Capítulo 259: Raízes de Hiiro

Época de provas tem seus milagres (que eu deveria usar para estudar, mas acho que a matéria está de boa já), portanto aqui está um capítulo… os patrocinados eu deixo para matar no final de semana o/

Só para constar,  é um capítulo meio emocionante, mas minhas notas acabam estragando um pouco o clima… mas vamos lá – Este capítulo foi traduzido da Anri-sama.


Capítulo 259: Raízes de Hiiro

Vendo as incontáveis estrelas brilhando no céu noturno, uma brisa agradável soprou os arredores. O agito sobre a migração do falecimento simbólico de 【Reino das Feras – Pasion】 durante o dia, havia se acalmado.

Mas algumas vezes, alguém podia ouvir uma mãe ensinando seu filho, ou os pequenos sons chiados de insetos. (NT: Ensinar ou repreendendo… palavra é a mesma…)

Enquanto ouvia à tais sons, Okamura Hiiro sentou de pernas cruzadas no topo da casa real, 《Ouki》, no que ele olhou para o céu estrelado acima dele.

“Pensar que você estava num lugar desses…” (Arnold)

Mesmo quando ele reconheceu o dono daquela voz incômoda, ele não olhou para a direção daquela pessoa.

“O que você quer, oyaji?” (Hiiro)

Ele disse aquelas palavras sem se virar para Arnold, que chamou por ele. O último não respondeu, no que ele pensou que ele seria notado de qualquer jeito e continuou indo em direção dele.

“Não é nada sério, mesmo.” (Arnold)

“Então me diga rapidamente o que você quer.” (Hiiro)

“Ugu… você não mudou esse jeito de falar, como de costume.” (Arnold)

Devido aos comentários diretos de Hiiro, Arnold tinha uma câimbra em suas bochechas, mas logo retornou com sua expressão usual e suspirou.

“Muir e Mimir estavam procurando por você, sabia?” (Arnold)

“Entendo.” (Hiiro)

“Bem, aquelas lá estão felizes com sua visita aqui… mesmo quando eu não quero aceitar isso.” (Arnold)

Era óbvio pelo tom dele que ele estava com inveja, mas Hiiro não ligou para isso. Porque ele sabia desde a primeira vez que ele encontrou ele, que ele era uma figura estilo um pai babão idiota.

“… diga, Hiiro.” (Arnold)

“…?” (Hiiro)

“Por que você está tentando ficar mais forte?” (Arnold)

Hiiro imaginou de onde isso veio, quando ele olhou nos olhos dele, ele podia ver que Arnold estava sério, não parecia uma questão feita num modo brincalhão.

“Durante o dia, eu ouvi que você estava tendo um treino especial com minha Shishou. Mas por quê? Você ainda quer ficar mais forte mesmo quando você poderia fazer aquelas coisas?” (Arnold) (NT: Mestra… eu não lembro, mas quase certeza que ele chamava a Rarashik de shishou…)

Ele pode estar se referindo ao incidente onde ele apagou os bonecos d’água.

“Essa é uma pergunta estúpida. É óbvio que só há uma razão para isso.” (Hiiro)

“Ha?” (Arnold)

“Porque eu não quero morrer ainda.” (Hiiro)

“… você não pode usar sua magia para prevenir sua morte ou algo assim?” (Arnold)

“É possível… talvez. Não tentei isso.” (Hiiro)

Ele provavelmente quis dizer… usar o caractere de 『Imortalidade| 不死』. Contudo, Hiiro havia decidido não usar quaisquer caracteres relacionados à vida.

Ele também está assustado sobre o 《Rebote》 disso, e mesmo que ele use um caractere assim, a emoção que ele está sentindo neste momento provavelmente sumiria.

“Então por que não tentar isso?” (Arnold)

“É porque eu estou vivo.” (Hiiro)

“Hah?” (Arnold)

“É porque eu ainda estou vivo que eu estou desesperadamente tentando me levantar para poder não morrer. Mas se eu me tornar imortal, tudo que eu fiz até agora não importará mais.” (Hiiro)

“Hiiro… você…” (Arnold)

“Eu não quero brincar com a vida tão duramente. Especialmente minha própria vida.” (Hiiro)

“Por que você é tão particular nessa parte? As lutas futuras serão difíceis se você não for imortal? Você parece meio obcecado naquele Maou Predecessor.” (Arnold)

É como ele diz, há uma possibilidade onde ele encararia oponentes não familiares, então as chances dele ganhar não serão mais altas se ele não for imortal.

