[KnW] Capítulo 277: Ameaça de Judom

Só para lembrar vocês que final de semana que vem eu não conseguirei traduzir por causa de evento de anime (sou staff), então talvez eu não consiga fazer o próximo KnW, dependerá da faculdade (é para dar) mas vamos lá – Este capítulo foi traduzido de Rebirth Online (tradutor é Mete, Anri está como uma revisora e… eu li do site dela, que foi transcrito – tenham isso em mente nos capítulos postados daqui).


[KnW] Capítulo 277: Ameaça de Judom

A fuga habilidosa de Teckil fez o rosto do guarda da prisão enrijecer e afundar com uma expressão pálida, mas assim que ele recobrou sua sanidade, ele imediatamente relatou o incidente para os escalões superiores.

Hiyomi, que recebeu o relato imediatamente seguiu para a cela da prisão. E ao ver o pequeno buraco feito na parede, ele murmurou numa voz muito baixa, 「Eles nos pegaram」. (NT: Hiyomi é aquele cara com uma cicatriz na cara, que transformou o pai do Camus)

(Alguém deve ter ajudado esta fuga… mas quem poderia ser?)

Os elementos perturbadores neste país deveriam ter sido lidados bruscamente por Avoros. E todos os cidadãos já sofreram lavagem cerebral… então quem poderia possivelmente ser aquele que tomou o risco para ajudar o 『Evila』, Teckil…

Ou aliás, como essa pessoa sequer sabia que Teckil estava aprisionado aqui em primeiro lugar…

Um monte de questões vieram uma após a outra, mas nenhuma entre elas poderia levar ele à uma resposta. Isso dito, Kainabi deveria estar presa aqui também. (NT: Kainabi é uma loli que usa plantas para lutar, que roubou aquela Luz de Naous lá)

Ela foi enviada aqui para esfriar sua cabeça por um tempo pelo Maou Predecessor, porque ela ergueu suas mãos contra seus companheiros.

Claro que, diferente dos outros prisioneiros, foi providenciado para ela um enorme quarto e ela foi tratada muito importantemente aqui, até as camas e o banheiro providenciados eram de uma qualidade superior quando comparados aos outros quartos.

Pensando que ela poderia saber de algo, Hiyomi seguiu em direção da cela de prisão onde Kainabi estava aprisionada. Apesar de ser meio longe, há uma possibilidade que ela possa saber de algo.

Ao chegar na cela da prisão, ele abriu a porta da cela em padrão de grande com uma chave. Dentro estava a figura de Kainabi sentada calmamente enquanto lia um livro em sua mão.

Apesar dele poder ver as olheiras sob seus olhos, a condição físcia dela em geral não parecia ser tão ruim assim.

“… ah? O que foi, a ordem foi retirada?” (Kainabi)

“Isso mesmo, era só uma punição leve de qualquer forma, se você prometer que você nunca erguerá suas mãos contra seus companheiros de novo, então eu posso te soltar. Essa foi a ordem que foi passada para mim por Sua Majestade.” (Hiyomi)

“…… Eu absolutamente acertarei aquela puta da Isuka.” (Kainabi) (NT: Isuka é aquela que usa água para lutar)

“…” (Hiyomi)

Hiyomi respondeu ao murmuro que ela era 「tola」, ao que Kainabi encarou Hiyomi como se ele estivesse saindo da linha.

“Mesmo quando Isuka estava próxima, Sua Majestade levou uma surra! É porque aquela puta não fez nada…” (Kainabi)

“Eu já te falei muitas vezes. Isso foi por causa da ordem de Sua Majestade.” (Hiyomi)

“Ainda assim, não é óbvio que a vida de Sua Majestade deve ser dada prioridade máxima!” (Kainabi)

“Até ao ponto de desobedecer a ordem de Sua Majestade?” (Hiyomi)

“Eu não ligo quais as ordens eram enquanto Sua Majestade viver.” (Kainabi)

A lealdade é realmente algo.

“Eu daria minha vida por Sua Majestade à qualquer momento.” (Kainabi)

“…” (Hiyomi)

“Minha família foi morta, meu corpo foi adulterado, e no fim eu fui jogada fora porque eu não era mais necessária. Eu havia perdido a razão e vontade para viver. Mas naquela hora, Sua Majestade me deu sua mão! E em disse que eu era necessária! E disse que eu era indispensável!” (Kainabi)

O sorriso amargo de Kainabi se tornou num sorriso alegre.

“Sua Majestade é como um pai para mim, a pessoa mais importante para mim. É por isso que eu nunca perdoarei Isuka que foi incapaz de proteger Sua Majestade!” (Kainabi)

Só há uma única prioridade para ela, e isso é a vida de Avoros. Para ela ver o mundo numa perspectiva tão estreita, só era possível julgar o comportamento de Isuka como um ato de traição.

