Capítulo 217: Arrogância de Uma Cobra

Falta de ânimo + relativa falta de tempo = preguiça, mas aqui está o capítulo de KnW dessa semana, já que pelo visto vai ser semanal de novo… mas vamos lá – Este capítulo foi traduzido do Arsl31.


Capítulo 217: Arrogância de Uma Cobra

“Bem, então, que tal você mostrar sua forma real em primeiro lugar?” (Hoozuki)

“……” (Hiiro)

Isso me lembra, eu esqueci completamente que eu tinha mudado para alguém da [Tribo Asura]. De qualquer forma, como esperado da <Raça que Tudo Vê>, eles verdadeiramente são outra coisa.

Como ninguém será capaz de rastreá-lo aqui, com Magia das Palavras, ele se reverteu para sua forma original.

“Umu, mostrar seu rosto real é o melhor no fim das contas. Ora, você não é alguém charmoso? Que tal? Tomar minha princesinha como uma noiva…” (Hoozuki)

KAPU…! (NT: Onomatopeia para mordida de cobra… como nunca levei uma, não posso confirmar se é esse som)

“……… princesa, isso dói, sabia?” (Hoozuki)

Apesar de não ser surpreendente para a princesa, mas ser capaz de se expandir completamente para morder a cabeça inteira de uma pessoa, você não esperaria isso daquele corpo pequeno.

Depois de ser mordido pela princesa, sangue bem vermelho escorreu como uma cachoeira da cabeça de Hoozuki.

“Isso é porque você disse algo estranho!” (Celeste)

Isto se tornou completamente horrível, então você devia soltar ele imediatamente? Ele morrerá logo do jeito que ele está sangrando neste momento.

Então depois que a princesa retornou para seu tamanho original e caiu na mesa como estava,

“Você entendeu, Jii-sama? Se você dizer algo desnecessário mais uma vez…” (Celeste) (NT: Ojii-sama, Jii-sama… mesma coisa, só levemente mais informal, mas muito pouco)

“O-okay, eu entendi! Eu já entendi, então pare com esse olhar assustador!” (Hoozuki)

Com um Humph! a princesa virou seu olhar para cá. Estando surpreso pela performance de aumentar de tamanho ao ponto de só conseguir olhar, nossos olhos se encontraram.

“Ah? Você levou por acaso levou isso seriamente? Desculpe sobre isso, eu não tenho cortesia com aqueles que eu ainda não reconheci.” (Celeste) (NT: Reconhecer de achar digno, não de identificar… apesar que é meio óbvio…)

Parece que ela entendeu errado demais por alguma razão, e com aquela atitude dominante dela incomodando bem Hiiro, ele retorquiu.

“Isso é algum tipo de piada? Quem em sã consciência iria cobiçar por alguém tão convencida como você? Dê uma boa olhada no espelho e então fale, réptil.” (Hiiro)

“Qu, qu-qu-que, réptil!?” (Celeste)

Sem precisar falar para a pessoa em questão, a princesa ficou preocupada com as palavras de Hiiro, o que fez com que Hoozuki só pudesse congelar em choque.

“Ukikikikiki! Interessante~! Um réptil, ele disse! Um réptil! Um rép-BUHOo!?” (Tenn)

O macaco que estava cuspindo seus pulmões de rir foi atingido pela cauda da princesa e foi arremessado longe. Então, ela encarou ele com uma expressão  indignada.

“V-v-você aí! Qu-quem você está chamando de réptil de novo!?” (Celeste)

“Quem? Claro que é você, sua cobra branca.” (Hiiro) (NT: Estou pensando em deixar ela como ‘shiro hebi’ como o apelido, mas vejamos como vai ir…)

“Eu sou um Espírito! E um de alto-ranque ainda! Uma descendente direta do Jii-sama, o Rei dos Espíritos!” (Celeste) (NT: Acabei de perceber que pode ser apenas Rei Espírito, mas… fica assim, é um título mais legal)

“Oh, sério? Bem, isso é meio desapontante para uma herdeira, não é, Rei dos Espíritos?” (Hiiro)

Hoozuki que foi trazido para conversa só conseguia sorrir ironicamente.

“De, de-de-de-desapontante? Então, veja por si mesmo!” (Celeste)

Fumaça subiu com a princesa no centro, e uma silhueta de uma pessoa podia ser vista de lá.

“Veja! Minha forma verdadeira! Veja se você pode dizer essa palavra de novo!” (Celeste)

Uma bela garota da mesma idade que Hiiro apareceu com uma expressão corada. Apesar que por causa dos olhos dela estarem encarando por causa do temperamento dela, seu cabelo branco refletindo luz certamente é belo, e tinha um estilo ao ponto de fazer Liliyn invejosa.

Por alguma razão, ela está vestindo roupas de miko. Independentemente, seu belo rosto é tão bem adequado com as roupas japonesas que qualquer homem sem duvidas ficaria encantado por ela.

