Capítulo 234: Surpreendente Ponto de Contato

O que acontece para sair tanto KnW…? Essa motivação da Anri é para me matar, só pode! Bem, eu verei o que posso fazer (meus planos de WCC…), mas quero adiantar que por alguns motivos especiais minha produtividade está reduzida… mas vamos lá – Este capítulo foi traduzido da Anri-sama.


Capítulo 234: Surpreendente Ponto de Contato

PdV do Cruzer

Cruzer Geo, que estava atualmente vivendo na 【Caverna Shanjumon】, sentiu sinais de alguém se aproximando. E não era apenas uma única pessoa, mas um grupo de pessoas seguindo para suas redondezas.

Aparentemente, ele não sentiu qualquer malícia deles, então ele obedientemente sentou dentro do espaço que ele chama de seu quarto.

Ele podia ouvir o som dos passos se aproximando, e então pararem perto de sua localização. Cruzer lentamente abriu seus olhos na direção daquele som e cumprimentou eles com um sorriso.

“Yaa, saudações meus convidados de ontem.” (Cruzer)

O grupo de Hiiro estava de pé atrás de Silva, que guiou eles até este lugar. Cruzer, que notou os vários rostos novos, focou cuidadosamente sua linha de visão neles.

Contudo, antes que qualquer um pudesse quebrar o gelo, Hiiro tomou a iniciativa e,

“Você é Cruzer Geo?” (Hiiro)

Seus olhos eram aqueles que estavam confirmando algo. O que ele poderia estar confirmando? Cruzer pensou assim, mesmo quando era ele aqui quem tinha um monte de perguntas.

“Sim. Eu certamente sou a pessoa chamada de Cruzer Geo.” (Cruzer)

Enquanto ele respondia isso, Cruzer imediatamente notou a espada na bainha e amarrada na cintura dele.

“Você é talvez… Hiiro-san então?” (Cruzer)

“É, eu vim aqui porque eu ouvi que você queria me encontrar.” (Hiiro)

“Hou~” (Cruzer)

“Apesar de eu dizer isso, eu também queria lhe encontrar de uma vez porque tem algo que eu tenho que lhe contar.” (Hiiro)

“… Eu imagino o que isso seria? Apesar de eu tenho quase certeza que esta é a nossa primeira vez se encontrando?” (Cruzer)

Ao menos, esta era a primeira vez de Cruzer encontrando Hiiro. E ainda, ele tinha algo para discutir com ele. Qual o significado disto?

“Por favor fique aliviado. É definitivamente um fato que esse é o nosso primeiro encontro aqui. Contudo, eu sei um pouquinho sobre você.” (Hiiro)

“Ele não está mentindo.” (Liliyn)

“Liliyn-san…” (Cruzer)

Porque Liliyn repentinamente se intrometeu na conversa deles, Cruzer virou seu olhar para ela para confirmar o que exatamente aconteceu.

“Depois de retornar para casa, nós falamos com Hiiro sobre nosso compromisso. No começo, ele estava firme em recusar a vir aqui. Contudo, por alguma razão, quando eu mencionei seu nome, ele imediatamente mudou de ideia.” (Liliyn)

Quando o nome Cruzer Geo foi revelado para Hiiro, ele parecia ter se agitado por isso, e então começou a fazer perguntas para confirmar se o que ele sabe era exatamente o mesmo.

Cabelo amarelo dourado, e um mestre ferreiro. E finalmente ele ouviu que essa pessoa tinha um talento de mudar o mundo como um beastman. Hiiro murmurou “te achei.” e contou sobre sua aprovação repentina para Liliyn ao dizer “me leve amanhã à essa pessoa”.

Claro, Liliyn naturalmente perguntou o motivo, mas Hiiro responder que ele estaria falando disso amanhã.

“Eu entendo. Então posso lhe fazer uma pergunta? Por que você sabe de mim?” (Cruzer)

Cruzer encarou diretamente em Hiiro com olhos sérios. E então, Hiiro lentamente respondeu à ele,

“Você… seria você talvez o pai de Winkaa Geo?” (Hiiro)

Como se ele não pudesse acreditar o que ele acabou de ouvir, Cruzer abriu a boca por um momento no que seu corpo enrijeceu pelo choque daquelas palavras.


PdV do Hiiro

Apenas um olhar para a reação dele prova que ele estava certo. Esta pessoa é definitivamente o pai verdadeiro daquela pessoa. Eles ambos possuem os mesmos cabelos amarelos dourados. E acima de tudo, a expressão calma dele era muito parecida com a daquela pessoa.

