espírito ainda ficará cansado como um efeito oposto. Se vocês crianças trabalhadoras ouvirem ao conselho de uma mulher mais velha, vocês devem fazer o que eu digo.』

Ela riu no que ela falou conosco num tom de conselho.

『Okay então, divirtam-se.』

Com aquelas palavras e um passo para trás, a mulher se distanciou de nós.

“”Espera, hey!””

Assim que ela se virou, nós pudemos ver o mundo ao nosso redor começar a mudar de novo. Apesar de nós sabermos que teria pouco efeito, eu tentei jogar mais uma coisa nela.

Eu estava prestes a começar a ação de arremesso quando isso aconteceu.

“Agh!!”

O rosto dela foi a última coisa que preencheu minha visão, e então ela me deu um olhar solitário que me fez parar meu ataque.

『Pleh!』

“Que, de novo!?”

Eu fui finalmente enganado de novo, no que nós fomos ambos arremessados para fora da dungeon.

 

Quando eu me dei conta, as estrelas e a lua estavam claras no céu, e nós estávamos numa pequena clareira, cercados por uma floresta profunda.

“Ma… maldita seja aquela mulher! Da próxima vez, eu definitivamente socarei ela!”
“Não fique irritado agora que você foi enganado por ela! Você teve uma chance de acertar ela e você a perdeu!”
“Calada! Eu sei isso mais do que você!”

Eu disse de volta no que eu coloquei meu rosto em minha mão numa sensação de fracasso completo.

Então subitamente o ar ao nosso redor mudou devido ao som de nossos estômagos roncando.

“N… nossa… comida, faça alguma comida primeiro. Se apresse com a comida.”
“É, eu também estou com fome.”

Eu estava tão cansado que eu não tinha uma gota de força.

Como eu tive que fazer todo o trabalho que consumia tempo, eu peguei uma panela, água, sal e fruta ricol, e com tudo isso junto eu fiz algo com a carne de um javali grato.

“Ainda não está pronto? Você não terminou ainda?”
“Eu estou com fome também, sabia, então espere. Vai levar mais tempo do que isto.”
“Ugh… eu não consigo esperar mais…”

Eu fui até minha mala e deu para a Ruiva uma tigela de madeira no que ela me assistia mexer a tigela como um cachorro esperançoso.

Eu deixei cozinhar por mais um tempo, e então o prato estava pronto.

“Okay, pronto…”
“Me dê isso!”
“H… hey, espera! Se acalme!”
“Não!”

Ela segurou a concha e começou a jogar a sopa na tigela rapidamente e então começou a comer.

Era a primeira vez que eu tinha visto ela fazer isso desde o primeiro dia.

“Droga, você vai entupir sua garganta…”
Nggh! Cough, hack!
“Obrigado por ser marcada como a comedora mais rápida.”
“Mais, por favor!”
“Okay, okay, apenas coma o quanto quiser.”

Depois de engasgar nisso uma vez, ela logo se recuperou e pegou sua segunda tigela, e então ela jogou a toalha depois de comer demais com um suspiro de alívio.

Eu enchi meu estômago com minha sopa da tigela, e eu podia ver o interior da panela de sopa aparecer no que eu comia. (NT: Em inglês, o interior desaparecia, mas não faz sentido…)

Phew… isso foi bom!”
“Você realmente comeu! Apesar que se você dormir depois de ter comido, você engordará!”
“O que você está tentando dizer? Ninguém nunca disse que isso acontecerá.”

Depois que nós dois comemos duas tigelas de sopa, nós havíamos finalmente terminado de comer.

Com isso nós dois deitamos, satisfeitos, com nossos braços sobre nossas barrigas.

Eu fiz o fogo que eu tinha usado para cozinhar a sopa virar uma fogueira, e me sentei com minhas costas contra uma árvore.

“… Eu não sei onde diabos é isto, mas vamos resolver isso amanhã. Eu estou cansado.”

