[KnW] Capítulo 297: Bambu Preto

Então… voltaram a soltar vários KnW, então voltou tudo ao normal… curioso como isso acontece, mas enfim, vamos lá – Este capítulo foi traduzido de Rebirth Online.


Capítulo 297: Bambu Preto

Uma súbita aparição de um urso, com uma criança andando em cima dele.
A criança saltou do demônio, usando o urso como um trampolim, se lançando em direção do monstro que ainda estava rolando no chão.

Enquanto o monstro continua a gemer, ele foi jogado ainda mais longe pelo chute da criança.

(A criança…? Não pode ser esta aqui?)

Hiiro podia ver que a criança parecia ter por volta de 10 anos de idade.
Ela tinha um cabelo roxo bagunçado.
Uma feição característica era que todo o cabelo estava amarrado num coque simples.
Apesar de você não poder dizer se a criança era um homem ou uma mulher por sua aparência, a criança certamente era fofa.

Assumindo que ela foi criado por um monstro, eu pensei que a criança estaria pelada, mas ela parecia estar coberta com pelo.
Esse aspecto parecia sugerir uma certa tribo de caçadores.

(eu lembro que um certo homem que se movia igual na Amazônia. Mas…) (NT: … Mogli? Ou será que tem alguém de verdade que eu não sei?)

Eu não entendo porquê, mas quando eu vejo a criança, eu fico com este sentimento nostálgico.

(Isto é porque algumas das características eram bem similares?)

Também, aquele monstro urso, é quase 3 vezes o tamanho da criança.
Não parecia ser um urso adulto, era levemente menor.

“Esse é um urso bambu, certo?” (Liliyn)

Liliyn falou enquanto olhava para o urso.

“Oh, considerando o nome, é um demônio que só vive nesta área?” (Hiiro)

“Isso mesmo, Hiiro. Os ursos bambu são bem poucos, deve ser um monstro bem gentil…” (Liliyn)

O monstro urso olhei ao redor e virou sua hostilidade para o demônio que apareceu com asas.
Quando a criança tentou atacar o monstro, o monstro não retalhou, mas pulou do lugar e fugiu.

A criança e o urso bambu olharam para o monstro que fugiu enquanto gemia.

“Oy, Aka-loli, você não disse antes que um monstro estava criando uma criança?” (Hiiro)

“…” (Liliyn)

“Então, o que é isso?” (Hiiro)

Naturalmente, Hiiro apontou para a criança e perguntou.

“Fuu, ainda não está confirmado! Talvez tenham existências que estão aqui além do monstro.” (Liliyn)

Certamente, Liliyn está correta. Há uma possibilidade de haverem outras pessoas aqui que estão criando a criança.
Não, a probabilidade de ser o último é maior.

Por ora, a verdade podia provavelmente ser entendida pela criança.
Quando Hiiro tentou se aproximar da criança com passos leves, o urso bambu subitamente correu com tremendo momento para o lado.

“!?” (Hiiro)

Hiiro inintencionalmente se moveu do local e olhou para a distância.
O urso bambu exalava hostilidade contra Hiiro.
A criança também veio ao seu lado e olhou para Hiiro, e o encarou.

“Eu entendo, eu não pareço ser bem vindo, mas eu tenho algo que eu quero lhe perguntar.” (Hiiro)

Apontando para a criança, o urso bambu não relaxou nem um pouco sua caução. A criança fez careta enquanto pensava.

Contudo, Hiiro pensou que ele não teria qualquer resposta se isto continuasse, então ele puxou a <<Espada Cortadora Zangeki>> de sua bainha e espetou ela no chão.

“Não há perigo aqui. Eu só quero perguntar? Qual é sua história?” (Hiiro)

Hiiro olhou para o urso bambu ao invés da criança.
A espada estava espetada no chão para mostrar que não havia perigo.

Um pouco mais tarde, a criança veio mais próxima de Hiiro com um Toko Toko.
A criança veio diante de Hiiro e olhou para ele com olhos brilhantes que eram completamente diferentes do momento em que ela atacou o demônio.

Hiiro também olhou de volta nos olhos da criança.

“Ga!” (Nikki) (NT: Eu não vou inventar um nome quando o capítulo passado se chama algo como “encontrando Nikki”)

A criança olhou de volta para o urso bambu e ergueu uma voz.
Logo, a hostilidade do urso diminuiu.
Aparentemente, parecia que ela entendeu que Hiiro não mentiu.