E essa pessoa era uma garota chamada Winkaa Geo que Hiiro encontrou quando ele estava viajando no território Humas com Arnold e Muir.

“Ui… nkaa? C-como você sabe esse nome!?” (Cruzer) (NT: O nome pode ser lido tanto como Winkaa como Uinkaa)

Era óbvio que ele estava tremendo pela revelação dele. Apesar dele só ter dado um chute sobre isso, mas olhando para a reação dele, Hiiro tinha ganhado mais evidência do que ele esperava.

E similar à Cruzer, tendo ouvido um nome misterioso sair da boca dele, fez seu grupo franzir suas sobrancelhas em perplexidade.

“Hiiro, quem é esta Winkaa? O que você quer dizer com essas palavras?” (Liliyn)

No que Liliyn pensou que seria mais rápido perguntar para Hiiro sobre isso do que para Cruzer, ela recebeu no lugar uma informação bem mais chocante.

“Winkaa Geo.. é a filha deste cara.” (Hiiro)

“A filha dele!? Es-espera um minuto. Você está dizendo que você encontrou a filha do Cruzer?” (Liliyn)

“É.” (Hiiro)

Seu encontro com Winkaa Geo foi na época onde todos os três, Hiiro, Arnold & Muir descansavam numa fonte termal cercada por montanhas, e dentro daquele lugar, ele encontrou ela.

Uma garota que empunhava uma grande lança caiu de uma das montanhas rochosas perto da localização deles. Aparentemente, a causa era fome, então de algum jeito eles foram capazes de entregar um pouco da comida deles para ela.

A garota daquela vez era Winkaa Geo. Por um tempo, Winkaa se juntou à eles em suas viagens, mas seu propósito não era ir numa jornada pelo mundo como Hiiro.

O propósito dela era achar seu pai indo numa jornada pelo mundo e viver junto com ele.

“P-por que aquela… garota… o que aconteceu com Rinde?” (Cruzer)

Cruzer estava muito pálido quando ele ouviu a história de Hiiro.

“Rinde? Se eu me lembro corretamente, esse é o nome da mãe dela?” (Hiiro)

“Isso não está exatamente correto… mas, Winkaa pode ter pensado em Rinde como sua mãe. Isso é porque eu pedi para que ela agisse como uma…” (Cruzer)

Ele cuspiu aquelas palavras com uma expressão amarga, mas de algum modo Hiiro entendeu o que Cruzer queria dizer. Ele ouviu de Liliyn que uma arma feita por Cruzer caiu nas mãos de um ladrão, e por causa daquela arma ele perdeu sua família.

Naquela hora, parece que seus pais e esposa foram sacrificados. A filha dele… Winkaa parecia estar bem, mas Cruzer percebeu que Winkaa poderia cair com o mesmo destino que sua família se as coisas continuassem como estava, então ele deixou a jovem Winkaa e a confiou para a irmã de sua esposa.

“Rinde era, da minha esposa… irmãzinha dela. Eu pedi para ela se tornar a mãe dela pelo bem de Winkaa.” (Cruzer)

Então essa história era verdade no fim das contas.

“Eu pedi para Rinde não informar Winkaa que a mãe real ela estava morta. Então eu tenho certeza que Winkaa pensa em Rinde como sua verdadeira mãe.” (Cruzer)

“Então isso explica isso. Contudo, essa Rinde parece ter morrido, apesar disso.” (Hiiro)

“Mah!? Ela… morreu? Não me diga que foi aquele ladrão de novo!?” (Cruzer)

Seu rosto deprimido se ergueu pelo momento e se inclinou para frente no que ele disse aquelas palavras. Instintivamente, ele deu um passo para trás de sua posição, provavelmente percebendo sua agitação.

“Não. Winkaa disse que ela morreu de uma doença.” (Hiio)

“É-é mesmo… bem, Rinde sempre teve um corpo fraco desde o começo, então isso é bem possível…” (Cruzer)

Ele fez uma expressão dolorida cheia de arrependimento no que ele pendurou sua cabeça em vergonha.

“Quando a mãe dela morreu, aquela pessoa tinha 7 anos, eu acho.” (Hiiro)

“O que!?” (Cruzer)

“E desde então, aquela garota tem vivido uma vida de solidão.” (Hiiro)

“Winkaa estava… sozinha?” (Cruzer)

Apesar de Winkaa ter lhe contado que ela estava procurando pelo seu pai enquanto viajava, quem poderia esperar que esta pessoa era quem ela esteve procurando?

