Capítulo 82 – Acordando a Escuridão, Acordando a Luz (Parte 1)

Eu olho para um capítulo e penso “puxa, vai ser pequeno”, resultado? +3k palavras… e eu tenho a leve impressão que todo meu planejamento não dará certo, considerando que eu preciso traduzir mais 15 capítulos para “acompanhar”… – Este capítulo foi traduzido do Lunaris.


Capítulo 82 – Acordando a Escuridão, Acordando a Luz (Parte 1)

No dia seguinte, como planejado, a Corps do Deus da Escuridão, com o grupo de investigação, partiu da cidade e seguiu para seu objetivo ao amanhecer.

Durante seu almoço mais cedo, eles reabasteceram seu suprimento de água e receberam o contato com os reforços de Hivodir, que estava seguindo para a capital, para receber os detalhes para a batalha de tarde.

Vermeer prevê que as forças de defesa de Rinwaal mais provavelmente se juntarão com as forças de Driadria pela rodovia, para restringi-los de avançar.

“Você quer que eu vá dar uma olhada?” (Fonke)

“Sim, tenha certeza que não é uma emboscada.” (Yuusuke)

Tendo assistência de movimento e transmissão, o grupo de Fonke é muito útil como uma tropa de batedores. Junto com as motocicletas de Yuusuke, o grupo de Fonke foi dar uma olhada adiante. Como se estivessem esperando por uma carona, os subordinados de Fonke subiram nas costas das 2 motocicletas.

“Bem, nós iremos indo em frente agora!” (Fonke)

“Não se prolongue demais~” (Yuusuke)

***

Diante das paredes robustas do portão norte, onde a vista da cidade de Rinwaal e o instituto da Borda de Vento podiam ser vistas, as tropas de reforço de Hivodir e o Exército Libertador do Rei Cliffzard de Trent Rietta empregaram suas tropas em formação.

Mercenários podiam ser vistos correndo do outro lado da parede. Parece que eles não estavam prontos para um contra-ataque, então Hivodir estava considerando testar a resistência deles.

As tropas de reforço era composta de oficiais de diferentes corps, e a seleção de pessoas das corps do palácio era principalmente composta de pessoas que não estiveram em batalha antes. Logo, antes de ir para uma batalha de escala total, pequenos conflitos são requeridos.

As tropas de reforço lentamente se aproximaram deles e pararam logo antes do alcance efeito de artes divinas. Notando a aproximação deles, o exército da Borda de Vento na parede preparou seus arcos e as figuras dos mercenários começaram a aparecer. O exército da Borda de Vento havia implementado o campo anti-artes divinas de feras mágicas em sua estratégia, logo eles usavam principalmente ataques de longa distância com armas, como arcos.

Depois, os batedores do exército libertador veio da rodovia oeste de Rinwaal para notificar a localização do grupo de ataque. Eles relataram que 3 grupos do tamanho de batalhões haviam se junto com Driadria e estavam se movendo.

“A estratégia deles é vir e nos flanquear pelos lados ou por trás?” (Paulo)

“Não, parece que Yuusuke se aproximará pela rodovia oeste… talvez o alvo deles seja a Corps do Deus da Escuridão?” (Hivodir)

Hivodir imediatamente tentou alertar a atualmente se movendo Corps do Deus da Escuridão que estava na rodovia, apesar que ele sabia que eles não receberiam a transmissão de vento até tarde na manhã. Parece que a floresta entre as rodovias estava causando uma interferência nas transmissões.

“Mais provavelmente, é uma minoria das forças que seguiu mais cedo de manhã para empregar isso.” (Hivodir)

Hivodir imediatamente reuniu um esquadrão com assistência de movimento e transmissão de vento e os instruiu à moverem com urgência para a Corps do Deus da Escuridão para notificá-los, depois ele imediatamente confirmou a força restante do exército da Borda de Vento e começou a fazer estratégias para seu plano de ataque.

“As tropas sobrando na capital são cerca de 2 grupos de mercenários do tamanho de batalhões, cerca de 2 vezes a quantidade de nossas tropas.” (Hivodir)

Mas eles podem vencer. Ao menos é melhor do que encarar uma força 4 vezes mais forte. Depois que Hivodir deu seu discurso inspirador sobre sua experiência aos camaradas comandantes nervosos, ele começou seu ataque para a recaptura de Rinwaal junto com o exército libertador.