Especialmente para aqueles que feririam Avoros. Ela nunca trairá seus companheiros, NÃO, não tem como ela trair Avoros. Mas, se é para proteger Avoros, ela tem a insanidade para mostrar suas garras para seus companheiros.

(Agora, como eu devo lidar com isto…)

Apesar de Hiyomi poder de algum modo relatar com os pensamentos dela na questão, mas entre todos aqueles que se reuniram para apoiar os objetivos de Sua Majestade, haviam apenas alguns que adoravam ele. Enquanto o resto estava apenas agindo junto porque seus interesses coincidiram.

Apesar de todas essas pessoas considerarem Avoros como seu rei e seguirem ele incondicionalmente, mas diferente de Kainabi, eles colocam mais importância às ordens de Avoros do que a vida dele.

É por isso que eles não vão contra as ordens de Avoros. Mesmo se o conteúdo de sua ordem signifique se machucar no processo, eles ainda obedecerão ele.

Pode ser difícil para Kainabi aceitar as ideias de seus companheiros, onde força e vetores de desejos diferem, em primeiro lugar.

“… mas companheiros ainda são companheiros. Eu não pedirei que você se dê bem com eles, mas você deve ainda comprometer quando você deve comprometer.” (Hiyomi)

“…… che” (Kainabi)

“Está tudo bem se você der prioridade principalmente para a vida de Sua Majestade. Mas saiba que nem todos são assim. Isso não quer dizer que eles estejam traindo Sua Majestade.” (Hiyomi)

“…… Eu entendo esse tanto também.” (Kainabi)

Apesar da expressão dela não provar que ela estava convencida, Hiyomi ainda continuou.

“Então você deve começar a lutar com seus companheiros. Até Sua Majestade não gostaria se isso continuasse.” (Hiyomi)

“…… mas foi culpa da Isuka.” (Kainabi)

Ela murmurou numa voz estilo de criança.

“Está tudo bem se você aprontar. Mas você não deve levar isso adiante. Seria incômodo ter problemas assim surgindo enquanto Sua Majestade ainda está dormindo.” (Hiyomi)

“E-eu sei disso, droga! De qualquer jeito, pelo que você veio aqui?” (Kainabi)

“Nós finalmente podemos ir aos negócios.” (Hiyomi)

“O que você quer dizer? Parando para pensar nisso, você parece estar terrivelmente com pressa.” (Kainabi)

Hiyomi recontou a fuga de Teckil da prisão.

“Hmph. Mesmo quando ele era originalmente o subordinado de Sua Majestade…” (Kainabi)

Sede de sangue mais uma vez transpirava de Kainabi.

“Eu vim perguntar…… se você sabe de algo sobre isso, mas parece que você não sabe de nada também.” (Hiyomi)

“Não tem o que fazer agora, porque parece que ele já escapou da prisão!” (Kainabi)

“Parece ser isso mesmo.” (Hiyomi)

“Ah, mas teve este odor que eu cheirei agora pouco.” (Kainabi)

“Que odor?” (Hiyomi)

“Quem era de novo… aquele que governou no lugar do rei deste país antes de Sua Majestade ter chego.” (Kainabi)

“…… Judom Rankers?” (Hiyomi)

“Ah, era esse o nome dele? Eu cheirei o odor dele algum tempo atrás?” (Kainabi)

“…… é mesmo.” (Hiyomi)

O olfato dela é extremamente excelente. Se o odor de Judom verdadeiramente esteve na masmorra, então tudo se encaixa.

Se ele pensou sobre isso, não seria estranho para ele possivelmente invadir este lugar. Além de sua força, ele também estava em bons termos com Rei Rudolph, então ele também saberia sobre a estrutura do Castelo Imperial.

Apesar de ainda ser um mistério como Judom localizou onde Teckil estava aprisionado, mas foi muito provavelmente Judom quem veio ajudar Teckil.

(Como eu pensei, nós devíamos ter matado ele. Eu sabia que a existência dele iria causar mais problemas mais tarde…)

A força de Judom era até reconhecida por Avoros. Ele é um oponente que você não consegue se proteger contra. Apesar de Hiyomi ter tido sucesso da última vez, chutando Judom para fora deste país, mas como esperado, Hiyomi deveria ter perseguido e matado ele.

“… Por ora, vamos lá Kainabi.” (Hiyomi)

“Eh? Tudo bem isso?” (Kainabi)

“É, eu vou procurar neste castelo completamente e tapar todos os buracos. Para que nenhum rato mais possa vir através dos buracos de novo.” (Hiyomi)

Geh, você vai me fazer fazer isso?” (Kainabi)

“Não, você irá em frente e buscará por Judom Ranker com Bi-Johnny.” (Hiyomi) (NT: Cara narcisista, cujo apelido é “Belo-Johnny”, nome dele é trocadilho de bishounen, que é belo rapaz… roubou a Luz de Naou também com Kainabi)

“…… sem chance, eu não quero ser parceira daquele cretino gay de novo…” (Kainabi)

Era claramente óbvio que ela não gostava de ser parceira de <Bi-Johnny>, mas se a dita pessoa fosse ouvir isso, ele certamente ficaria ofendido.

