Capítulo 225: Vontade da Nikki

Eu só chequei o número de palavras, mas esse capítulo deve ter mais de 3k palavras, bem diferente dos recentes curtinhos… mas vamos lá – Este capítulo foi traduzido do Arsl31.


Capítulo 225: Vontade da Nikki

Depois que eu terminei de ouvir sobre os benefícios do contrato pelo Tenn, Nikki e os outros que estiveram esperando vieram. A aparência dela passava uma atmosfera de um cachorro abanando o rabo para seu dono. (NT: Eu podia ter usado “cauda” e acabado com a graça? Sim, mas quero o caos hoje)

“Kiki, eu acho que eu devolverei a espada primeiro.” (Tenn)

Depois que Tenn disse isso, eu senti algo pesado no meu pulso esquerdo, e quando eu chequei ele, a Zetto・Zangeki que não estava aqui quando chequei um tempo atrás havia retornado. Ela não mudou nem um pouco, mas de acordo com o Tenn, esta espada já se tornou uma parte do corpo dele.

“Bem, vamos tentar nos dar bem de agora em diante, Hiiro!” (Tenn)

Depois que ele disse isso, ele pulou e aterrissou no meu ombro, então  afagou minha cabeça. Eu me senti mais irritado pela atitude excessivamente amigável dele.

“… você é pesado. Desce.” (Hiiro)

“Eeh~, mas é legal aqui! E nós já estamos ligados por um contrato de mestre-servo! Eu sou o mestre, claro!” (Tenn)
“Não brinque comigo, seu macaco amarelo!” (Hiiro)

Eu tentei sacudir ele para fora do meu ombro, mas eu me senti zonzo do nada, e meu passo ficou instável.

Antes que eu percebesse, eu fui apoiado por algo morno no lado esquerdo do meu corpo. Como se aquela existência havia prevenido que eu caísse.

“Hiiro… Okay?” (Camus)

Era Camus. Parece que ele me apoiou. Ao lado dele estava Nikki, que estava me encarando com um rosto cheio de preocupação. Eu tomei um fôlego profundo, então

“Não se preocupe. É porque eu usei muito dos meus poderes mágicos então eu balancei um pouco. Está tudo bem.” (Hiiro)

“Ukiki, é, isso mesmo! Você é irrazoável demais! Por um tempo, aquela daminha, err garoto… o que é esta sensação desconfortável… Ah, nossa! De qualquer jeito, é bom que aquela criança ali te suportou!” (Tenn) (NT: A palavra que você quer é trap, Tenn… isso ou Hideyoshi, segundo Baka to Test)

Eu meio que entendo a sensação dele de desconforto. Camus não é uma dama, ele é um homem. Mas porque ele parece uma garota e dá impressões de uma, é muito difícil de dizer.

No que eu estava intencionado à andar sem ser apoiado, eu me desculpei à ele e tentei me levantar sozinho, e fui de volta para o lugar onde a mesa está posta, onde todo o resto está sentado junto.

De lá estava Orun, dormindo no ombro da Niña.

“Fufufu, ela passou o tempo todo se divertindo depois da sua ausência e se cansou.” (Niña)

Assim como Niña disse, se eu me recordei corretamente, Orun havia lembrado que eu estava vindo aqui e se brincando em espíritos animados. Ela estava brincando barulhentamente com Nikki e os outros por um tempo atrás. Uma sensação de satisfação podia ser vista no rosto dormindo de Orun. (NT: Queria contar um segredo, eu sempre imagino as fadas sendo estilo as de Jintaiestilo as de Jintai)

“Primeiro de tudo, eu gostaria de agradecer todos, especialmente Hiiro-sama.” (Niña)

“Não ligue. Ou devo dizer que eu fiz isso para ganhar um favor? De qualquer jeito, não tem problema.” (Hiiro)

“Sim, ufufu.” (Niña)

 

(NT: Aparentemente o autor vai começar uma salada de fruta de ponto de vistas aqui, a culpa é dele.)

Ela fez um belo sorriso, tão belo que qualquer homem com certeza será cativado por ele não importa o que eles sejam. Mas como esperado de Hiiro, que é cercado de mulheres de alto nível o tempo todo, ele só podia soltar um suspiro.