Até onde eu podia ver pelas árvores, eu estava numa borda de floresta próxima da selvageria e na parte norte do Império, onde nós caímos na dungeon. Eu não sei onde exatamente eu estava, mas eu acharia meu caminho quando o sol nascer. Já que minha intuição espiritual e percepção uparam consideravelmente, eu podia relaxar sabendo em que direção mais pessoas estavam vivendo, e se eu fosse naquela direção amanhã, eu alcançaria uma cidade.

“Hey, como você transforma a carne daquele asqueroso javali grato em algo bom assim?”
“Bem…”

Eu estava prestes a responder dizendo ‘faça alguém lhe contar’, mas eu decidi calar minha boca.

“… você ferve toda ela em fruta ricol.”
“Hm? O que você quer dizer?”
“É o segredo para fazer o javali grato ter um gosto melhor. Você queria saber, certo?”
“Era a fruta ricol, então! Bom, quando eu ver minha irmã de novo, eu tentarei isso! Ouça, moreno, a comida da minha irmã é realmente boa. Eu sou uma mulher de talento que conhece sua magia, e a mais bela mulher no mundo. E mesmo quando eu sou super gostosa, minha irmã é ainda mais gostosa…”
“É, é, claro. Ela é linda, sabe magia e pode cozinhar. Eu já ouvi isso.”

Ela contou essa história orgulhosa de novo e de novo na dungeon.

“Mas ao invés de eu te contar, você pode me contar agora.”
“Q… que? Você quer saber minhas três medidas ou algo assim? Seu pervertido.”
“Eu não tenho que perguntar… elas são 28 A, 28 e 28.” (NT: Eu sinceramente não sei como se mede sutiãs, mas as 3 medidas são peitos, cintura e quadril… mas “A” é o menor tamanho)
“Caia morto.”

Whoosh, eu esquivei para o lado no que uma pedra voou para cá. Ela atingiu a árvore atrás de mim e pedaços da rocha e árvore voaram por toda parte.

Ao invés de responder ela, eu aprendi que simplesmente desviar primeiro é melhor.

“A razão pela qual você assumiu esta jornada. Quem quer que deixar a dungeon primeiro ganha. Nós dois saímos ao mesmo tempo, então fale um pouco.”
“Agora que você mencionou isso, nós realmente tínhamos essa competição.”

A Ruiva instantaneamente pensou de volta e confirmou o fato.

“Então o que, eu te falei que eu lhe contaria o que você quer saber.”
“Não seja tão defensiva… se eu precisar de ajuda com algo, você me dará uma mão? Eu retornarei o favor bem mais tarde.”

A partir de amanhã, nós dois continuaremos nossas jornadas.

Dias assim, você precisará de ajuda de algum modo.

Tem algo que era lamentável em nos separarmos. Se ela tinha um propósito para sua jornada, talvez eu possa ajudar ela um pouco, eu pensei.

Naquela conversa estúpida, parecia com o tempo gasto só falando com um amigo no meu velho mundo, um pouquinho.

“Que? Você está solitário? Você está falando como um coelhinho.”
Fff… droga, por que você está caçoando das boas intenções de alguém?!”

A Ruiva tinha um pequeno sorriso impertinente no rosto dela.

Eu senti meu rosto corar com o fato. Eu não podia dizer o que eu realmente queria dizer.

(Droga, todo este sangue no rosto!)

Eu pensei que ela não notaria, mas ela era do tipo que nunca deixaria o ponto fraco de alguém passar sem um comentário.

“Hee hee hee, seu rosto está ficando vermelho. Eu acho que eu ESTAVA certa, wee hee-hee!”
“Droooooga, não tente me enganar com sua gabação, só me responda!”

Mas…

“Ugh!”

Fwip, dos dedos dos meus pés até minha cabeça, algo frio me atingiu.

“Hee, eu nem perguntei seu nome ainda. Eu acho que esta é uma história boba já que nós estivemos juntos por tanto tempo, mas qual É seu nome?”
“Kaito… meu nome é Kaito.”

A Ruiva se levantou e olhou para as estrelas.

Ela não tinha feito nenhum movimento estranho.

Sem sensação de animosidade, sem sensação de hostilidade, só a Ruiva sendo estoica.