“Eu quero escutar sua história. Então, você é a única aqui?” (Hiiro)

Se a criança não ouviu ou se ela apenas não entendeu, Hiiro disse a mesma coisa de novo por precaução.

Mas a criança inclinou sua cabeça em confusão.

“Você realmente não entende palavras? Isto é realmente…” (Hiiro)

Hiiro murmurou enquanto olhava para o rosto de Liliyn, ela também tinha um olhar de estar sem ideias.
Talvez ambos de nós chegamos na mesma conclusão.
Quem poderia saber que eles encontrariam a criança tão rapidamente?

“A criança não consegue entender as palavras, ou talvez ela não entenda o significado do que nós estamos dizendo. Em outras palavras, você foi criada por este monstro?” (Hiiro)

“…” (Nikki)

Repentinamente, a criança pegou a mão de Hiiro e a puxou.
Aparentemente, ela queria que Hiiro seguisse.
Pensando que havia algo por trás disso, Hiiro permitiu que a criança o arrastasse junto e caminhou.

Contudo, a intenção assassina do urso bambu estava completamente direcionada apenas à Hiiro.

 

No que nós seguimos em frente, uma vista estranha se espalhou diante de nós.
Lentamente, o bambu verde foi substituído por bambu preto.
Chegou ao ponto onde não havia bambu verde a vista.

(Bambu preto?)

Estando curioso, Hiiro achou uma enorme pedra à frente.
Havia um buraco na pedra, e se você olhasse de perto, você poderia ver que havia algo dentro dela.

“Parece que a mãe do urso bambu está ali dentro.” (Liliyn)

Como Liliyn disse, o urso bambu se aproximou da enorme pedra e esfregou suas bochechas em sua mãe.
A criança também fez a mesma coisa que o urso bambu enquanto separava suas mãos de Hiiro.

Na área ao redor, não haviam outros sinais de vida.
Claro, não haviam outras pessoas também.
Hiiro falou olhando para os três.

“Aparentemente, o rumor parece ser verdade.” (Hiiro)

“Che, eu realmente não esperava que ele fosse verdade.” (Liliyn)

Havia um suspiro misturado junto quando Liliyn aceitou o fato.

“Contudo, o que é este bambu preto? O que há com os arredores?” (Hiiro)

“Não, o lugar inteiro por aqui deveria ser completamente verde, por toda parte.” (Silva)

Quando Hiiro perguntou, Silva rapidamente respondeu.

“Então o que é isto? Eu sei que é uma situação bem anormal, mas…” (Hiiro)

“Hmm, isso é verdade. Hiiro, você se lembra do monstro de agora pouco?” (Silva)

“Aaah.” (Hiiro)

“Quando o monstro mordeu o bambu, ele não manchou o bambu completamente de preto?” (Silva)

Hiiro começou a entender assim que sua memória deu uma arrancada.

“Parece ser isso. Então isto também foi por… aquilo?” (Hiiro)

Os arredores estavam completamente preenchidos com bambu preto.
Se aqueles monstros estavam fazendo isto, então por qual razão eles estão fazendo isso?

Até os bambus abaixo estavam tingidos completamente de preto.
Hiiro cortou uma folha de bambu de um pequeno bambu e olhou para ela. Contudo, não parecia ter nada de diferente além da mudança em cor.

Então a criança inesperadamente virou seu rosto e aproximou de Hiiro, e apontou para a mão direita segurando a folha de bambu.

“Qu-!?” (Hiiro)

Eu também olhei intrigado sobre o que a criança disse com confusão, e a criança colocou um dedo na folha que eu derrubei.

O olhar de todos naturalmente se virou para a folha de bambu.
Subitamente, a folha começou a se mover com um uneune e mudou de forma.
Sua aparência lentamente mudou para uma forma que Hiiro havia visto em algum lugar antes.

“GII!” (Rimuru)

A aparência do bambu era similar ao monstro que eles haviam visto anteriormente, mas num tamanho menor.
A criança saltou para longe do pequenino monstro, mas como a criança se movia rápido, ela foi capaz de escapar.
Como esperado, o pequenino monstro se moveu na direção de Hiiro.
A criança parecia que estava tentando dizer “MERDA!”.

Bushin!

