[KnW] Capítulo 292: Prelúdio à Guerra

Os caras estão soltando muitos capítulos de KnW em inglês, a diferença vai crescer muito fazendo só um por semana… mas eu não quero dropar nada, e não é como se tivesse muito tempo sobrando atualmente… haaaah… – Este capítulo foi traduzido de Rebirth Online.


Capítulo 292: Prelúdio à Guerra

Teckil disse algo completamente do nada. Judom parecia ter alguém que ele precisa encontrar de qualquer forma, e Teckil está ajudando ele achar esta pessoa, para retornar seu favor.

Isto não está tudo bem? Mas o problema é essa pessoa. Bem, baseado em todas as coisas que aconteceram, você pode dizer que a pessoa que ele está procurando é Hiiro.
Falando francamente, eles não estavam nem no nível de conhecidos, no que eles nem se auto-apresentaram um ao outro ainda. Independentemente, Hiiro parecia confuso, sem entender a razão pela qual Judom quer ele.

“… O que você quer dizer com isso?” (Hiiro) (NT: … vocês realmente gostam de ter quem está falando toda vez? Eu coloco de acordo com o texto… ou invento, só para manter isso)

Hiiro perguntou de novo para Teckil, confirmando suas intenções deste assunto.

“Na verdade…” (Teckil)

Teckil contou a história da vidente que apareceu algum tempo atrás que murmurou o nome: Hiiro. Judom não sabia ainda que ela havia feito essa “pronúncia errada” de propósito, e tomou sendo “Hero” por sua vez. Ele parecia ter Teckil procurando por uma pessoa com esse nome.
Então, depois de algumas viradas e reviradas, eles finalmente descobriram que aquele “Hero” é na verdade “Hiiro”, clarificando a razão pela qual eles vieram achar ele.

“Bem, não foi aqui que nóssss achamosss Hiiro-kun, masss no Dessserto Raohrb.” (Teckil)

Depois de ouvir a história, Hiiro se recordou daquele estranho passarinho que ele havia encontrado no deserto. O pássaro era formado com mana, ele também observou uma existência que estava dentro dele.

“Aquele pássaro, por acaso, é você?” (Hiiro)

“Haha, é sssim. Hiiro-kun é bem difícil de achar.” (Teckil)

Teckil deu um sorriso amargo. Era verdade, apesar de ser bom que eles acharam ele no Continente Demônio, ele ainda teve que procurar por Hiiro nos cantos e becos dos outros dois continentes antes de vir aqui.
Então, depois de muita investigação detalhada, eles finalmente conseguiram a informação que Hiiro esteve treinando recentemente no Deserto Raohrb.

(Se eu não estou enganado, a magia deste camarada é chamada <Magia das Imagens>… uma magia muito conveniente, de fato.)

Apesar da pessoa em si ser ignorante de sua hipocrisia, Hiiro sem dúvidas pensou que era conveniente.

Depois de finalmente resumir tudo, Teckil perguntou para Judom.

“Então, e agora?” (Teckil)

“O que você quer dizer com ‘e agora’?” (Judom)

“Por que você essstá perguntando issssso para mim? Você não essstava procurando por ele para fazê-lo ssse juntar a você em primeiro lugar?” (Teckil)

Depois de falar um pouco, Hiiro recordou que ele disse que ele faria de Judom seu companheiro, ou algo parecido.
Hiiro direcionou seu olhar para Judom, que encarou de volta. Depois de uma breve pausa, Judom falou.

“Nem, Teckil. Eu não quero forçar mais o garoto à se juntar.” (Judom)

As palavras seguintes de Judom atingiram Teckil de surpresa.

“O q- o que aconteceu? Você não veio para cá para fazer Hiiro seu companheiro? Ou você ainda está pensando que ‘Hero’ não é Hiiro-kun?” (Teckil)

“Não, não é isso. Ao encontrar ele, eu sei que este é o garoto que nós estávamos procurando.” (Judom)

Não apenas Teckil, mas Farah também encarou Judom pensativa.

“S-se este é o caso, então por que…” (Farah)

“Porque, vocês sabem, não importa como vocês olhem para isso, isto não é súbito demais? ‘Porque nós precisamos de você, se junte ao nosso time’. Vocês querem que eu diga isso?” (Judom)

“Bem, mas…” (Farah)

“Primeiro de tudo, por que ir para uma luta que se aposta sua vida? Numa batalha assim, eu não posso forçar alguém me seguir por minhas próprias circunstâncias egoístas.” (Judom)

“Judom-san…” (Farah)

Aparentemente, o humano chamado Judom, mesmo se ele está em desvantagem, parece ser uma pessoa que não gosta de escolher ações que torcerão e dobrarão a vida de outra pessoa.

“E então, depois de perceber que a outra pessoa é um jovem garoto, ainda mais eu não sinto ser errado fazer isso. Você sabe como este garoto veio para este mundo? Ele foi pego na invocação de herói, que já foi contra a vontade deles! Mesmo se o garoto disser que ele é sortudo, ele ainda tem sua própria vida. Como eu disse um tempo atrás, ele tem o direito de perseguir divertimento neste mundo. Mesmo quando nós temos uma necessidade por ele, isso não é só usar ele por nossa própria conveniência?”