Contudo, eu ainda estava um pouco assustado dela.

Não, não é realmente medo, só uma sensação de arrependimento que eu tenha visto algo que eu não deveria, ou algo assim.

“Entendo… Kaito… nome legal.”

Nada diferente do normal.

… contudo, como eu duvidava, tinha algo sombrio que eu vi nela nos últimos poucos dias, algo da Ruiva.

Sombrio, sombrio, sombrio.

Se sombras são um lugar onde não há luz, não é uma coisa superficial, mas uma escuridão que come a luz.

“Eu não sei que tipo de ajuda você pode fornecer. Mas, é impossível. Não tem como você poder ajudar, Kaito.”
“P… por que não? Eu posso ajudar aqui e ali, de qualquer jeito.”
“Não, você não pode. Kaito, você não pode ajudar deste jeito. Se você pudesse, não importa que tipo de ajuda você pudesse dar, eu não te pediria para fazer isso, não importa o que.”

Ela se virou para mim, e sorriu.

Contudo, mesmo quando tinha um sorriso no rosto dela, não era real.

A razão pela qual eu senti isso era desconhecido. Mas, eu sabia que o que eu estou sentindo era real.

Não importa o quanto eu busque por ajuda, não tinha lugar algum para me segurar ou ir.

Essa sensação de ser capaz de ajudar. (NT: Eu acho que seria de não ser capaz de ajudar, mas… só traduzo)

“Você não sabe, certo? A sensação de algo queimando em sua barriga, a pulsação de seus braços e pernas sendo tão ruim que elas podem se dividir em um milhão de pedaços, essa escuridão que você não consegue se livrar não importa o quanto você grite e combata.”
“…”

No que ela disse isso, o rosto dela se virou para mim, ela tinha um sorriso gentil como se ela pudesse começar a chorar.

Tristeza, arrependimento, e mais do que isso… estando preenchida com tanta raiva que ela radiava num gélido frio.

“Meu objetivo é vingança. Tem alguém que eu preciso matar. Alguém que eu não posso nunca perdoar. Não importa o que, não importa o evento, eu tenho alguém que eu preciso cortar membro por membro com minha própria mão.”
“V… vingança?”

Eu repeti a palavra que eu ouvi sem pensar, no que ela entrava para o fundo de minha mente.

“É, não é só matar. Só por mim, eu decidi fazer isso mesmo que eu tenha que andar pelo próprio inferno. Enquanto ele estiver vivo, eu arrancarei seus olhos, descascarei sua pele pouco a pouco, cortarei as pontas de suas mãos e pés, queimarei suas costas com uma espada quente vermelha, e farei ele sentir tanta dor e angústia que eu consigo sentir o gosto… ouvir os gritos por piedade dele enquanto naquele segundo, eu esmago seu coração com minha própria mão… é tão bom, tão bom que eu não consigo aguentar isso. Eu anseio por isso todo segundo de minha vida, hah hah, ahah hah, ahah hah hah hah!”

Eu sinto como se tivesse sido espancado na cabeça por um porrete invisível.

Ela parecia a mais glamorosa no que ela deixou suas emoções soltas ao ponto de parecer embriagada, com sua expressão extática ondulando pela sua boca, fazendo você sentir como se você estivesse bêbado numa banheira de água gelada ao ponto de afogar.

Então a Ruiva substituiu aquela expressão com seu sorriso escondendo algo como de costume.

“Bem…”
『Pare, vingança não te fará feliz.』

Em oposição, aquelas palavras que eu havia ouvido antes de algum lugar repentinamente flutuaram à minha mente e estavam prestes a serem soltas por minha boca.

Contudo, como que para parar aquelas palavras que soavam baratas de saírem, a Ruiva subitamente cobriu meus lábios com seu dedo indicador.

O dedo parecia muito frio, tanto que ele era distinto.

“Os últimos dias comigo foram divertidos, você diz? Então, Kaito…”

Ela se levantou na minha frente, com um sorriso largo que não se mexia.