***

Fonke e seus batedores, que haviam avançado adiante em direção da cidade, imediatamente viraram para trás quando eles sentiram a aura anti-artes divinas. Depois de receber os relatórios sobre feras mágicas à espreita no meio da rodovia, Yuusuke distribuiu flautas mágicas para metade dos membros da Corps do Deus da Escuridão e o grupo de investigação.

“Erm, Yuusuke-sono… essas são flautas mágicas reais?” (Welsh)

“Ng? Ah, essas são réplicas, eu tive certeza que elas fazem a mesma coisa que as originais.” (Yuusuke)

“Réplicas…” (Welsh)

Para estar preparado assim para feras mágicas, Welsh estava surpreso pela larga quantia de complexas flautas mágicas que foram duplicadas em tão pouco tempo, elas até tinham o mesmo design.

Ele estava maravilhado pela força de um país enorme que tinha uma grande quantidade de artesões usuários de terra. Mas na verdade real, foi Yuusuke quem replicou os itens. logo Yuusuke não podia contar para ele sobre isso no que eles não estavam completamente cientes dos poderes dele.

***

A parede norte de Rinwaal ~~

“Oy, o que está acontecendo! Aqueles caras estiveram usando as artes divinas deles enquanto avançam!” (Beto)

“O movimento das feras mágicas estiveram estranhos desde agora pouco! Elas estão realmente fazendo o trabalho delas?” (Carreiro)

“Eles parecem ter um monte de flautas mágicas por lá! Arqueiros, atirem nas flautas mágicas deles.” (Beto)

“Para terem imitações tão habilidosas!” (Carreiro)

Com a maioria das feras mágicas seguindo para atrapalhar o avanço da Corps do Deus da Escuridão, haviam algumas feras mágicas sobrando no portão. Contudo, como esta é a primeira vez que Hivodir estava agindo como o oficial comandante para a força de reforços, cada um deles possuía uma flauta mágica. Sem uma pausa, eles continuaram assoprando a flauta que fazia as feras mágicas ficarem loucas, logo eles tiveram sucesso em neutralizá-las.

O exército da Borda de vento, que havia dependido das feras mágicas, tiveram suas táticas dando rebote contra eles. Devido ao forte poder de fogo das artes divinas das corps de deus de Fonclanc. os mercenários só podiam usar suas armas fortalecidas para se defenderem contra os ataques de artes divinas de longo alcance.

Por causa da aura anti-artes divinas, os mercenários não podiam usar combate próximo e foram forçados num tiroteio. Do nada, as forças principais do exército libertador de Trent Rietta invadiu no exército da Borda de Vento que estava no portão da parede.

“Ehhh, vocês, defendam o portão até o último suspiro! Não permitam qualquer um deles passar!” (Beto)

“Onde está o oficial financeiro?” (Carreiro)

“No local do Fortress-dono, ele estará retornando em breve!” (Beto)

Chocado pela neutralização das feras mágicas, o oficial financeiro Airzah seguiu em direção do oficial de assuntos gerais Fortress para checar se era possível chamar de volta algumas tropas que estavam seguindo para interceptar a Corps do Deus da Escuridão.

“Parece haver um desenvolvimento levemente ruim.” (Fortress)

“Sim, há! Como eles adquiriram as flautas mágicas…” (Airzah)

“Apesar do fato que as feras mágicas se tornaram inúteis machuca, mas o que é pior é a mensagem que veio agora mesmo sobre Valerie-ojou estar trabalhando com a Corps do Deus da Escuridão.” (Fortress)

“Huh!? Que, isso é absurdo!” (Airzah)

Há uma alta chance de que a mensagem já esteja sendo espalhada pela organização, o que pode causar ansiedade para suas forças.

Para poder parar a recaptura da capital, Fortress imediatamente seguiu para a rodovia oeste para chamar de volta metade dos três batalhões. A partir de agora, a aura das feras mágicas está agindo como uma forma de barreira que não foi quebrada.

