[KnW] Capítulo 299: Golpe da Nikki

Só para constar… pararam de novo de traduzir, mas nem falo nada, porque pode voltar do nada de novo com uns 5 capítulos, então… é, vamos lá – Este capítulo foi traduzido de Rebirth Online.


Capítulo 299: Golpe da Nikki

Quando Hiiro-tachi alcançaram o local onde Nikki-tachi estavam, uma vista incrível foi trazida diante de seus olhos.

Um Ikki caído estava sendo segurado por uma Nikki chorando, enquanto um urso bambu ficou por perto, como que protegendo os dois. Cercando eles… estava um grupo de vários alto condores.

(Por que há tantos demônios?)

Hiiro ouviu que se uma pessoa tocar bambu preto, ele virará um demônio. Apenas Hiiro-tachi estavam aqui. Obviamente, Hiiro e os outros que ouviram a história não tocaram nada. E como Nikki também pensou que o bambu preto era uma ameaça, ela não ousaria tentar tocar ele e o transformar em um demônio.

Então… por quê? Confusos por tais pensamentos, subitamente, um broto de bambu preto crescendo por perto, apesar de ninguém ter feito nada, se transformou. Ele virou um demônio bem diante dos olhos deles.

“Aparentemente, esse bambu se transformará de qualquer forma se nós deixarmos ele como está.” (Liliyn)

Liliyn apontou o óbvio. Hiiro pensou assim também. Em outras palavras, o bambu preto que estava crescendo aqui e ali se transformariam em um horrível Alto Condor algum dia.

(Entendo. Quanto mais ele absorver a mana de uma pessoa, mais rápido o processo de demonificação é; talvez absorver energia do solo pouco a pouco também qualifica.)

Então em outras palavras, mais cedo ou mais tarde todo o bambu aqui morrerá se deixado como está. Enquanto Hiiro estava se sentindo ansioso sobre a tragédia que cairá sobre esses brotos de bambu,

“Como se eu fosse permitir algo assim!”

Puxando a <<Espada Cortante Zangeki>> de sua cintura, Hiiro atacou um Alto Condor perto. Com um whoosh, eles todos viraram areia, e então logo todos caíram na terra.

(Devo trazer todo o bambu preto para cá, ou eu devo traçar o corpo principal daquele cara primeiro e acima de tudo?)

Entre eles havia um Alto Condor com um corpo notavelmente grande. Esse pode ser o original, talvez, pelo que parece. Quando ele estava prestes a chutar o chão enquanto tinha um pensamento assim.

“WaaaaaaaaaaAAAAAAh!” (Nikki)

Nikki, ainda abraçada ao corpo de Ikki, gritou em lágrimas. Naturalmente, Hiiro olhou para Nikki, então para Ikki, que ainda não estava se movendo.

Não, não me diga. Então ele se virou para o urso bambu, que também notou seu olhar enquanto o urso só podia sacudir sua cabeça tristemente.

Olhando de perto, havia algo carmesim se espalhando do chão onde Ikki caiu. O urso bambu deu um grito deprimido, então correu e sacudiu sua mão esquerda com força intensa, arremessando fora os Alto Condores por perto.

Contudo, haviam muitos deles; um alvo fácil por causa de sua figura gigantesca, ele foi eventualmente suprimido pelos Alto Condores, que morderam seu corpo em pedaços. Sangue jorrou das porções feridas, fazendo o urso bambu gritar em dor.

Mesmo entre esses gritos lamentáveis, Nikki não fez nada, ainda soluçando no que ela enterrou seu rosto no corpo de Ikki.

“Velhote, me dê uma mão!” (Hiiro)

“Certamente. Já para Ojou-sama, Shamoe-dono e Mikadzuki-dono -” (Silva)

Quando Silva foi pedido por sua assistência, ele acenou imediatamente, confiando Liliyn para Shamoe e Mikadzuki. Liliyn levemente moveu seu queixo, indicando sua aprovação.

Então como um truque de mágica, facas e garfos apareceram nas mãos de Silva, então ele os jogou nos Alto Condores.

No meio tempo, Hiiro passou entre eles e seguiu em direção de Nikki. Depois de gentilmente tocar o corpo caído de Ikki,

(… já morreu, huh?)

Ele confirmou a morte de Ikki com seu senso. Contudo, Nikki, continuamente murmurando “me desculpe”, “levante logo”, “por minha causa…” ainda estava em negação.

Hiiro havia suspeito o que poderia ter feito ele cair deste jeito, mas ao ouvir Nikki dizer “por minha causa…”, Hiiro só podia assumir que isto aconteceu porque ele cobriu Nikki.