Ela tinha colocado aquele sorriso que escondia tudo, mas mesmo assim ela não conseguia esconder aquela expressão negra avermelhada selvagem, louca que eu vi.

Pareceria quase encantador para qualquer outra pessoa.

“Não me toque, se aproxime de mim ou tente me conhecer. Esta distância está boa, nós temos que ter esta distância. Ignorância é felicidade é certamente uma crença que te ajudará mais para frente num mundo assim.”

A Ruiva fechou seus olhos, e sacudiu sua cabeça.

Eu não podia dizer ou fazer nada, como se eu estivesse acorrentado.

Tudo que eu podia fazer era permanecer silente diante da recusa direta dela.

Daquilo, a Ruiva cansada foi direto dormir, e tudo que eu podia fazer é assistir ela até eu finalmente cair no sono.

Eu não pude dormir bem, e naquele sono raso, o céu logo ficou claro no que eu acordei.

Fyew, vamos terminar com esta manhã rapidamente, okay.”
“O que vai ser rápido nela? Pegue uma panela logo.”

A Ruiva simplesmente agiu como se nada especial tivesse acontecido no dia anterior.

Por causa disso, eu fui capaz de agir normalmente diante dela também.

Depois disso, era cerca da hora de nós partirmos quando aquilo aconteceu.

『GYAAAAAOOOOOOO!!!』
“Te achei! Onde você foi!?”

Waphseewww, subitamente aparecendo com grande força, estava um dragão de escamas vermelhas claras, com uma cavaleira.

“Certo, Kaenryu?” (NT: Eu pesquisei por saber/lembrar que Ryu é dragão, então confirmei que Kaen significa chama… mas só deixar a curiosidade aí, em inglês não falaram nada)

Um dragão, espécie dragão.

Você sabe, uma daquelas coisas conhecidas como sendo um governante deste mundo.

“Está tudo bem, Kaito. Faz um tempo, Guren… e irmã!”

Eu abaixei meu nível de perigo um pouco, e a Ruiva foi encontrar ela.

“Não me chame de irmã! Você está sempre causando problemas! Nós estamos sempre preocupados com você!”

De um lugar alto, a mulher saltou das costas de Kaenryu no chão.

Esta mulher com longo cabelo loiro puxado para cima ficou no chão com uma expressão brava, com seus olhos abertos em irritação.

『Gyruuu…』
“H… huh?”

Subitamente algo que me fez abrir a boca em surpresa ocorreu bem na minha frente.

Aquele dragão que havia acabado de aparecer com tanta força estava agora ronronando ao lado dela, como um gatinho.

O massivo dragão adulto tinha agora se tornado algo como um filhote de dragão, pulando e esticando sua cabeça para a Ruiva.

“Pronto, okay, bom garoto. Você é um molenga.”
『Ruuu…』

A Ruiva foi lambida na bochecha por este filhote de dragão no que ela foi fazer cócegas no dragão.

Era irreal ver uma criatura feroz como um dragão ser tão domesticado diante de um bando de humanos.

“O que há com este rosto despreocupado, huh? Eu vou te dar um sermão mais tarde, mas eu não vou simplesmente te perdoar desta vez, então é melhor você se preocupar!”
“Ah, irmã!? Espere um segundo, não é minha culpa que isto aconteceu!”
“Não precisa de desculpas. Eu não vou te deixar comer até eu ter uma conversa direito com você.”

Nããããããoooooooooo, a Ruiva disse com uma voz dolorida.

Ela deu um longo suspiro, se virou, e voltou a fazer carinho no filhote dragão.

“Então, nós estamos para ir? Guren, você me deixará montar, certo?”
『Gyaruuu…』

O filhote dragão fez um tipo de resposta para as falas da Ruiva, e então se levantou e pareceu como o dragão gigante Kaenryu de novo.

“Okay, vamos lá!”

A mulher loira subiu nas costas do dragão, e chamou a Ruiva para cima.

“Okay, tenho que ir. Se houver destino entre nós, eu te verei de novo!”
“Mah?”

A Ruiva disse para mim, no que eu engasguei em minhas próprias palavras.