“Nos vamos deixar o oficial militar encarregado de atrapalhar a Corps do Deus da Escuridão. Nós estamos atualmente chamando de volta parte das forças para a capital, então aguente!” (Fortress)

“Okay, tudo bem!” (Airzah)

***

Na rodovia oeste onde a Corps do Deus da Escuridão e o grupo de investigação estavam viajando, Fonke e seu grupo começaram a ir mais devagar com as carruagens no momento que eles sentiram a aura anti-arte divina.

O líder do grupo começou a reclamar quando sua arte de assistência de movimento, que havia se tornado distorcida; esta ação havia verificado que a fera mágica estava à espreita por perto. A Corps do Deus da Escuridão e o grupo de investigação começaram seus preparativos para o ataque no que aqueles que eram capazes de lutar desceram e cercaram a carruagem.

Contudo, não haviam quaisquer sinais de um ataque e eles começaram à especular, “os inimigos estão aqui para nos atrapalhar?”

“Um atraso tático para que a Borda de Vento compre tempo para se preparar para a batalha.” (Vermeer)

“Então isso significa que nós temos que escapar forçosamente com uma saída rápida.” (Yuusuke)

Se eles fossem viajar no ritmo em que a carruagem está viajando além de serem perseguidos por feras mágicas, levaria metade de um dia para eles chegarem em Rinwaal. Para poder evitar isto, eles teriam que matar as feras mágicas à espreita por aí.

“Todo mundo assopre a flauta mágica para perturbar a aura, Isotta localize a localização dos inimigos para as forças punitivas. Entenderam?” (Yuusuke)

“Okay. Acho bom pegar pessoas das forças de Ash e Shaheed para subjugarem com Fonke e Aisha.” ( Vermeer) (NT: Em inglês está algo, chequei o japonês com o Google e estava outra coisa meio diferente; tentei juntar os dois e alterei o que deu para fazer sentido… enfim, tá aí – não, eu não sei quem é Ash.)

Então foi decidido que as tropas empregadas pela área cercada da carruagem estariam sob a supervisão direta de Yuusuke, enquanto as forças de Isotta estariam encarregadas de proteger a carruagem de Valerie. Depois da reorganização rápida de tropas, eles começaram a encarar para a floresta cercando a rodovia e assopraram as flautas de forma uníssona.

Isto fez as feras mágicas caírem num breve estado de confusão devido às ondas diferentes sendo emitidas pelas flautas mágicas.

“… do lado esquerdo, há 2 na frente, 3 ao lado, um deles está escondido fundo… enquanto 2 deles tem aura de artes de vento, na direita há um se movendo em velocidade de caminhada.” (Isotta)

Dentro do momento de confusão, Isotta conseguiu determinar a posição precisa dos inimigos. As 2 auras de vento que foram descobertas mais provavelmente pertenciam aos controladores das feras mágicas.

De acordo com Welsh, cada grupo de feras mágicas se consistia em 1 controlador e 2 feras mágicas, então a terceira pessoa deve estar à espreita por perto.

“Na esquerda da floresta!” (Isotta)

“Entendido! Ash, flanqueie eles!” (Yuusuke) (NT: E é por isso que eu mantive ‘Ash’…)

“Shaheed, ataque pela frente!” (Vermeer)

“Entendido.” (Shaheed)

Imediatamente após soprarem as flautas mágicas, as tropas de Vermeer e Shaheed se socaram na floresta. Yuusuke estava de pé em fila com Sun, alertas encarando o lado direito da floresta. No que Valerie e seu grupo se ofereceram à ajudar com um fogo instável girando envolvido ao redor de seus braços.

Confusas pelas ondas estressantes de instruções incompreensíveis vindo de múltiplas flautas mágicas, as feras mágicas estavam esfregando as costas de suas orelhas no chão.

Essas feras mágicas problemáticas se tornaram como uma fera selvagem normal no momento que a habilidade delas foi selada.

“Lá!” (Yuusuke)

“Vaiiii!” (Sun)

O cinto flamejante seguindo a flecha que Sun havia disparado, desapareceram entre as árvores. Um choro de uma fera mágica veio da parte mais interna da floresta, a aura anti-artes divinas que estava cobrindo a área ao redor desapareceu completamente. “Isso fará a floresta pegar fogo?” Yuusuke perguntou com um rosto preocupado, “É possível, eu só preciso ajustar o poder de fogo”, respondeu Valerie brincando.

