[NnY] Capítulo 56 – Epílogo do Volume 2

Já faz um tempo que o povo em inglês estava numerando os capítulos pelo volume (v2c5, v2c6), mas eu quis manter uma numeração única… e este aqui nem foi numerado, está só como epílogo (e sem título também); mas hey, eu só traduzo…

A propósito, o próximo “capítulo” será o primeiro de 4 extras distintos, que vão ficar separados porque são grandes, mas vamos lá – Este capítulo foi traduzido de wn404.


Capítulo 56 – Epílogo do Volume 2

Naquele dia, todo e cada cidadão de Ermia estava carregado de tensão.
E quem poderia culpá-los? O instituto de pesquisa que era o orgulho da cidade havia explodido em fogo e pedras, e quando eles foram apagar as chamas, enxames de morto-vivos começaram a sair dos entulhos.
Morto-vivos, isso é, um tipo de monstro que não poderia mesmo ser chamado de criatura viva, , eram bem desconhecidos para os observadores reunidos, o que escalou o pânico deles. (NT: Em inglês, e acredito que japonês também, o termo para morto-vivo é algo como “desmorto”, que acabei de descobrir que tem em português, mas ninguém usa, por isso faz sentido dizer que não podem ser chamados de vivos, mesmo quando aqui faz parte do nome)
Mas de novo, a explosão alta de fato acordou a maioria do povo da cidade de seus sonos, e junto com os clérigos que se especializam em magia de Luz ou Divina, os aventureiros residentes e guardas também ajudaram em agilmente colocar a situação sob controle. Para esse fim, o total de almas perdidas naquela noite acabou sendo surpreendentemente baixo apesar da severidade do desastre.
Relativamente falando, além do instituto de pesquisa de ferramentas mágicas, a infraestrutura de Ermia não sofreu muito dano mesmo. Mas isso teria sido uma história diferente caso muitas pessoas tivessem morrido.
Assim que o caos se ajeitou, aqueles encarregados de governar Ermia correram até a mansão do lorde do feudo, demandando saber o porque deles estarem ausentes durante todo o tumulto. Mas claro, o lorde e sua esposa não haviam retornado da capital em um longo tempo.
A filha deles, Yumis, deveria ser a lorde regente no lugar de seu pai, mas quando eles checaram a mansão privada dela, nem ela ou quaisquer servos podiam ser encontrados. A residência havia sido deixada completa e totalmente vazia.
Ermia como um todo havia ficado muito ocupada. Desde enviar relatórios para a capital e pedindo ajuda, para tratar os feridos, purificar as ruínas assoladas do instituto, todo mundo capaz se manteve ocupado.
Alguns dias mais tarde,

O fato que as explosões ocorreram no mesmíssimo instituto em que Yumis esteve encarregada de cuidar.
O fato que enxames de morto-vivos haviam se rastejado para fora de dentro dele.
O fato que sua governadora e lorde regente, Yumis, havia desaparecido e não estava em lugar algum para ser encontrada.
Esses 3 fatos foram circulados para praticamente todo o povo da cidade.
A história foi assim: Nossa lorde regente Yumis havia enlouquecido com sua pesquisa, lidando em experimentos humanos ilegais. Esta tolice enfureceu Deus, e então o Senhor mandou julgamento, eliminando o instituto pecaminoso e soltando todas as vítimas que haviam sido transformadas em morto-vivos como um aviso para todos. A razão pela qual Yumis havia desaparecido com todos seus servos foi porque ela havia usado até eles em seus experimentos, ela mesmo tendo morrido na explosão inicial.
Haviam outras teorias, tais como Yumis sofrendo lavagem cerebral, Yumis sendo uma devilkin, uma das Ferramentas Mágicas ficando louca, etcetera. Boatos, conjecturas e teorias foram arremessadas por toda parte. (NT: Devilkin = raça… diabo; acredito ter diferença entre devil e demon, mesmo aqui)

Eu fui e espalhei uma grande gama de boatos aqui e ali, e assim que eu voltei para a cidade alguns dia depois, veio aos meus ouvidos um smörgåsbord inteiro de novos boatos. (NT: Sim, essa expressão foi usada. É um termo para refeição cheia de pratos quentes/frios juntos. Tia Wikipedia diz mais.)
Nope, não dá para ganhar da imaginação humana.
Eu dei uma boa risada com aquele onde ‘Yumis foi substituída por um devilkin doppelgänger que matou a original’.
E depois de dar uma geral na cidade que ainda estava perdida, nós decidimos partir de vez.
Nós passamos os próximos 4 dias na antiga vila da Shuria.
O feitiço de teleporte só podia durar por tanto tempo, ele havia parado quando não tinha mais mana sobrando, então tecnicamente, nós não havíamos teleportado todos os morto-vivos aqui.
Eu imaginei que nós podíamos deixar eles supurarem aqui e eventualmente chegarem até Ermia sozinhos, mas este ainda era o local de nascimento de Shuria. Nós não podíamos só deixar ele assim.
Nós três passamos alguns dias nos livrando de todos morto-vivos, e atualmente, nós estávamos bem no centro da vila arruinada a tempos.