Se um bishounen como Aoyama Daishi estivesse aqui, ele com certeza brilhará se eu fosse avaliar ele objetivamente, mais ainda se é uma mulher bonita. Mas eu parei esses pensamentos imediatamente no que isso não importa para mim pessoalmente. (NT: Bishounen = garoto bonito. Acho que isso é usado direto, mas melhor colocar a nota vai…)

Então depois que Hoozuki teve uma vista de olho de pássaro dos rostos de todo mundo, eu fui dito que o portão ia ser fechado em breve. (NT: É isso que está escrito…)

O portão é uma fenda do espaço de onde Hiiro veio. Se ele fechar, levará tempo para abrir ele de novo.

E é dito que a passagem para o Jardim das Fadas deve ser fechado de uma vez, também. Ouvindo sobre isso, eu podia ver uma sombra na expressão da princesa. O mesmo também podia ser dito da Niña que só pôde dar um suspiro com um rosto tingido por solidão.

“Essas duas… parecem bem próximas.” (Camus)

Não que eu queria ouvir isso em particular, mas Camus cochichou no meu ouvido. Ele parece ter ouvido dos relacionamentos daquelas duas do Hoozuki, apesar de ter sido ouvido originalmente da Nikki.

(Entendo. Elas estão segurando as rédeas de suas emoções por conta de suas posições atuais…) (Hiiro)

Apesar de eu ter pensado nisso como algo irrelevante, também era verdade que essas duas tem suas próprias circunstâncias. Pensando que isso parece problemático, eu permaneci quieto, então eu notei Nikki mandando seus olhares para as duas pessoas.

Com sobrancelhas franzidas, ela está tendo o tipo de cara de alguém que pensou em algo e quer soltar mas é incapaz. No que eu estava pensando no porquê dela estar preocupada tanto assim com as duas pessoas,

“Bem, de qualquer jeito, você pode se sentir tranquila, Niña. O portão pode fechar agora, mas agora é possível abrir ele aqui mais uma vez. Foi tudo graças ao Hiiro.” (Hime)

“… Entendo.” (Niña)

Apesar dela ter respondido firmemente com um sorriso, não havia um traço de alegria em suas palavras. Parece que o atual relacionamento dela com a princesa virou uma farpa para isso.

“U~n, você pode ter visto isto, mas essa princesa está sempre sendo desonesta com ela mesma.” (Tenn)

Enquanto Tenn dizia isso enquanto dava de ombros,

“É, eu vi isso… apesar de que não importa como você olhe para isso, ela não é do tipo de ser franca com ela mesma, é?” (Hiiro)

“Ukyakya, você pode dizer isso de novo! A Hime é tão teimosa e obstinada com ela mesma que é estúpido!” (Tenn)

Depois que eu cheguei na mesa, Tenn que estava falando vividamente foi arremessado pela cadeira que foi jogada pela princesa.

(Esse cara realmente não aprende suas lições também…) (Hiiro)

Se você disser isso numa voz alta assim, então você deve esperar que isso alcance ela. Então, a princesa repentinamente se curvou perante Niña.

“N-nós estaremos esperando encontrar você de novo alguma hora.” (Hime)

Apesar dela ter tentando sair imediatamente depois de dizer isso,

“… Eh?” (Hime)

A princesa parou de andar. Não, ela não podia fazer nada além de parar. Porque no caminho dela, estava Nikki com os braços abertos, bloqueando ela. Ela que ainda estava do meu lado foi para lá antes que qualquer um tivesse percebido.

“Uhm… há algo que você precise?” (Hime)

A princesa perguntou perplexa.

“Sua despedida não é boa desuzo!” (Nikki)

O que essa pupila estúpida está fazendo? Eu perguntei em minha mente por reflexo.

Todo mundo ficou perdido pelas ações de Nikki e só podiam se enrijecer. Nikki contudo, está fazendo biquinho e jogando um olhar poderoso na princesa.

“Uhmm, o que você quer dizer com isso na verdade?” (Hime)

Ela fingiu calmamente o quanto era possível.

“Uma despedida não deve ser feita com sentimentos ruins!” (Nikki)

Você pode perceber que a princesa teve um pouco de pânico. Contudo, ela restaurou sua expressão para uma postura ajeitada de uma vez.

“…… mah, mas do que está criança está falando?” (Hime)

“Porque” (Nikki)

“Eh?” (Hime)

Nikki fez interjeições às palavras da princesa.

“Porque, se vocês forem incapazes de se encontrar de novo, você lamentará muito isso!” (Nikki)

No que havia recebido um choque, os lábios da princesa estavam levemente tremendo. Mas Nikki tinha olhos tristes no que ela olhou para Hiiro, recordando uma certa coisa.