“……… E, que tem?” (Hiiro)

“…… Eh?” (Celeste)

Talvez a princesa seja confiante em sua bela aparência. Contudo, não há distinções para Hiiro se a outra parte é uma bela mulher ou não.

Ela de fato pertence à categoria de ser uma beldade, e incluindo Camus que está aqui com Hiiro, o número de damas atrativas se reunindo ao redor dele é demais. Não seria um exagero dizer que ele está acostumado a ver garotas lindas. (NT: Camus… ah, e a roupa de miko é a que… Urushibara Ruka usa)

Logo não ser varrido por admiração à bela garota aparecendo diante dele deixou ela confusa.

“Uhm….. esta é minha forma real, sabia?” (Celeste)

“É, eu ouvi. E daí?” (Hiiro)

“……… para eu, que fui tratada como fofa e bela na vizinhança ser chamada desta forma…” (Celeste)

“Pode ser mesmo. Contudo, olhe.” (Hiiro)

Ele disse isso apontando para Nikki e Camus.

“Eu posso até dizer essas palavras para esses caras.” (Hiiro)

“Eh…” (Celeste)

Sim. Camus e Nikki são certamente belas garotas. Apesar que Camus é um belo homem, você também pode dizer que ele tem a aparência que a maioria das mulheres certamente invejariam. (NT: … otoko da.)

“Fufufu~ isso é meio embaraçoso, shishou~” (Nikki)

“……… n.” (Camus) (NT: Isso é aqueles “hm” de confirmação… daga, otoko da.)

Os dois coraram e começaram a ficar inquietos. Eu só disse um fato e não estou os elogiando, mas……

Mas a princesa que não podia refutar as palavras de Hiiro só conseguia ficar de pé firme.

“Ukyakyakyakya! Desista, Princesa! Você é uma cobra mas você parece um sapo no poço que não sabe nada do grande oceano neste mo-GYAAA!?” (Tenn) (NT: A coisa do sapo é uma expressão, com a mesma moral quase que o mito da caverna de Platão)

A princesa que foi provocada pelo macaco segurou uma cadeira feita de uma árvore e jogou ele voando de novo.

“Haa, haa, haa……” (Celeste)

Depois de observar Camus e Nikki com olhos precisos, o olhar dela retornou para Hiiro.

“……… em termos de peito, eu ganho!” (Celeste)

Ela certamente tem um peito voluptuoso, mas…

“Hey você, você realmente está tão feliz assim porque você é mais superior que esses caras? Um é uma criança, o outro, um cara?” (Hiiro)

“… ha… HaaA!?” (Celeste) (NT: Se ela não for nomeada, vai ser Celeste pelo resto da vida…)

Claro, ela ficará surpresa que Camus é um garoto.

“Você realmente é alguém da Raça que Tudo Vê? Então dê uma boa olhada direito.” (Hiiro)

A princesa deu uma boa olhada como ele disse, e encarou tanto Camus como se o olhar fosse perfurar ele………… então ela derrubou seus ombros em tristeza.

“Ugh…….. por que tão bonito…… até… até um garoto…” (Celeste)

“Bem, foi bom. Afinal, você ganhou no tamanho de seu peito contra uma criança e um garoto.” (Hiiro)

Ele acertou o golpe finalizador.

“Uu… uu… matar, eu vou matar este homem!” (Celeste)

“Pare com isso, sua tola!” (Hoozuki)

Hoozuki prendeu ela por trás, restringindo os movimentos dela. Mas ela desesperadamente moveu seu corpo, e

“M-me solte, Jii-sama! Minha nossa! Por favor me deixe assassinar este homem!” (Celeste)

“Eu não posso lhe permitir a matar ninguém!” (Hoozuki)

“Está tudo bem! Eu só morderei e rasgarei ele um pouco!” (Celeste)

“Ele morrerá com isso! Se acalme, princesa! Tente se lembrar bem!” (Hoozuki)

“Lembrar o que?” (Celeste)

“Ele admitiu que a princesa é linda!” (Hoozuki)

“……… eh?” (Celeste)

Ela parou seus movimentos repentinamente, e virou seu olhar para Hoozuki para verificar. Pensando que as conversas finalmente podiam começar, ele soltou um grande suspiro.

“Fuu, ele não disse isso por volta de quando você disse que você é tratada como uma beldade na vizinhança agora pouco?” (Hoozuki)

“… Eeh?” (Celeste)

“Ele disse que “pode ser mesmo” lá trás. Em outras palavras, ele admitiu que a princesa é de fato bela. Aah, eu estou cansado.” (Hoozuki)

O sangue desapareceu antes de qualquer um ter notado, e uma grande quantidade de suor estava saindo por sua vez da testa dele. Ele limpou isso depois de se sentir aliviado.