(… Isso deve ter sido doloroso para ela.)

Esses dois estavam discutindo um tempo atrás, e se separaram depois de uma briga. Hiiro assumiu que não levaria muito para eles enterrarem a questão, mas agora isso havia levado à esta situação.

Hiiro olhou para Nikki que estava incapaz de entender a situação nos arredores, mesmo o fato da própria mãe de Nikki que havia criado ela ter sido ferida, e ainda estava olhando para baixo enquanto estava ignorante pelos seus arredores. (NT: Parágrafo redundante da porra)

“Criança, quanto tempo você vai chorar?” (Hiiro)

“Uugu… hiigu…” (Nikki)

“Você acha que alguém certamente lhe perdoará se você chorar?” (Hiiro)

“Gusu… ma-mas… ainda… mesmo que eu me desculpe… e ainda… Ikki me protegeu…” (Nikki)

Aparentemente o chute de Hiiro parecia ter sido na mosca. Isso significava que não importa o quanto ela se desculpasse, Ikki já havia morrido. Uma pequena briga com um precioso membro da família, e acabou na pior despedido: morte.

Se Nikki não tivesse arguido, Ikki não precisaria vir para este lugar, e Ikki não teria morrido enquanto protegia ela, e Nikki não choraria.

“… Mas isto é agora a realidade. Você pretende desperdiçar a vida que ela salvou?” (Hiiro) (NT: Eu desisto de diferenciar gênero desses ursos)

Hiiro não podia permitir isso. Ikki protegeu ela e salvou sua vida. Isto deu à Nikki mais razão para adorar essa vida, mais do que tudo. Mas ao invés disso, ela nem percebeu os inimigos arredores, nem sequer sua mãe que ainda estava lhe protegendo.

Nesta situação, Nikki eventualmente estará tão boa quanto morta, assim como sua mãe. Se isso acontecer, então ela definitivamente trairá o desejo de Ikki e sua mãe, como família, de protegê-la.

Hiiro observou as repetidas cenas de sua mãe protegendo ela por trás do urso bambu. E por essa razão, Hiiro se moveu instintivamente.

“Se sua vida foi salva, não importa o que o sacrifício foi, viva! Mesmo se for a única coisa que você possa fazer para pagar aquele urso chibi ali!” (Hiiro)

Hiiro cortou um Alto Condor com sua espada. Outro Alto Condor voou do lado, e em troca, ele atingiu ele com um punho e o jogou longe.

“Você tem algo que você ainda quer fazer, não tem? Nesse caso, escolha. Continuar chorando assim? Ou seguir aquela pessoa e derrotar o inimigo?” (Hiiro)

“… Algumo… que eu… quero… fazer…?” (Nikki)

Nikki murmurou, gradualmente erguendo seu rosto.

“Você sempre pode chorar a qualquer momento, sabe. Mas por ora, abra seus olhos e olhe ao seu redor!” (Hiiro)

“Minha… minha mãe!” (Nikki)

Tendo finalmente percebido a situação ao seu redor, apesar de ainda mancando, Nikki finalmente se levantou.

“M-muito… obriga… da.” (Matryoshka)

O urso bambu disse para Hiiro enquanto vomitava sangue.

“Pelo que?” (Hiiro)

“Fufufu, eu tenho um favor para pedir.” (Matryoshka)

“… E isso é?” (Hiiro)

“Por favor leve elas um pouco longe daqui por um momento.” (Matryoshka)

“… tudo bem.” (Hiiro)

Eu fiquei interessado no que ela estava planejando fazer.

Hiiro tocou as testas de Nikki e Ikki, usando a palavra [Transferência], elas foram transferidas para Liliyn, que não estava muito longe. Apesar de Nikki estar encarando vaziamente durante isso, Hiiro ignorou e gritou “Venha aqui!” para Silva.

“Teve algo errado?” (Silva)

Silva, que se moveu imediatamente perguntou imaginando.

“Algo está acontecendo com aquele sujeito.” (Hiiro)

Encarando a linha de visão de Hiiro estava o urso bambu. Coberto em feridas por toda parte, Nikki, que viu isso e tentou se aproximar dela assim que chorava, mas Hiiro segurou ela no lugar.

Então, os Alto Condores circulando a área desceram um após o outro, esmagando o corpo enorme dela. A ursa bambu gemeu em dor, mas ao mesmo tempo, Hiiro e Nikki certamente ouviram.