“Isso mesmo. Ela viajou pelo continente humano para se tornar uma aventureira e achar seu pai.” (Hiiro)

“O-o que eu fiz…” (Cruzer)

Hiiro soltou um suspiro de espanto no que ele viu o corpo trêmulo do pai de Winkaa.

“Como você é o pai dela, eu tenho certeza que você sabe que tratamento ela experienciou no continente humano. Que tipo de vida aquela pessoa que viveu lá… você entende o que eu estou tentando dizer?” (Hiiro)

Claro, as razões de Cruzer para se separar de Winkaa eram entendíveis. Seu julgamento era o correto naquela hora. Se ele ficasse com ela, azar definitivamente cairia nela e talvez a machucaria no processo.

Logo, a melhor opção era soltar sua amada criança de seu alcance. Era uma decisão muito dolorosa para se fazer. Contudo, ele podia relatar com a intenção de Winkaa mais que tudo.

Então ele entendeu que tipo de vida Winkaa esteve vivendo desde então, uma vida amarga cheia de dificuldades.

“Eu não tenho quaisquer intenções de lhe condenar. Contudo, você considerou a possibilidade dela partir numa viagem apena pelo bem de lhe achar?” (Hiiro)

“……… eu não considerei.” (Cruzer)

“Que idiota.” (Hiiro)

“Aquela garota, ela é muito similar à minha esposa…… ela lembra Pia. Uma mulher graciosa que tinha a natureza de ir para fora e viajar bastante.” (Cruzer)

“Mesmo quando ela é uma humana?” (Hiiro)

Todos exceto Hiiro e Cruzer se torceram numa expressão de espanto. Naturalmente, Nikki e Mikazuki tinham uma expressão que elas não entenderam  que está acontecendo.

“Uma humana…? Oy Cruzer, eu entendo bem que você tem uma filha agora, mas uma humana como sua parceira? Sério?” (Liliyn)

Liliyn perguntou como a representante do grupo espantado.

“Sim, Pia é uma 『Humas』 completa.” (Cruzer)

“Se esse é o caso…” (Liliyn)

“É como você pensa. Winkaa é…… uma half.” (Cruzer) (NT: Metade, ela é híbrida, meio a meio – mas half é muito mais bonito que híbrida.)

Shamoe se agitou no que sua expressão enrijeceu.

“Shamoe-chan…?” (Mikazuki)

Mikazuki notou o comportamento inusual dela então ela perguntou. Mas era entendível, no que Shamoe também era uma half.

Em outras palavras, todos estavam chocados pelo fato que Winkaa, uma half, uma heresia para ambos humanos e beastmen, viajou pelo mundo na idade de 7 anos.

O tratamento de híbridos dificilmente tinha mudado desde o passado e o presente. Em vários casos, eles seriam tratados com desgosto e desdém.

E adicionado o fato que Winkaa estava viajando no continente humano sozinha. Era uma história inacreditável para eles.

Silva quietamente coloco suas mãos nas de Shamoe e sorriu gentilmente para ela descansar tranquila disso. Isso ajudou ela um puco, apesar dela ainda ter sentido um leve arrepio, ela retornou um sorriso de algum modo esquisito para o olhar preocupado de Mikazuki.

“… agora que vocês mencionaram, aquela jovem dama ali também é uma half. Me desculpe.” (Cruzer)

Cruzer parecia ter entendido o estado dela e jogou seus olhos para baixo.

“Aquela pessoa ainda está viajando procurando por você. Mesmo agora.” (Hiiro)

“… Entendo. Para você e aquela criança terem um surpreendente ponto de contato…” (Cruzer)

“Não é nada mais do que uma coincidência, sério.” (Hiiro)

“… não é isso, ter viajado junto com você é uma prova que aquela criança lhe aprecia de tantos jeitos… *sigh* eu acho que meus erros ainda estão continuando mesmo agora.” (Cruzer)

“Se você pensa assim, então vá lá e se encontre com ela rapidamente. Para de se isolar neste sótão mofado e úmido seu.” (Hiiro)

Uma passagem de tempo se passou por um tempo, ninguém tentou falar até Cruzer fazer sua escolha sobre isso. E finalmente, uma mudança é vista na expressão de Cruzer no que seus lábios começam a se mover quietamente.

“……. você poderia me mostrar sua katana?” (Cruzer)

“… ha?” (Hiiro)

Anúncios

5 respostas em “Capítulo 234: Surpreendente Ponto de Contato

  1. É… mais uma novel que consigo acompanhar… minha tara por elas vai me matar… quem sabe começo a traduzir… sei lá! Mas… como tá ficando sem comentários intereçantes toma aqui um gigante thyros seu preguiçoso (calma zueira)

    Curtir

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s