“De qualquer forma, se prepare para perseguir.” (Hiyomi)

“…… bem, eu estava morrendo de tédio de qualquer forma. Hum, mas antes disso, está tudo bem se eu ver Sua Majestade antes, então?” (Kainabi)

“Faça como quiser.” (Hiyomi)

Kainabi ri enquanto sorri alegremente. Hiyomi pensou que ela parecia com uma lolita normal quando ela ri desta forma.

E então Hiyomi deixou a prisão junto de Kainabi.

(Judom Rankers… eu lembrarei disto.)

 

Judom, que resgatou Teckil, subiu no pássaro grande criado pela 《Magia de Pintura》 de Teckil, no que os dois deixaram “Victorias” sozinhos.

Eles estavam seguindo para o esconderijo  no que Judom guiou, mas no meio do caminho, eles decidiram andar o resto do caminho. Se eles fossem continuar pelo céu, eles podem atrair atenção desnecessária.

Os dois começaram a avançar enquanto lentamente checavam se havia quaisquer perseguidores. Como era uma floresta, a visibilidade do lugar diminuiu no que eles avançaram.

Mas não havia nada aqui.

“… nós acabamos de nos perder?” (Teckil)

“Nem, este é o esconderijo.” (Judom)

“… com licença? Mas…… apesar de não ter nada aqui?” (Teckil)

Os arredores eram cercados por uma cortina de árvores, e os pastos se espalhavam até onde os olhos conseguiam ver.

“Me siga.” (Judom)

Com Judom guiando, Teckil moveu suas pernas enquanto inclinava sua cabeça. Então, quando eles chegaram no centro disso, ele pôde sentir um leve poder mágico.

(Há algo… aqui?)

Teckil quietamente olhou para os arredores em frente. Judom, que viu a aparência de Teckil,

“Hoh, como esperado dos sensos de um 『Evila』. Você notou?” (Judom)

“De algum modo, eu certamente consigo sentir algo, mas…” (Teckil)

Teckil não conseguia perceber o que exatamente estava aqui. Só o fato que ele conseguia sentir que tinha algo neste lugar. A sensação era fraca, se alguém perder a concentração por um segundo, a pessoa poderia facilmente esquecer disso.

“Então, cheque com seus olhos.” (Judom)

Judom empurrou suas costas, e pisou no chão com algum momento adicionado nisso. Imediatamente uma pequena cabana apareceu diante dos olhos de Teckil. (NT: Poderia ser traduzido como “oca”, pela palavra, mas prefiro cabana)

“… is-isso é uma barreira?” (Teckil)

Teckil então foi finalmente capaz de alcançar uma resposta.

“Isso mesmo. Esta cabana não pode ser vista de fora.” (Judom)

Parece que você só pode ver ela depois que alguém entrar nela.

“Apesar de ser meio distante da capital, mas esta é apenas uma medida precautória.” (Judom)

Haviam muitos aventureiros de pé próximo à cabana. Assim que eles viram Judom, eles vieram correndo como se eles estivessem esperando ele voltar. E eles começaram a reclamar instantaneamente.

Para poder ouvir a razão, o porquê de Judom ter empurrado todos embora e ido  sozinho salvar Teckil.

(Haha, todos eles parecem meio bravos.)

Apesar dele se sentir feliz que Teckil foi salvo, mas seus companheiros aventureiros ainda se sentiam desconfortável até ele ter voltado.

Mas quando eles viram que Judom havia voltado seguro, apesar deles estarem meio bravos, mas eles estavam todos felizes.

“Bem vindo de volta, Judom-sama.” (Power Rangers)

Daquele grupo de homens fedorentos veio o cheiro de uma flor. Teckil ficou com os olhos arregalados em espanto quando ele viu a figura que havia aparecido.

(Es-essa criança, poderia ser?)

Teckil cavou fundo em sua memória dormente e comparou ela com a pessoa em sua presença. Apesar de terem algumas discrepâncias,

(… não há dúvida sobre isso. Ela é… a segunda princesa de 【Victorias】…)


Nota do Thyros: Magote, tem nada a ver com KnW, mas o povo da 3Lobos pegou para fazer Arifureta! Considerando que vez ou outra em pediam para traduzir esta novel, achei bom divulgar – além do esquema da aliança, que eu tenho que ajeitar meu WP para representar isso melhor…

Anúncios

12 respostas em “[KnW] Capítulo 277: Ameaça de Judom

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s