(Aquela garota… então ela lembrou daquela hora…) (Hiiro)

Foi quando eu encontrei Nikki pela primeira vez. O medo que levou ela a……… apesar de que também está relacionado com o crescimento dela, eu não acho que ela queira que outros tenham uma experiência assim.

Era um evento doloroso e de partir o coração. Por esta razão, eu acho que Nikki não quer que a princesa experiencie isso ela mesma e tentou parar ela no meio do caminho.

Hiiro, que sabia de tudo, enviou um olhar calmo para a princesa. Ela que era da Raça que Tudo Vê deveria agora saber o quanto os comentários atuais de Nikki não são uma mentira e o quão pesado isso é para ela.

Com isso em mente, eu tomei um interesse pelo tipo de reação que ela tomará. Como que notando os sentimentos de Nikki,

“… Haha, você pode não entender isto porque você ainda é muito jovem, eu valorizo algo chamado distinção. Então até que eu tenha feito essa distinção…” (Hime)

“O que é mais importante para você? Essa distinção ou sua pessoa importante?” (Nikki)

“!?” (Hime)

Apesar da princesa ter tentando responder como uma adulta, tendo recebido uma resposta direta e válida que ela não conseguia arguir de volta, ela cerrou seus dentes no que ela expôs sua irritação.

“… saia.” (Hime)

“Não quero-desuzo!” (Nikki)

“Eu falei para sair!” (Hime)

Naquele momento, uma força assustadora saiu da princesa e cercou Nikki.

Eu devo dizer, como esperado de um Espírito de Alto Ranque, para até influenciar seus arredores com apenas seu haki. Camus tentou ir de forma vigilante até Nikki, mas eu imediatamente fiz ele parar. (NT: Se alguém aqui nunca leu One Piece, haki é força de vontade, vigor, entre outras coisas. Mas usemos haki por ser mais legal e prático).

Apesar dele ter virado para mim com uma expressão confusa dizendo “por que você me parou?” eu disse para ele “está tudo bem. Vê?” então não disse mais nada.

No que Camus estava ficando preocupado, Nikki tomou o haki diretamente, fazendo seu corpo tremer e seu rosto ficar branco, mas ainda de pé. Contudo, nem um passo para trás foi dado por ela.

“… po-por quê?” (Hime)

Pelo motivo dela ficar no caminho dela tanto assim, eu também não sei. Pelo contrário, nem uma sensação de ser abalada foi sentida pela Nikki.

Enquanto isso, Hiiro deu um grande suspiro. Mesmo que só um pouco, sua caprichosidade despertou para poder ajudar sua pupila.

“*sigh*, Oy, garota cobra.” (Hiiro)

“G-garota cobra… e, o que é?” (Hime)

Para as sobrancelhas erguidas dela claramente significando seu humor desagradado, eu movi minha boca.

“Uma vez, havia um sujeito estúpido, mas esse cara não é sempre estúpido.” (Hiiro)

“…… Huh?” (Hime)

“E sempre pensando no que é certo, e apesar de não parecer isso, sempre correndo idiotamente em frente.” (Hiiro)

“………” (Hime)

“Eu lhe contarei algo sobre essa pessoa. Esse sujeito era muito próximo de um certo cara. Mas um dia, depois de uma briga trivial, eles não se falaram por um tempo.” (Hiiro)

Todos os membros, assim como a princesa, escutaram a história de Hiiro.

“Sempre sendo tão inutilmente teimosa, pensando que mais cedo ou mais tarde eles irão fazer as pazes. Contudo, até uma única conversa não é mais possível para eles.” (Hiiro)

“… is, isso é…” (Hime)

“É, aquela coisa aconteceu. Aquela pessoa morreu.” (Hiiro)

Estando sem palavras, a princesa que é incapaz de refutar olhou para baixo. Não só ela, mas também Hoozuki e Niña também.

“Essa tola pupila minha e aquele cara nunca mais poderão se reconciliar durante suas vidas. Este é o resultado desse orgulho trivial.” (Hiiro)

Naquela hora, tristeza e sofrimento colocaram a infantil Nikki em dor como se sendo esfaqueada com uma lâmina em seu coração diretamente. Por essa razão… ela, que sabia a dor da princesa que estava fazendo algo similar, não podia ficar quieta.

“Então, como sua ‘distinção’ está indo?” (Hiiro)

“………” (Hime)

“Bem, para você isso pode ser algo importante assim.” (Hiiro)

“………” (Hime)

“Contudo, para mim e aquela criança, nós não temos ideia de porquê nós devemos realmente proteger essa distinção. Ela quer você dê prioridade ao que é a coisa mais importante que você tem.” (Hiiro)

Hiiro suspirou em desprezo no que ele se levantou e foi até a direção de Nikki. Ele então fechou os olhos brancos dela e segurou ela como uma noiva. (NT: Em inglês, princess-carry, é levar no colo)

Enquanto segurava Nikki, ele se moveu até o lado da princesa e disse.