Eu sabia que isto estava vindo, mas tinha uma razão desconhecida e impaciência por uma resposta ardendo dentro de mim.

“Es, espere!”

Eu notei que eu havia falado inconscientemente.

“É, que foi?”

No que a Ruiva se virou, eu não tinha nada para falar de volta.

Não tinha razão para eu chamar por ela, mas então eu me lembrei da conversa que nós tivemos anteriormente.

“Nome, me diga seu nome, Ruiva. Você realmente vai me deixar sem me contar seu nome?”

O que eu lembrei era ela dizendo 『eu… eu não ensino meu nome para outras pessoas de baixo nascimento!』 de um jeito não cooperativo.

Contudo, desta vez a resposta dela foi bem diferente.

“Hm… bem, eu acho que eu devo ao menos lhe dizer.”

Depois de uma pequena pausa, a Ruiva disse.

“Es… espere um segundo, isso é perigoso!”
“Está tudo bem, mana. Eu devo ao menos retornar o favor. E ele não pode fazer nada com meu nome.”

Ela parou os protestos de sua irmã, e a Ruiva se virou para mim com um ar de dignidade.

“Letícia. Meu nome é Letícia. Nome super bonito, certo?”

Depois de dizer isso, ela riu para si mesma.

Era a mesma risada travessa que eu havia ouvido várias vezes pelos últimos dias.

“Okay, Kaito, tome cuidado para não ficar careca!”
“Eu te falei que não sou careca!”
“Heh heh, até mais, otário!”
“Suma então, sua vaca covarde!”

As mesmas respostas irritadas, no que Letícia partiu em seu dragão, indo embora.

Ela continuou sua jornada sem olhar nem uma vez para trás.

“… Letícia…”

Eu ruminei sobre o que havia acontecido nos últimos dias. (NT: Todas as falas da Letícia abaixo estavam diferentes em inglês de quando apareceu na novel antes, porém, eu peguei as exatas falas que traduzi antes – pelo contexto, foi fácil, e eu acho que fica melhor)

『Não tenha pena de mim! Eu, eu fiz o melhor que eu pude! Eu fiz meu melhor!』
『Não é como se eu tivesse voltado tão rápido depois de ter saído com tudo porque eu gosto de você nem nada. Nah, eu não consigo imitar você muito bem, mas ainda!』
『Oh, aquele foi um olhar de triunfo sem precedentes. Certamente um dos top cinco que eu já vi em minha vida. Sabe, eu acho que você estaria melhor se aposentando como aventureiro e virando um artista de rua?』

Ah, droga… posso logo admitir isso.

Foi divertido.

Eu fiquei tão irritado que eu queria gritar.

Aquela dungeon estúpida, estilo infantil, eu tinha tantas reclamações pelo tempo que eu tive naquele lugar fedorento.

Surpresa, alegria, arte, troca de insulto, troca de risadas. (NT: Travessura/sacanagem ia dar outro sentido, então deixei “arte” mesmo)

Eu havia esquecido completamente. Comer junto era divertido.

Falar com alguém, isso tudo parecia tão divertido agora.

É por isso que era divertido fazer comida para ela só para conversar com ela e comer.

… foi realmente divertido.

“Por que vingança? Mesmo com toda aquela conversa de vingança, você ainda teve diversão e riu, certo?”

Ninguém ouviu as palavras que eu disse, elas só flutuaram no ar como bolhas de sabão e estouraram.

ANTERIOR | ÍNDICE | PRÓXIMO


Nota do Thyros: O começo deste capítulo foi um inferno, ao ponto que tentei dar uma revisada extra para encaixar melhor… teve coisa que só no final, por inconformismo, eu achei a real definição… sem contar que o capítulo em si é grande…

E eu ainda fui a toa procurar as frases exatas que apareceram nos “flashbacks” do final, só porque eu sabia que tinha traduzido frases parecidas antes… eu podia deixar modificado, mas não, preferi pegar as mesmas frases… enfim, esse capítulo foi cansativo…

3 respostas em “[NnY] Capítulo 67 – A Risada Alegre de Vingança

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s