“… Viva forte, Nikki… por ser minha criança… obrigada.” (Matryoshka)

Naquele momento, Hiiro sentiu a mana dentro da ursa bambu gradualmente se comprimir até seu limite, e então usando a palavra [Defesa] imediatamente, (NT: As palavras usadas até agora são palavras de 2 caracteres… vai entender)

DOOOOOOOGAAAAAAAAaaaaan!

Uma explosão tremenda ocorreu. Contudo, a maioria da explosão jorrou para cima. Talvez porque a ursa bambu teve consideração Hiiro-tachi, não envolvendo eles nisso.

Ainda, uma onda de choque destrutiva acertou Hiiro-tachi que estavam fora da área, mas foi tudo parado pela barreira mágica criada por Hiiro.

Nikki só pôde ficar ali, sem se mover, com um rosto pintado com desespero. Pela hora que a fumaça nascida da explosão foi limpa, uma larga cratera havia se apresentado diante deles, mostrando quão tremenda essa explosão foi.

Nem um traço de nada, vivo ou morto, sobrou. Era como se escavadores tivessem cavado este solo só para ver o que havia debaixo dele.

“… Mã… e…?” (Nikki)

Hiiro então soltou a barreira, e então Nikki, que estava sendo segurada, em seguida correu para a cratera, ainda não aceitando o evento súbito como era. Contudo, não havia nada para ser achado ali.

(Não me diga que ela escolheu se auto-destruir…)

Contudo, graças à explosão, todo o bambu preto crescendo pelas redondezas haviam desaparecido. Quanto mais você pensava sobre isso, mais provável era.

Hiiro-tachi só podiam observar os choros lamentosos de Nikki no centro da cratera. Não que eles pudessem dizer qualquer coisa. Eles julgaram que era necessário deixar ela, que acabou de perder sua família, sozinha por enquanto.

Então, um objeto preto caiu do ar. Hiiro encarou o objeto que caiu da cratera, aumentando sua vigilância.

Aparentemente, parecia ser o corpo original… no momento que ele pensou isso,

“Ainda está vivo!?” (Liliyn)

Todos ficaram surpresos quando Liliyn falou. No momento que ela disse isso, apesar de ter se tornado uma figura estranha que era em sua maioria só pele e ossos, ela se levantou e notou Nikki, e virou sua sede de sangue para ela.

Contudo, Hiiro já havia agido.

Hiiro novamente apareceu diante de Nikki com a palavra [Transferência]. Enquanto encarava o Alto Condor aproximando eles pela frente,

“… Esse cara é aquele que tomou sua família de você.” (Hiiro)

“…” (Nikki)

“… Você agora tem a chance de vingar eles, apesar de eu não ligar de qualquer forma… eu quero que você derrote aquele cara.” (Hiiro)

Nikki ansiosamente olhou para cima no rosto de Hiiro. Hiiro puxou sua espada, o fim rapidamente entrando no peito do Alto Condor.

BushuBushuu!

Com movimentos como o vento, ele cortou ambos os braços do Alto Condor. Então ele lançou o caractere [Parar], impedindo os movimentos de seu oponente. O Alto Condor, sem saber o que aconteceu, desesperadamente tentou mover seu corpo, mas falhou em fazer isso.

“Wow… incrível…” (Nikki)

Nikki parecia estar fascinada pela força de Hiiro.

Hiiro embainhou sua espada, então voltou para Nikki. Nikki, que esteve ajoelhada no mesmo lugar, levantou inconscientemente.

“Traga sua mão direita.” (Hiiro)

Apesar de intrigada, Nikki fez como foi dita. E, essa mão foi então fechada, envolvida pela mão direita de Hiiro. Então, um brilho de luz branca cobriu o punho de Nikki.

“Vê aquela bola vermelha? Ela é seu alvo.” (Hiiro)

Pela parte do peito com sua carne arrancada pela explosão, um pedaço vermelho pulsante podia ser visto dentro dela.

“Com esse punho, perceba, aprenda, se vingue. Solte sua raiva.” (Hiiro)

“…!” (Nikki)

Nikki, enquanto encarava o demônio preso, soltou seus sentimentos cheios de ódio,

“DEEEESSSSAAAAAPPPAAAARRREEEEÇÇÇAAAA!” (Nikki)

Ela lindamente atingiu o peito do demônio. A massa vermelha foi quebrada em pedaços, transformando o Alto Condor em cinzas, apagando sua existência do mundo.

Anúncios

4 respostas em “[KnW] Capítulo 299: Golpe da Nikki

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s