“É tão estranho. 3 anos foi tudo que levou para arruinar ela tão ruim assim…”

A vila de Shuria havia sido atacada pelos soldados de Yumis. Eles havia pilhado e devastado o lugar tão minuciosamente que era difícil de acreditar que o que estava diante de nós costumava ser uma vila ordinária, pacífica.
Ela na verdade parecia bem como eu me lembrava da minha primeira passagem, quando eu havia vindo aqui anos depois de agora.
Não, talvez estava pior agora, já que em alguns anos, a mana de morte teria se dissipado mais.

“A mana negativa dos morto-vivos realmente acelera deterioração, afinal.”
“Então, eventualmente, esta indicação de sepultura sumirá também, não vai?”

Aqui no centro do que uma vez foi uma vila, nós havíamos erguido uma única indicação de sepultura. Ninguém estava realmente enterrado debaixo dele, e flores roxas haviam florescido esparsamente ao redor do memorial.
Essas eram as mesmas flores que Shuria havia criado quando ela uma vez viveu aqui.
Shuria mesma estava agachada diante da indicação de túmulo, e olhava para trás e para cima em minha direção no que ela respondeu.

“Bem, deve estar tudo bem. Não há mais quaisquer morto-vivos aqui, então a mana ruim deve desaparecer bem mais rápido.”
“Entendo, obrigada.”

Ela respondeu, atualmente vestida num tipo de kimono curto. O modelito tinha um padrão florido cheio de classe, com cores passando de um roxo profundo para um carmesim gritante. Combinava com ela, acentuando o charme natural dela. No Japão, eu acho que nós chamaríamos isso de furisode de mini-saia, já que o kimono tinha aquelas mangas estendidas.
Ela também havia ajeitado seu cabelo num rabo lateral, prendendo ele com um pino de cabelo em forma de flor.
Nós havíamos tido a liberdade de pilhar estas coisas da casa da Yumis, e as roupas tinham um encantamento de barreira ativado por mana nelas.
Elas também tinham 『remoção fácil』, 『ajuste de tamanho automático』, 『retenção de calor』 e 『mascarar reconhecimento (humano)』. Essa última serviria para disfarçar Shuria como uma garota com uma típica aparência humana, até de pessoas que conheciam ela e sua antiga aparência.
Isso essencialmente funcionava como o feitiço de ilusão da Minnalis.
Os Ermianos devem ter desenvolvido este tipo de ferramenta mágica para entrarem escondidos em território dos beastkin ou semi-humanos sem serem notados. (NT: Semi/Demi-humanos deve se referir aos elfos, anões e similares)
A moda japonesa de fato se destacava, mas era bem melhor do que se destacar como uma elfa de pele negra, então nós acabamos levando isto. Shuria não ia encarar muito em termos de combate próximo, mas na chance do acaso de um inimigo se aproximar, o kimono tinha mais defesa até do que armadura completa.

Minnalis e eu também tínhamos pego alguns equipamentos novos. Que bom que a família da Yumis governava o lugar, eles tinham armazéns cheios de todas as coisas boas só acumulando poeira.
O equipamento do oyaji da loja de armas não era ruim em si, mas a qualidade era claramente melhor num esconderijo de senhor feudal.
Mas então… de todas as peças de equipamento disponíveis para ela, Minnalis foi e escolheu este uniforme de maid com babados.
Suas orelhas de coelho saltaram para fora por trás da peça da cabeça, e seu cabelo estava puxado para trás num rabo de cavalo alto.

A coisa inteira estava felpuda e com babados, enquanto a área do peito foi feita para acentuar tamanho e também focar a atenção para o decote.