As feras mágicas nos arredores foram subjugadas enquanto os controladores fugiam para as profundezas da floresta. Mais provavelmente recuando para Rinwaal.

“Tudo foi como o planejado.” (Vermeer)

“Verdade, vamos nos preparar para sair~~” (Yuusuke)

“Capitão! Um chamado de emergência do grupo de reforço…” (Isotta)

Com a aura anti-artes divinas embora, a interferência de transmissões foi removida, logo o grupo de sinal de Hivodir foi capaz de transmitir informação à Corps do Deus da Escuridão que estava por perto da rota costeira. Eles haviam informado eles que cerca de 3 batalhões estavam seguindo.

“3 batalhões…” (Valerie)

“Isso significa, perto de 900 deles estão se aproximando, como esperado, não está ficando perigoso?” (Yuusuke)

“Eu ouvi que o exército da Borda de Vento é cerca de 5 batalhões. Logo o número de forças sobrando em Rinwaal deve ser 2 batalhões, cerca de 2 vezes o número de tropas de reforço mais o exército libertador.” (Vermeer)

“Nós podemos esmagá-los usando os próprios esquemas deles.” (Yuusuke)

Com isso, Vermeer havia confirmado que a composição do pequeno grupo de feras mágicas que eles haviam repelido mais cedo estava aqui para atrapalhá-los.

Contudo, a situação estava se tornando bem severa. Seria inconsequente lutar. Contudo, se a Corps do Deus da Escuridão fosse recuar, as tropas seguindo para cá iriam retornar para Rinwaal e atacar as tropas de reforço e o exército libertador.

Há o risco que as forças de Hivodir serem pinçadas e terem que inevitavelmente recuar. (NT: Essa coisa de pinça é daquela estratégia de atacar por dois lados opostos, extremamente comum de se ver mas que eu não sei se tem outro nome me português)

Levaria 3 dias até para os reforços apressados de Sanc Adiet chegarem. A única opção sobrando para a Corps do Deus da Escuridão para poderem não recuar em derrota era distrair ao menos metade das tropas inimigas por 3 dias.

Ele começou a pensar sobre os jeitos para comprar 3 dias de tempo, com a condição de segurar metade das tropas inimigas, a opção de criar uma fortaleza está fora já que há 10 vezes o número de inimigos, o que iria resultar num ataque ofensivo permanente dia e noite. Logo isso não é possível.

Uma recuada antecipada não é mais uma opção. A recuada da Corps do Deus da Escuridão resultaria na derrota da tropa de reforço e exército libertador, significando que a Borda de Vento havia derrotado Fonclanc e Trent Rietta.

“O que nós devemos fazer?” (Yuusuke)

Devido à severidade da situação, Vermeer e o resto não ousaram falar nada. Como aquele com a maior responsabilidade no grupo, Yuusuke será aquele decidindo. Enquanto Yuusuke estava pensando, o resto dos membros estavam silenciosamente observando.

Sendo urgido à tomar uma decisão, Sun gentilmente pegou a mão de Yuusuke.

Yuusuke estava fundo em seus pensamentos. Ele nunca jogou um jogo de estratégia e simulação tática. O número de inimigos é grande, não há quaisquer materiais para usar suas amadas habilidades para capturá-los, diferente do que aconteceu em Paula.

Havia uma grande quantidade de material para a Fortaleza Paula~

Enquanto pendurava sua cabeça baixa, Yuusuke viu algo se movendo no solo onde seus pés estavam. Os pedaços de solo que foram cavados por suas botas estavam se movendo. Minhocas de fio podiam ser vistas se contorcendo e circulando pelas aberturas.

“!” (Yuusuke)

Naquele momento, Yuusuke veio à uma realização. Ele abriu o menu de customização e começou a mexer com ele.

Os soldados ficaram intrigados pelo rito único súbito do Capitão da Corps do Deus da Escuridão. Para adicionar à confusão deles, Yuusuke estava sorrindo como se ele tivesse obtido algo poderoso. Em um instante, o barulho ao redor da área havia desaparecido;

Yuusuke, no calor do momento pegou e abraçou Sun, no que ela começou a corar em embaraçamento, depois disso ele se virou e começou a anunciar sua decisão aos membros.