“Bem, não importa qual resposta você dê, isso não me importa. Mesmo quando, comparada com esta camarada que continua de pé mesmo quando desmaiou, eu imagino quem é a mais tola?” (Hiiro)

Aparentemente, parecia que Nikki foi privada de sua consciência na hora que seu corpo recebeu o haki da princesa diretamente. Ainda assim, talvez por conta de sua forte vontade, isso não fez ela cair e ela permaneceu de pé. (NT: É , de força de vontade… assim como o título)

Enquanto mantinha seu encarar, Hiiro virou seu olhar para Hoozuki.

“Oy, nós queremos ir agora. Se nós ficássemos aqui mais um pouco, eventualmente virará um reboliço por ali, e é um monte de pés no saco.” (Hiiro) (NT: Eu nem sei se existe plural para pé no saco, mas vai ter agora)

“… Tudo bem.” (Hoozuki)

Depois que Hoozuki acenou, eu dei uma piscada para Tenn que retornou para a mesa sem ser notado.

“Eu deixarei a última parte com você.” (Hiiro)

“Kikii! Pode contar comigo!” (Tenn)

“E também…” (Hiiro)

“Eh?” (Tenn)

“Apesar de eu ter esquecido isto, da próxima vez que eu vier aqui…… se prepare para sua punição, okay?” (Hiiro)

“Hii! U, u, ukiiiiii!” (Tenn)

Aparentemente, Hiiro não esqueceu da punição de Tenn por ter feito uma pegadinha com ele também. Tenn parecia ter esperado que isso fosse esquecido como estava, mas parece que isso não foi tão bem assim. Ele fugiu para as profundezas da floresta com uma expressão aterrorizada. Era totalmente uma imagem de um pobre macaquinho.

Eu retornei meu olhar para Hoozuki que parecia estar sorrindo por alguma razão.

“Obrigado.” (Hoozuki)

“… pelo que?” (Hiiro)

“De várias formas. Essa criança também.” (Hoozuki)

Ainda usando aquele sorriso gentil, ele mandou um olhar para Nikki. Ele verdadeiramente desejava expressar sua gratidão especialmente pela princesa, mesmo quando a pessoa em questão se endureceu e se virou.

“Hiiro-san, eu te verei de novo.” (Hoozuki)

“Se o destino nos der uma chance.” (Hiiro)

“Ufufu, que pena que Orun ainda está num estado desses.” (Niña)

Ela estava pingando sua saliva enquanto dormia tranquilamente no ombro de Niña.

“Bem, ela não será barulhenta então não tem problema. Vamos lá.” (Hiiro)

Camus foi para trás e estendeu seus olhos para a direção em que Tenn havia fugido e tentou perseguir ele. Mas então,

“Espere!” (Hime)

Meus pés pararam repentinamente. Esta voz, ela certamente pertencia à princesa.

“… O que é?” (Hiiro)

Enquanto segurava Nikki, eu me virei.

“… n, nome…” (Hime)

“Haa?” (Hiiro)

Ela então esticou seu dedo enquanto corava bem vermelho.

“N, nome! O nome dessa criança!” (Hime)

“… eu não apresentei ela um tempinho atrás?” (Hiiro)

“Uu…” (Hime)

Em outras palavras, ela não lembrava. A princesa deu uma vista envergonhada.

“… Haah, ela é Nikki.” (Hiiro)

“… Nikki… Nikki… hey.” (Hime)

Ela então se aproximou e gentilmente envolveu a pequena mão de Nikki com suas duas mãos.

“Sério… apesar de ser tão pequena… você é bem atrevida.” (Hime)

Ela deu uma expressão de algum modo refrescante, ao contrário das palavras dela. Ela pegou o laço branco prendendo seu cabelo, e amarrou ele na mão de Nikki.

“… Obrigada.” (Hime)

Apesar de eu só poder ver os lábios dela se movendo, eu fui capaz de quase ouvir ela dizendo isso levemente.

(Heee, então ela também sabe como sorrir.) (Hiiro)

O sorriso dela, que eu pude ver pessoalmente era mais rico do que de todas as mulheres que eu encontrei até agora.