Eu devo admitir, o designer deste modelito fez um excelente trabalho em balancear ambas a imagem de limpeza e o apelo erótico de um uniforme de maid que leva os corações dos homens ao delírio.
E claro, isso não era simples roupa. Uma avaliação revelava 『defesa aumentada』, 『agilidade aumentada』, 『mana extra』, 『melhoria de stealth』, 『melhoria de percepção』, 『trajes flexíveis』, 『transformação de vestuário』 e 『retenção de calor』, que ao todo se resumia em eu ser incapaz de recusar outro modelito chamativo. Mas por que tudo isto para um uniforme de maid? Quem sabe.
Estetambém tinha uma defesa melhor que sua armadura completa mediana, e não havia nada que fosse melhor também, então no fim, eu relutantemente aceitei em deixar ela ter isso.
Ambas as novas roupas de Shuria e Minnalis acabaram bem estranhas num meta-senso de fantasia. Como armaduras biquínis, uma das tão chamadas 7 maravilhas da fantasia, isso existe, então não tinha o que fazer.
E é, eu havia visto muitas mulheres usando tais aparatos defensivos arriscados na minha primeira passagem, até me acostumei com elas. Mas como eles eram de algum modo melhor do que armadura completa, eu simplesmente não entendo.
Já para mim mesmo, eu peguei um novo conjunto de armadura de couro que parecia bom o suficiente.
Haviam coisas de grau maior, mas eu estava bem com isto. Eu não dependo muito de armadura de qualquer forma.
Além do que, o resto das armaduras masculinas eram todas armaduras completas altamente ornamentadas que apenas gritavam nobreza. O peso era uma coisa, mas eu recuso na lata usar qualquer coisa que possa impedir minha movimentação.

“Ok então, vamos indo?”

“Sim, vamos. Eu acabei de prestar meus respeitos.”

Shuria acenou com sua resposta para Minnalis depois de quietamente se levantar de sua agachada.

“…”

“Há algo errado, Minnalis?”
“Não, é só que, eu sei que isto pode ser rude à Shuria, mas vendo este lugar de algum modo me lembrou de minha antiga vila, sabe… eu estava apenas pensando como eu queria transformar aquele lugar, ainda infestado com lixo ambulante, em um inferno muito pior do que aqui. Isso, bem, como eu digo isto, realmente me motiva.”

Ela tinha um rosto que expressa partes iguais de desculpa pela ofensa e alegria na fantasia vingativa.
Os cantos de seus lábios haviam subido um pouco, dando a expressão dela aquela leve pitada de escuridão.

“Fufufu, eu não ligo nem um pouco. O que eu preso são este lugar e as pessoas que aqui viveram uma vez, só isso. Eu sei que você não quis dizer que vê as pessoas importantes para mim do mesmo jeito como a imundice que você mencionou,”

Então, Minnalis-san, Shuria continuou.

“Eu tenho certeza que sua própria vingança será linda de ver. E claro, você pode contar plenamente com minha assistência.”

Ela declarou isto sorrindo com aquele sorriso sedutor letal dela.
Ahh, que lindo, confiável par de cúmplices que eu tenho.

“… Não posso ir ficando para trás agora.”

Eu matei Yumis. O mel da vingança que eu ansiei por todo este tempo, era doce, apenas tão doce.
Mas eu queria mais, precisava de mais.
Ela era apenas a primeira. E ela não será a única.
Desespero mais e mais profundo.
Brutalidade mais e mais dura.
Agonia mais e mais cruel.

“Goshujin-sama? Aconteceu algo?”

“Kaito-sama, você está sorrindo.”
“N-não é nada. Vamos indo.”

Meus lábios naturalmente se curvaram num sorriso.
Tudo para satisfazer minha vingança imortal.
Minha chama de vingança uma vez acesa tinha uma fome voraz, ela estava impaciente por mais.
O lixo da terra era abundante.
Eles não tinham ideia do inferno que nós andamos enquanto eles bebem e riem.

“Mmh, grande clima hoje. Ah, eu acabei de ter uma boa. Nós colocamos eles numa sala, secura total e escaldante de quente. Então, nós esperamos até eles ficarem ressecados e com sede ao ponto da morte, e assim que eles alcançarem o limite absoluto, nós damos para eles uma jarra cheia de límpido nada.”
“Goshujin-sama, posso sugerir entregar para eles uma jarra de veneno, deixando eles saberem que é veneno, claro. Poderia ser um teste do quanto eles conseguem resistir.”
“Ah, então eu gostaria de sugerir colocar um balde de fezes de porco na sala. Eles teriam que lentamente se acostumar com o fedor, e assim que eles não conseguirem mai aguentar isso, eles alegremente iriam…”

O sol estava brilhando alto no céu azul limpo.
Outro bom dia para doce vingança.

Gyarrhhooooooo!!