“Você pode ter um ponto, oyaji. Se eu realmente virar imortal, eu me tornaria uma existência invencível.” (Hiiro)

“Então por que você não…” (Arnold)

“Mas, tem algo errado com isso.” (Hiiro)

“Eh?” (Arnold)

“Algo como jogar sujo, ou perto disso, como se eu estivesse traindo tudo que eu tentei desesperadamente conquistar até agora.” (Hiiro)

“… é mesmo?” (Arnold)

“Em minha opinião ao menos. E além do mais… se eu fizesse algo assim, meus pais falecidos que me protegeram definitivamente me dariam bronca sobre isso.” (Hiiro)

“Heh, isto é surpreendente. É a primeira vez que você abriu uma conversa assim. Eu realmente estava preparado para seu discurso de ‘não te interessa’, sabia?” (Arnold)

Se é o Hiiro usual, ele não falaria tais coisas mais do que o necessário. Mas hoje, Arnold estava bem surpreso quando ele falou sobre seus pais.

“Eu apenas tive vontade hoje.” (Hiiro)

Hiiro fechou seus olhos enquanto olhava para cima para o céu estrelado. E recordou uma memória de infância, quando ele e seus pais foram para uma viagem.

Quando eles entraram numa curva cega de uma trilha de montanha, seus pais morreram devido à um acidente causado por um motorista dormindo de um carro vindo… isso foi quando Hiiro ainda tinha 6 anos……


Quando Hiiro, que havia caído no fundo de uma ravina, acordou, ele notou uma sensação quente envolvendo seu próprio corpo.

Aparentemente, parecia que sua querida mãe havia coberto Hiiro com seu próprio corpo para proteger ele do impacto da queda. Devido à esse favor, ele estava miraculosamente ileso.

Contudo, seu pai, que deveria estar no assento do motorista, não estava mais lá. Ainda assim, Hiiro desesperadamente chamou pelos nomes de sua mãe e pai.

Naquela hora, o corpo de sua mãe se moveu. Contudo, ele tremeu quando ele viu o corpo de sua mãe. É possível que eles tenham acertado um galho de árvore quando eles caíram. Porque um galho havia quebrado pela porta e atravessado o flanco dela pelo lado. Hiiro poderia ter sido envolvido também se ele tivesse mudado um pouquinho de sua posição. (NT: Flanco pelo lado… é redundante, mas deixemos a cena triste prosseguir)

Mas apesar desta situação, a mãe dele ainda estava consciente. Quando Hiiro chamou por sua mãe em lágrimas, sua mãe abriu suas pesadas pálpebras no que ela ouviu a voz dele,

『Me desculpe… se eu não pudesse proteger para sempre』

Sua mãe estava ciente que ela não tinha qualquer tempo sobrando. Quando ela viu Hiiro seguramente ileso, ela expressou um sorriso e disse tais palavras.

Não era as usuais que sua mãe daria, mas ela chorou em lágrimas e abraçou Hiiro. Mas ele notou que sua mãe estava ficando mais pálida a cada segundo, parecia que seu coração estava sendo esmagado.

Ainda assim, sua mãe reassegurou Hiiro no que ela gentilmente acariciou a cabeça dele com um sorriso gentil em seu rosto.

『Escute, Hiiro… daqui em diante… você pode experienciar coisas dolorosas… coisas tristes… e muito mais parecidas com essas… mas sempre se lembre… nunca desista… se esforce desesperadamente para viver… viva, Hiiro』

A mãe dele ainda estava sorrindo mesmo quando ela estava chorando em lágrimas. (NT: Não deve ser “gritando em lágrimas”… eu acho)

『As coisas que você quer fazer… faça… não aguente… faça tudo que você quiser fazer… mas Hiiro… eu não permitirei quaisquer planos de ir para o céu… tudo bem?』

Hiiro já estava encharcado em lágrimas. Apesar dele ser jovem, o brilhante Hiiro de algum modo havia notado que as palavras de sua mãe pareciam com uma despedida.

Para um Hiiro assim… ton… sua mãe gentilmente cutucou sua testa com seu indicador. E enquanto sorria agradavelmente,

『Hey agora, se você é um homem… você não deve chorar tão facilmente… deixe sua tristeza… neste lugar… e vá lá fora e viva… eu tenho certeza… felicidade está lhe esperando no fim disso…』

De novo, sua mãe acertou a testa dele,

『Apesar de nós podermos estar separados por um tempo… mas sempre se lembre que… eu e seu pai esperaremos por você… do outro lado… é por isso… Hiiro… viva uma vida honesta』 (NT: Eu ia colocar “vida certa”, mas pelo jeito o certo é direta ficou sendo honesta, para ficar mais bonito etc., agradeçam o protagonista de Witch Hunter pela palavra… eu sei que é uma parte tocante, mas precisa de notas, ué…)

E então, sua mãe quietamente fechou seus olhos. Não importa o quanto ele chorasse e rezasse para Deus, as pálpebras dela nunca se abriram de novo.

Depois disso, ele não entendeu quanto tempo havia se passado. Ele olhou para o céu pela janela quebrada. Apesar de parecer um pouco odioso, um céu estrelado estava espalhado brilhantemente pelo céu noturno.

De lá em diante, toda vez que Hiiro vê o céu cheio de estrelas, ele se lembra de seus pais. E das palavras de sua mãe.