“Você, então você consegue sorrir assim. Sabe, eu preferiria se você continuasse fazendo isso.” (Hiiro)

Se ela fosse colocar uma frente honesta assim, eu certamente terei uma boa impressão dela, e isto não tomará uma virada estranha de salvar ela.

Mas em resposta às palavras de Hiiro, o rosto da princesa ficou vermelho como um polvo fervendo.

“Ma, mamamamamas o que você está dizendo! V-você está dando em cima de mim!? E-e-eu não sou uma mulher tão fácil que cairá por isso, sabia?” (Hime)

No que ela gritou ameaçadoramente no que seus lábios tremiam,

“… Huh? Que diabos você está dizendo?” (Hiiro)

Eu não consigo entender mesmo o que ela quis dizer. Como em Edea isso fez ela pensar que eu estava dando em cima dela?

“eh…?” (Hime)

Com a reação sem expressão de Hiiro, ela então foi capaz de reganhar sua compostura usual. Então,

“Aaaah, nossa! De qualquer jeito!” (Hime)

A princesa foi e encarou Niña. Niñas por outro lado, estava surpresa de ver as ações repentinas dela.

“Uhmm… você vê… eu, eu quero me desculpar. Não, não é isso, err… me desculpe!” (Hime)

Tendo recebido desculpas repentinamente, Niña estava confusa em como reagir à situação.

“Uhm… você, você me perdoará… Ni, Nia?” (Hime)

Com isto, a expressão de Niña clareou e virou um olhar feliz como uma flor que terminou de florescer.

“Hime… claro, eu alegremente lhe perdoarei, Hime.” (Niña)

Lágrimas caíram dos olhos das ambas. Eram lágrimas de alegria.

(Parece que minha pupila estúpida desmaiando valeu a pena.) (Hiiro)

Apesar da situação emotiva diante dele, Hiiro continuou avançando. Tenn, que apareceu do nada acenou suas mãos fazendo eles se apressarem. Parece que ele tem muito medo da punição diante dele e quer que eu saia rapidamente. Então, nas minhas costas,

“Hiiro Okamura! Da próxima vez que nós nos encontrarmos, eu farei você me reconhecer de qualquer jeito!” (Hime)

Enquanto pensava que não tinha uma necessidade para eu reconhecer ela na minha mente, eu movi meus pés ignorando isso. Eu virei meu olhar de novo para uma última olhada no lugar estilo conto de fadas, então direcionei meu olhar para Tenn para fazer ele guiar o caminho.

(Que bando de companheiros estranhos que eu arrumei…) (Hiiro)

Um cachorro para Nikki, um faisão para Mikazuki e um macaco para Tenn. Bem, apesar que para Nikki, ela só age como um.

(O que eu sou, Momotaro…?) (Hiiro) (NT: É de uma lenda japonesa de um moleque que nasceu de um pêssego gigante que flutuava num riu e… bem, tem um cachorro, um faisão e um macaco de companheiros em suas jornadas – Tia Wikipédia diz mais)

De qualquer jeito, o que é bom é que eu obtive um novo tipo de poder. Ainda que o problema básico não esteja resolvido ainda, por causa desse encontro eu obtive algo, então está tudo bem.

(… mas aquela explicação com certeza é um pé no saco.) (Hiiro)

Pensando duro em como eu contarei isto para Liliyn, e mais importantemente Silva quando eu voltar, eu deixei o lugar estilo conto de fadas e casa dos Espíritos, a Floresta dos Espíritos.


Nota do Autor: O ponto de vista muda nos próximos dois capítulos, mais ou menos. O lugar é… a Terra Santa Ordina. Haverá muitas conversas e em seguida algo acontecerá.

Nota do Thyros: Vai se foder, faz isso não… esses pontos de vista mudando são terríveis…

Anúncios

6 respostas em “Capítulo 225: Vontade da Nikki

  1. Camus não é uma dama, ele é um homem

    Nota do Autor: O ponto de vista muda nos próximos dois capítulos, mais ou menos. O lugar é… a Terra Santa Ordina. Haverá muitas conversas e em seguida algo acontecerá.

    E obrigado pelo capítulo

    Curtido por 1 pessoa

  2. Cara não sei se penso que o Camus é o hydeosh no mundo do Hiiro, ou se só penso nele como um trap, ou penso que ele na vdd é mulher e ainda n mostrou isso (isso é bem melhor e faz bem pra minha saúde mental kkkkk)
    Obrigado pelo CAP o/

    PS:Nota do Thyros: Vai se foder, faz isso não… esses pontos de vista mudando são terríveis…

    Tô rindo de mais disso kkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s