E então,
De bem do alto, uma enorme sombra passou por nós.

“–!!” x3

Todos nós três olhamos para cima instantaneamente. Esse rugido perfurante acompanhado por aquela massa colossal de mana. Uma criatura massiva com escamas e asas de vermelho profundo.
Uma criatura que reina suprema na maioria de qualquer mundo de fantasia.
— — Dragão.

“Espere, isso é…”
“Goshujin-sama?” “Kaito-sama?”

Minnalis e Shuria estavam fazendo expressões duvidosas para mim, mas eu não tinha tempo para isso.

“Glenn…”

No que eu me aproximei mais, eu podia diferenciar mais de suas feições.
Glenn era o nome do pequeno Dragão de Chamas que eu sempre vi com Letícia. Ele quase sempre ficou em sua forma de dragãozinho e ficava preguiçoso ao redor do topo da cabeça da Letícia ou no ombro dela. (NT: Blaze Dragon… o que eu costumo traduzir como chamas é flames mesmo, mas enfim)

“–!!”

Eu não podia mais só ficar ali. Eu usei Sky Walk e fui atrás do dragão vermelho.

Gyaruo?

“Ah…”

E então, quando eu estava numa posição onde eu fiquei cara a cara com Glenn, eu finalmente havia retornado para meus sentidos.
O que eu estava tentando conseguir com isto?
Glenn me encarou suspeitamente, provavelmente achando estranho o porquê de eu subitamente estar aqui.
Este dragão não deveria encontrar Letícia até algum tempo mais tarde.
Este cara nunca me perdoaria se ele soubesse que eu havia falho uma vez em salvar Letícia depois de todas as vezes que ela havia me salvo.

Gyaru!!
“–!!”

Parecia que Guren me julgou como uma irritação, e começou a tomar um fôlego, fogo se juntando em sua mandíbula.
Ele estava se preparando para usar sua skill de sopro patenteada.
Mas por outro lado, eu não quero machucar nem um pouco Guren, então tudo que eu podia fazer nesta situação era assumir o máximo de medidas defensivas que eu pudesse. E nesse momento,

Gyaruu!?
“Mah!?”

Uma poderosa luz explodiu de dentro do meu peito.
A luz cegante deixou minha visão vendo apenas branco, e eu senti algo deixando meu corpo.

“Huh, apenas o que…”

Eu senti como se eu tivesse perdido algo muito importante.
E esse algo, essa luz foi em direção de Guren, e se absorveu no corpo dele.

Gyah! Gyaruu!?
“Q-qual o problema…?”

Eu não tinha ideia do que estava acontecendo neste momento. E nem Guren, pelo visto.
Depois disso, Guren soltou um rosnado baixo enquanto me encarava por alguns segundos. Então, ele usou sua cauda de chicote, coberta em escamas duras o suficientes para repelirem até lâminas de mithril, numa tentativa de me bater para fora do céu.

“Ukh!?”

Eu havia instantaneamente conjurado uma 【Soulblade of Origin】 para me proteger, mas a força pura e momento do apenso escamado me jogou para fora e longe do apoio que eu tinha feito no ar.
Eu consegui me ajeitar e aterrissar caindo seguramente, mas a situação em si era bem ruim.
Bloqueando aquele último ataque deixou ambos meus braços dormentes, e eu precisaria de ao menos mais alguns segundos antes que eu pudesse me recuperar.
Mas o dragão não me acertou em meu estado enfraquecido. Guren apenas soltou uma baforada do que parecia desapontamento, e então voou embora.

“… … …”

“Goshujin-sama!” “Kaito-sama!”

Minnalis e Shuria estavam correndo até mim, preocupadas.
Já eu, eu estava apenas encarando o céu onde o dragão estava acelerando embora.

ANTERIOR | ÍNDICE | PRÓXIMO

5 respostas em “[NnY] Capítulo 56 – Epílogo do Volume 2

    • Tem 8 capítulos de NnY já traduzidos programados – se ter doação para patrocinado, sairá mais cedo…

      Se eu receber 500 curtidas na página do Facebook, terá mais um NnY e um TWwCP para comemorar, bem como uma surpresa especial…

      Tirando os eventos especiais aí, o jeito é esperar 1 capítulo por semana como tem sido xD

      Curtir

  1. Cara agora que eu parei pra pensar ele pode retornará as memórias da Letícia com a espada que lê os status, será que ele vai fazer isso porque se for se cuida Minnalis. O volume foi muito bom valeu pela tradução ficou muito bom.

    Curtir

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s