O pequenino demônio foi dividido em dois.
Chakin e Hiiro retornou a espada para sua bainha.
O monstro virou cinzas e desapareceu.

“Que raios foi isso?” (Hiiro)

Apesar dele ter lutado de volta inintencionalmente, Hiiro franziu suas sobrancelhas. Incapaz de entender o significado deste fenômeno.
A criança encarou Hiiro com olhos brilhantes.
A criança se aproximou e Hiiro com um momento considerável.

“N gang a! Gna!” (Nikki)

A criança falou enquanto segurava suas roupas, mas Hiiro não conseguia entender o que ela queria dizer.

“… Mais provavelmente, a criança ficou impressionada pela sua performance de habilidade?” (Liliyn)

“Parece ser, a criança parece estar impressionada com a habilidade de Hiiro e pode estar tentando dizer ‘Incrível~!’, eu acredito?” (Silva)

Como Liliyn e Silva disseram, Hiiro também acenou pensando que pode ser isso, mas seu aceno parecia muito mais feliz.

“Mas o que há com este bambu?” (Liliyn)

Para a questão que Liliyn murmurou, até Hiiro estava preocupado sobre isso também.
Mas o problema era que a criança e monstros só podiam ouvir, e não podiam falar.

(Hmm? Espere um minuto. Então…)

Hiiro juntou poder mágico nas pontas de seus dedos.

[Traduzir] (NT: Abriu Google Translate, noob)

Com este caractere, pode ser possível se comunicar com monstros.
Contudo, ao mesmo tempo, a criança que estava puxando suas roupas subitamente caiu.

Foi por causa do urso bambu.
Eu estava imaginando o que aconteceu, mas com [Traduzir] eu podia ouvir a conversa que eles estavam tendo dentro da minha cabeça.

“Por quanto tempo você vai ficar amiguinha com eles! Essas são pessoas!” (Basi)

O urso bambu falou para a criança.
A criança pareceu brava por suas expressões.

“Eu também sou uma pessoa! Minha mãe me disse! Entre as pessoas há aquelas que são boas! Essa pessoa é forte e também é uma boa pessoa!” (Nikki)

“Eu consigo entender isso! Mas pessoas são aqueles que originalmente fizeram aqueles monstros! Como eu posso confiar em pessoas assim então!” (Basi)

Ouvindo aquelas palavras, Hiiro cerrou seus olhos.

(Aqueles monstros foram feitos por uma pessoa?)

Hiiro não falou e ouviu a conversa entre os dois.

“Apesar daquelas pessoas poderem parecer até que boas neste momento, mas a natureza verdadeira delas aparecerá logo! Porque também foram por essas pessoas que minha mãe ficou assim!” (Basi)

“En-então você está dizendo que você não acredita em mim também!” (Nikki)

“Men… tira, is-isso… você é diferente daquelas pessoas! Você pode parecer uma pessoa, mas você é um monstro como eu!” (Basi)

“M-mas, eu também sou uma pessoa, minha mãe também disse…” (Nikki) (NT: Ambos só falam “mãe”, mas eu estou usando “minha mãe” – deve ser a mesma ursa grande)

“Você é um monstro! Então se livre deles rapidamente! Até trazendo eles para nosso local! Eles são a razão por tudo que está acontecendo!” (Basi)

Se referindo ao monstro antes, aquele que veio do bambu que Hiiro havia tocado.

“Não! Eu tenho certeza que essas pessoas não sabem nada sobre isso!” (Nikki)

“Como você pode dizer que você sabe disso!” (Basi)

“Porque… porque…” (Nikki)

A criança olhou para Hiiro nos olhos.
Então virou seu olhar de volta para o urso bambu.

“Esta pessoa não está mentindo!” (Nikki)

“C… omo, S… ua estúpida Nikki!” (Basi)

Dosu, O urso se jogou na criança e o urso bambu logo correu para algum lugar.

(Nikki… então esse é o nome da criança?)

Hiiro calmamente falou o nome da criança.

“Mou! Algumas vezes eu não consigo mesmo entender Ikki!” (Nikki) (NT: Só para constar, eu estava usando Basi por ser o nome de um urso panda famoso que já morreu… era um dos poucos nomes de 1 palavra que era de boa de usar…)

Apesar de ter caído, Nikki falou o nome do urso bambu.

Anúncios

2 respostas em “[KnW] Capítulo 297: Bambu Preto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s