Naquele dia também, Hiiro aprendeu a sensação do que é perder uma vida no alcance das mãos, e mesmo depois que ele foi resgatado daquele dia, ele havia mantido algo daquele incidente todo este tempo.

E isso era…

『Viver uma vida honesta』

Porque sua mãe havia lhe dito isso, se ele empurrasse direto de um caminho que ele estava tomando, certamente ele poderia encarar qualquer coisa desse caminho. E seus pais mortos não ficariam bravos com ele também.

“Minha mãe… ela é assustadora quando você a deixa brava.” (Hiiro)

“Hm? Você disse algo, Hiiro?” (Arnold)

Hiiro balançou sua cabeça e expressou um sorriso. Parece que Arnold não ouviu o que Hiiro murmurou.

“Diga, oyaji.” (Hiiro)

“Ah?” (Arnold)

“Eu viverei uma vida honesta.” (Hiiro)

“……?” (Arnold)

“Eu não permitirei ninguém me atrapalhando. Eu andarei na estrada em que eu acreditar. Se houverem obstáculos, eu me fortalecerei e passarei por eles. Mesmo que eu não me torne imortal, eu acharei um jeito de ficar ainda mais forte.” (Hiiro)

“Ukiki! Como esperado do contratante que eu reconheci!” (Tenn)

Tenn subitamente se mostrou de quem sabe onde e foi no ombro de Hiiro.

“Macaco Amarelo, quanto tempo você esteve aqui?” (Hiiro)

“N~” (Tenn)

Quando ele olhou para a direção que o dedo de Tenn estava apontando, ele viu três figuras que obviamente não estavam escondidas.

“Ao Ribbon, Nitouryuu, Chibi… o que vocês estão fazendo aqui?” (Hiiro)

Na menção das palavras dele, todos eles deram um pulo em surpresa e saíram com suas aparências apologéticas.

“Errr, uhm… já que as estrelas estão tão bonitas hoje, eu pensei que nós podíamos passar tempo com você olhando elas.” (Muir)

“E-eu concordo! Eu alegremente aproveitarei olhar as estrelas com Hiiro-sama se ele desejar…” (Mimir)

“Eu estou… sempre junto com Hiiro.” (Camus)

Diante das desculpas desesperadas deles, Hiiro suspirou. Mas ele não estava num mau humor por causa disso. Porque ao olhar para as estrelas deste jeito, ele podia reconfirmar seus sentimentos, então ele na verdade sentia muito por eles. (NT: De desculpas, de “eu sinto muito”)

“Bem, aquilo é aquilo, Hiiro, apenas desista. Já que nós estamos todos aqui, por que você não nos conta algum episódio secreto seu? Você sabe, sobre aquele tipo de coisas? Como achar uma paixonite ou duas em Evi- eh?” (Arnold) (NT: Eu. Me. Recuso. A. Usar. Crush.)

Era razoável que a fala de Arnold foi interrompida no meio. Porque ele gemeu pelas duas mãos presas em ambos seus ombros com uma força de agarre inusual.

“Oji-san, por que nós não vamos andar um pouco?” (Muir)

“E falar sobre isso, sim?” (Mimir)

Muir e MImir estavam rindo ‘ufufufu’, no que uma Hannya apareceu nas costas delas. (NT: Huh, não é só por ser ameaçadora, Hannya representa um demônio feminino invejoso/ciumento)

“Mah- esperem! Is-isso foi só uma piada!” (Arnold)

“Seu caráter é muito ruim, Oji-san!” (Muir)

“Eu concordo! Eu não permitirei tais atos!” (Mimir)

“Me desculpeeeeeeeeeeeee!” (Arnold)

E então as duas garotinhas começaram a perseguir o velho homem fugindo. Era difícil de entender como isso chegou numa situação assim.

(Aquele oyaji realmente nunca aprende…)

Hiiro mais uma vez olhou para o céu estrelado com seu par de olhos escuros. Era realmente similar às estrelas de lá trás. Naquele tempo, ele recordou o que ele jurou para si mesmo e pensou sobre isso quietamente.

(Mãe, Pai, eu viverei ao máximo de agora em diante)

Anúncios

13 respostas em “Capítulo 259: Raízes de Hiiro

    • Hm… estou jogando aqui a palavra para um lado e para o outro, até serve… mas eu tinha usado “direto” porque é uma tradução mais literal, e é o que o Arnold fala antes…

      Apesar que, considerando contexto etc., é melhor trocar… e sério, o mangá dá uns spoilers na WN, foda isso…

      Curtir

    • Agora espera sair mais, ué – ainda não saiu capítulo em inglês, mas só posso traduzir no final de semana – se não sair logo, vai ficar para a semana que vem, com feriado e tal…

      Curtir

    • Esquece aquele comentário, acabei de ver que meu Feed deu uma atrasada e tem 3 capítulos de uma vez que saíram hoje/ontem de noite, final de semana eu vejo o que faço…

      Curtir

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s