Quase como que negando as palavras de Judom, ela tentou confirmar o raciocínio dele.

“M-mas nós estamos tentando impedir o Maou Predecessor, e se deixado como está, o que se tornará deste mundo?” (Farah)

“É, eu sei o que Teckil quis dizer com isso. Mas ainda, forçar alguém… eu não quero fazer isso!” (Judom)

Ser mostrado uma vontade sólida e determinação inabalável fez Teckil ficar silente.

(Então… é assim que o velho Mestre da Guilda é.)

Hiiro, que estava fazendo uma avaliação do homem diante dele, sentiu admiração do seu núcleo. Claro, ele também sabia que não ligar para a mente da outra parte pode ser a norma deste mundo.
Mas, mesmo depois de tirar isso da equação, ele respeita sua determinação de ficar com sua ética. Honestamente, ele sentiu simpatia em forçar alguém à ajudar. Mesmo se você ganhar alguém através da força, se ele ou ela não ter a determinação, tirando o fato que você pode ser traído no momento de uma emergência, a possibilidade de fracasso aumentará. Eventualmente recebendo uma grande perda no processo.

(Ele é de um calibre completamente diferente daquela Maou…) (NT: Eu acredito que ele quis dizer da Eveam… inglês, e japonês também, conseguem falar sem expressar gênero, aí é ruim de definir se é homem ou mulher)

Ele foi obrigado a reconhecer Judom como um homem grande, mas gentil.

“É por isso que, eu quero fazer isso assim.” (Judom)

Assim como Farah, Judom se aproximou de Hiiro. Ele esticou sua mão para ele.

“Me desculpe pela introdução tardia. Eu sou Judom Lankas. O líder do exército Rebelde, mas ele se foi agora.” (Judom)

Quando Hiiro viu ele se levantando de sua cadeira, ele ficou espantado pelo tamanho do corpo de Judom. Em uma palavra singular: Gigante. Vendo os firmes músculos sob sua armadura, nenhuma gordura em excesso podia ser vista.
Um corpo de aço temperado. Essa era a impressão que passava.

Vendo a mão estendida, os olhos de Hiiro moveram para o rosto dele, um sorriso quente. Todos prenderam a respiração, observando o que Hiiro fará.

 

E, Hiiro pegou a mão que estava esticada para ele.

Vamos colocar nossas mãos juntas por ora. Eu fiquei um pouco interessado em você, afinal.” (Hiiro)

Hiiro, que tem muito pouco interesse nos outros, foi atraído um pouco pelo charme de Judom? Apenas como ele era interessante, em um sentido diferente da Maou Eveam?
Logo, ele decidiu esperar e ver, para onde essas circunstâncias levarão.

“Heeey, Hiiro, você não disse que você quer dar um bom ponto para Matar Deus?” (Tenn)

Tenn subitamente apareceu entre eles.

“Então aqueles caras decidiram lugar contra eles? Se esse é o caso, antes de nós darmos as mãos, isso significa que todos nós estamos na mesma ideia?” (Tenn)

Todos ficaram embasbacados. O que Tenn disse certamente é correto, se nós temos o mesmo propósito, então nós podemos ser aliados.

“Ah, talvez eu esteja, atrapalhando o clima? Foi mal, foi mal! Ukikiki!” (Tenn)

Certamente, o que ele acabou de dizer é um bom argumento. No que os olhos de todos focaram em Tenn, que quebrou a atmosfera, a pessoa em si está se desculpando, mas remorso algum podia ser sentido com isso. O que Hiiro achou frustrante.
Graças ao timing ruim e ter empurrado, Hiiro acabou de perder o que ele tinha que fazer com sua mão que estava atualmente segurando a de Judom.
Já pelo outro, ele parecia ter sentido isso também, e tirando um sorriso com câimbra, ele se igualou ao olhar de Hiiro. Então, subitamente, Judom–

“Fuh! Ahahahaha! Eu acho que você me pegou aí! É o que esse macaco disse! Espere, não! Desculpe, isso não foi educado de mim, Alto-Espírito!” (Judom) (NT: Oh, foi isso que ele fez…)

“Eeh, então o senhor viu através de mim!” (Tenn)

“Você acha que eu não saberia? Há esse enorme poder mágico estando escondido dentro de você, além do fato que você pode falar apesar de parecer um monstro comum. Se você não for um, eu não sei o que você poderia ser.” (Judom)

Judom comparou no que ele observou Hiiro e Tenn.

“Um parceiro, huh… espere, você é a espada daquele garoto? Você e a espada dão uma impressão estranhamente similar. Talvez, você fez um contrato com o garoto e usou a espada como um médium?” (Judom)

Hiiro expressou admiração por Judom que acertou triplamente na mosca, completamente. Tenn também não pôde deixar de assoviar um tom.