No que a princesa se virou, ela moveu seus olhos para Hiiro, buscando a verdade.

“… sou, eu sou realmente fofa?” (Celeste)

Ela perguntou, se sentindo insegura.

“Seria assim no público geral. Se essa aparência for simples, então uma grande maioria das mulheres certamente farão uma reclamação.” (Hiiro)

Falando francamente, o nível de beleza da princesa é bem alto. Se nós assumirmos que uma filha assim é simples de um ponto de vista padrão, você logo estará questionando sobre seu senso de beleza.

Então o rosto dela olhou para baixo por um momento, depois de se ajeitar, ela ergueu e balançou seu longo cabelo com uma mão,

“Eu imaginei que você diria isso!” (Celeste)

Ela disse com um belo sorriso abalador em seu rosto. Ela já estava num humor incrivelmente bom tão claro que todos podiam ver.

Porque seria problemático ofender ela mais uma vez, eles não podiam dizer nada e ficaram quietos.

(Ainda assim, o orgulho desta aqui é bem alto, este espírito.)

Parando para pensar nisso, eu passo bastante aqui desde que vim, mas eu notei que nós não estamos sendo introduzidos, e além de ser identificado uma vez, eu ia dar meu nome lá trás, mas eu pensei que o outro lado já sabia meu nome desde o início. (NT: Ele quis dizer que é comum não se apresentarem, ou ele acabar não se apresentando)

Ainda assim, eu me introduzirei com Camus e Nikki por ora.

“Então? Vá ao ponto logo.” (Hiiro)

“Então eu irei.” (Hoozuki)

Depois que Hoozuki limpou sua garganta,

“A razão pela qual eu convidei Hiiro aqui, na verdade, não há nenhuma.” (Hoozuki)

Se ele realmente disse a verdade, ela não deveria ter chamado ele, mas enquanto ele estava comendo deliciosos pratos, ele não disse nada mesmo. (NT: Em inglês está ainda pior, eu tentei enrolar algum sentido nesse parágrafo, mas… que merda)

“Sério?” (Hiiro)

……… já estourou? (NT: Não, eu não faço ideia do que está acontecendo… daga, otoko da)

Ele ergueu seu indicador.

“Que tipo de pessoa de mundo paralelo aquela Niña se importa, eu queria ver ele com meus próprios olhos.” (Hoozuki)

“Só isso?” (Hiiro)

“Fumu, e também, por favor se levante por um momento.” (Hoozuki)

Quando ele se levantou como lhe foi dito, Hoozuki se aproximou dele. Ele fez esforços totais em observar seu corpo inteiro. Nikki e Camus também, sentindo a atmosfera, se levantaram para proteger Hiiro.

“Hohoho, você tem excelentes guardas. Mas fique aliviado. Eu não estou aqui para fazer mal. Olhe, um anfitrião manteria poder mágico da Niña antes?” (Hoozuki) (NT: Ou hospedeiro, se estiver pensando como parasita e… tá, entenderam, eu acho)

“Poder mágico? Aa.” (Hiiro)

Ele se lembrou. Quando ele foi para o Jardim das Fadas pela primeira vez, como uma prova de confiança ele recebeu o Anel das Fadas por Orun assim que ele estava saindo, e recebeu uma massa de poder mágico da rainha. Apesar da massa de poder mágico ter sido sugada pelo peito dele naquela hora, porque nada aconteceu, ele havia se esquecido logo disso.

“Então, deste jeito…” (Hoozuki)

Quando Hoozuki ergueu sua mão firme em direção de Hiiro, o peito de Hiiro brilhou repentinamente.

O calor de poder mágico se espalhou pelo peito dele, então gradualmente deixou seu corpo. No que a massa de poder mágico flutuou como bolhas de sabão no céu, ele encarou Hoozuki.

E como estava, o poder mágico foi jogado para a orla. Virando seu olhar depois de perceber o que ele havia feito, subitamente a água subiu e tomou a forma de uma porta.

E no que a porta se abriu lentamente,

PYU!

Algo saiu e voou em direção do lugar dele.

“Waai! Pessoa de Mundo Paralelo! Uma Pessoa de Mundo Paralelo!” (Sininho)

Era aparentemente a fada chata que ele viu antes. Ainda mais, é a de cabelo vermelho grudenta.

Ela correu e voou ao redor de Hiiro de novo e de novo alegremente.

“A quanto tempo! A quanto tempo!” (Sininho)

Com o mesmo tom irritante de sempre, ele estava espantado. Contudo, era explicável pelo que Hoozuki fez. Quando ele olhou em direção da porta acima d’água mais uma vez, apareceu uma mulher que ele havia visto antes.

“A quanto tempo, Hiiro Okamura-san.” (Niña)

Niña, a Rainha das Fadas fez sua aparição.

Anúncios

3 respostas em “Capítulo 217: Arrogância de Uma Cobra

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s