“Isto é bom.” (Yuusuke)

Customização de chão só funcionava dentro de uma distância fixa do lugar em que Yuusuke estava tocando. Até agora isso era absoluto. A distância do alcance que os materiais podiam ser movidos pelo chão é o mesmo alcance do chão que também pode ser usado como material. Nesse momento, ele usou com sucesso um material customizado em forma de vara para conectar o chão como uma extensão de um item agrupado.

Até agora, ponto A é localizado muito longe do ponto B onde os diferentes tipos de materiais para customização estavam, tratando material A e material B individualmente, logo um certo alcance era requerido quando criando estruturas como uma casa de alojamento ou uma pequena fortaleza.

Os materiais de fundação A-C, os materiais da parede externa D-F, e os materiais da parede interna G-I, isto era a combinação. (NT: Ele conseguiu juntar coisas totalmente diferentes para customizar de uma vez… é o que entendi)

A ideia que veio à ele desta vez era que os materiais de A à C estavam previamente resumidos como um grupo. Apesar de levar um tempo para a primeira vez, depois de agrupar os itens uma vez, se torna muito mais fácil da próxima vez.

Levará tempo para criar uma casa de alojamento ou pequena fortaleza do chão com materiais adicionais, mas durante o desmantelamento dela é quase instantâneo no que o prédio inteiro é tratado como um item.

Até agora os materiais deviam ser preparados como um item grupal, contudo agora com este ponto cego não havia necessidade de fazer isso. (NT: Ele fez grupos de itens pelo que está tocando… ou algo assim – sinceramente, é meio zoado as explicações, o jeito é esperar ver o que sai)

Yuusuke declarou sua decisão de enfrentar o inimigo ao invés de recuar, os não-combatentes e suas carruagens de escolta moveram em direção aos fundos em preparação para combate. Vermeer, Shaheed e Welsh estavam sendo chamados para se reunirem para opiniões nos detalhes minutos.

Os soldados restantes acreditavam no capitão Yuusuke da Corps do Deus da Escuridão deles e começaram a trabalhar em suas próprias tarefas.

“Entendo… esta é uma estratégia realmente ousada.” (Shaheed)

“Contudo, eu acredito que o poder do capitão poderia fazer isso.” (Vermeer)

“Apesar de eu ser um estranho, eu não entendo qual é a extensão do poder de Yuusuke, mas eu farei meu melhor para juntar qualquer informação necessária para a estratégia.” (Welsh)

“Okay, primeiro nós precisaremos~~” (Yuusuke)

A largura da rodovia é um tamanho onde uma carruagem comum podia viajar, ou um total de 5 soldados armados com equipamento de couro poderiam andar lado a lado. Apesar que empregar um grupo de pessoas não seria um problema se eles estenderem isso pelo lado da floresta, contudo transportar 900 pessoas não será fácil.

É difícil de dizer se o terreno ao redor da floresta é chato, mesmo que eles tenham limpado parte da área ao redor da rodovia para as carruagens correr, o número de pessoas que ela poderia carregar ainda seria restrito. Devido às circunstâncias, eles teriam que atrair o inimigo à pé para certas localizações.

No que os inimigos começaram a se reunir por perto, eles começaram a prever o lugar de encontro. Não havia muito tempo sobrando.

Os preparativos para a estratégia estavam progredindo bem, boas notícias da situação ficando melhor haviam chego. Informação do espião do exército libertador, diz que cerca de metade dos 3 batalhões haviam alterado a rota de volta para Rinwaal.

De acordo com a informação que Isotta havia pego, atualmente as tropas de reforço e o exército libertador estavam engajados numa batalha no Portão Norte de Rinwaal contra o exército da Borda de Vento. Parece que a interrupção das feras mágicas havia funcionado.

“Isso deve ser o resultado da dependência em excesso nas feras mágicas.” (Welsh)

Welsh murmurou docilmente.

***

“Okay, nós achamos por cima o local de encontro. Vamos partir, Fonke.” (Yuusuke)

“Entendido, eu estive esperando!” (Fonke)

Fonke começou a dirigir sua motocicleta, enquanto Yuusuke começou a ativar seus preparativos na rodovia. Ao mesmo tempo, Vermeer e o resto estavam fazendo exercícios de corrida seca. Apesar deles estarem esperançosos em vitória, seria brutal se eles falhassem.

“Agora, eu espero ansioso por isso.” (Yuusuke)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s