“Você realmente acertou, rapá! Por acaso, você conhece alguém como nós?” (Tenn) (NT: Ele fala “pops”, que é uma forma de se referir à um cara meio velho, mas sem ser ofensivo… aí eu fiz isso e foda-se)

“Bem, eu fui um aventureiro por até que um longo tempo, então eu me deparei com um monte de encontros raros.” (Judom)

“Ukiki. Rapá, vamos conversar sobre isso com algum licor alguma hora!” (Tenn)

“Oh, muito bem! E quanto você, garoto, você está bem com isso?” (Judom)

Judom soltou sua mão do aperto de mãos, então fez um gesto de beber para Hiiro.

Sigh “… Vocês, vocês poderiam falar sobre isso mais tarde?” (Hiiro)

“… Ah.” (Judom)

Através disso, percebendo os olhares reprovadores em seus arredores, eles se olharam, embaraçados. Tenn foi cutucado na cabeça por Hiiro, enquanto Judom recebeu bronca de Farah.

(Esses dois realmente são farinha do mesmo saco.)

Hiiro, agora sabendo que Judom e Tenn se deram bem um com o outro, surpreendentemente, só podia dar de ombros.

“Ehem! T-Tenn-dono está certo, e pelo que ele disse, há um propósito comum entre nós! Apesar de eu estar curiosa sobre a vidente que Judom-dono encontrou, por ora, nós precisamos erguer contra-medidas para o futuro.” (Eveam)

Eveam intercedeu o lugar, e o clima que se afrouxou ficou apertado mais uma vez.

“Nós faremos uma reunião com o Reino das Feras, Passion, de uma vez. Há alguma objeção?” (Eveam)

Se tornou agora essencial falar com Passion, agora que eles se tornaram aliados. Ninguém tinha uma objeção em ganhar alguma ajuda.
Eveam, ao ver as reações de todos, finalmente acenou.

“Fumu, agora é possível organizar as forças aliadas dos Evila e Gabranth. Apesar de ser bem reassegurador, nós ainda não temos um entendimento apurado da força do lado de Avoros. Eu enviei vários espiões e investiguei isso por um tempo. Até agora, a defesa deles tem sido firme, então nós não podíamos obter informação apurada em detalhe. Contudo, isso deve ser também igual do outro lado. Então para o primeiro passo, nós devemos checar um com o outro e tentar maximizar nosso maior potencial de guerra. Apesar de nós termos perdido nossa chance de darmos o primeiro passo,, nesta guerra… nós ganharemos!” (Eveam)

Eveam, no presente, tem uma forte e pura determinação que podia ser vista em seu olhar.

(Hou, então você pode fazer essa cara também? Ou, você alcançou o ponto onde você consegue fazer isso agora sozinha? Qual será, eu imagino?)

Hiiro, vendo uma expressão que ele não conseguia imaginar dela na primeira vez que eles se encontraram, só conseguia encarar ela com admiração.
Aparentemente, essas pessoas aqui todas se uniram para apoiar Eveam, mas Hiiro estava pensando sobre algo diferente.

(Ainda assim, uma vidente, huh… quem diabos é?)

Apesar de Eveam também ter pensado sobre a vidente em questão, Judom não falou sobre isso porque a vidente deu uma ordem estrita para não dizer nada sobre ela.

(Por que essa pessoa me conhece? Eu não me recordo de encontrá-la…)

Mas quando ele primeiro veio para este mundo, ele havia encontrado uma velha mulher que parecia uma vidente. Mas Hiiro já havia esquecido completamente dela.

(Bem, se esse homem-músculo estiver certo, então é possível que esta história virá em breve, e talvez nós nos encontraremos mais cedo ou mais tarde.)

(Bem, então, eu sabia que as várias coisas que estavam rolando na hora iriam começar a ficar claras. Eu conseguia sentir isso) (NT: Isto me parece uma nota do tradutor/revisor, mas não teve nada identificando como tal, além do itálico?, então traduzi também)

Então a conferência foi empurrada adiante, e no caminho, Passion também foi contactada e informação foi obtida.
O outro lado também encontrou um ataque do céu como este, mas todos pareciam estar bem. E parecia que eles haviam decidido ter uma reunião para dar prosseguimento imediatamente.

Com isto, o mundo estava agora dividido em dois.

Exército do Maou Avoros VS Aliança Gabranth-Evila. (NT: Beastmen-Demônio, mas preferi manter esses nomes)

Era esse arranjo.


Nota do Thyros: Eu não queria usar tantos memes de Yaranaika, ou sobre fujoshis… eu mesmo não curto yaoi, mas não só o capítulo estava propício para isso, o povo que traduziu/editou em inglês ficou fazendo comentários para aumentar essa ideia, aí… enfim, essa zoera me pegou muito mais tempo que o previsto… mas eu gostei de zoar xD

Anúncios

5 respostas em “[KnW] Capítulo 292: Prelúdio à Guerra

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s