Capítulo 216: Floresta de Espíritos

Eu queria estar dormindo, mas aqui estou eu traduzindo… mas vamos lá – Este capítulo foi traduzido de Arsl31.


Capítulo 216: Floresta de Espíritos

Através da orientação da cobra, eles descobriram uma bela orla após passar pela floresta. Uma estrutura estilo altar foi construída no centro, com uma grande protuberância visível no topo.

(O que é aquilo…?)

Ele encarou, focando seus olhos mas sem conseguir reconhecer nada da distância em que ele estava.

“Me sigam.” (Celeste)

A cobra disse assim, rastejando até o topo de uma folha estilo de lótus flutuando na água  conectada até o altar.

“E-ela não afundará, certo?” (Nikki)

Ele entendeu a preocupação de Nikki. Parece tudo bem porque a cobra é leve em primeiro lugar, mas ela não acha que isso pode aguentar o peso de uma pessoa humana.

O macaco, percebendo isso na expressão dela,

“Não se preocupe. Não afundará.” (Harambe)

Mas para Hiiro que está sendo excessivamente cuidadoso, ele tentou pressionar sua mão até o fundo. Certamente, não afundou. Apesar de uma onda de ter se espalhado porque está flutuando acima d’água, parecia que estava no topo de um óleo levemente suave.

Ainda assim, as três pessoas avançaram cuidadosamente até elas terem chego no altar. Então ele foi capaz de reconhecer a identidade da protuberância branca claramente na visão dele.

“Hohoho, nós esperávamos por você, <Ó Onipotente>.” (Kuchinawa) (NT: A palavra usada para onipotente em japonês possui vários significados relacionados à alguém que pode fazer várias coisas, de utilidade e tal… essa é a tradução mais legal, e eu concordo)

Era uma enorme cobra branca. Com seu corpo massivo enrolado numa espiral, você pode pensar nela como uma protuberância de uma distância.

“Whoa~ Tããoo grande-desuzoo~” (Nikki)

“… enorme.” (Camus)

Nikki e Camus falaram por reflexo. Ela é realmente grande, isso é certeza. Se ela abrir sua boca, supostamente, pode caber lá até três pessoas ao mesmo tempo.

“Você fez bem em vir aqui. Esses são seus companheiros, <Ó Onipotente>?” (Kuchinawa) (NT: Antes que me perguntem, eu ainda não faço ideia dos nomes do macaco e das duas cobras, não se surpreendam se aparecer outro no final)

“Sim, eles são ojii-sama.” (Celeste)

“Hohoho, entendo, entendo.” (Kuchinawa)

Apesar dos cantos de sua boca terem se esticado em alegria no que ela ergueu uma risada, isso só lembrava uma cobra achando sua presa, se exultando em si mesma. Nikki está realmente assustada, sabia?

“Oy.” (Hiiro)

Porque ele não pode ficar sentado parado para sempre,

“Me leve para os pratos de recepção rapidamente.” (Hiiro)

Ele rapidamente mostrou sua demanda. Como esperado, as mandíbulas do macaco e até da cobra se escancararam e congelaram pelo comportamento e fala de Hiiro. Contudo, a enorme cobra apenas riu sobre isso.

“Hohoho, como você é impaciente. Nós preparamos isso adequadamente. Olhe para lá.” (Kuchinawa)

Quando ele focou sua atenção para um certo lugar, no lado esquerdo da saída da floresta, uma grande mesa foi preparada, com diferentes tipos de pratos colocados no topo dela.

Então, sem qualquer sinal prévio, o corpo da cobra branca começou a brilhar. Apesar da luz ser tão intensa que te faz fazer caretas, ela se acalmou de uma vez. Contudo, no que a luz ficou menor, ela gradualmente tomou a forma de uma certa pessoa.

Quando a luz desapareceu completamente, a enorme cobra no altar mais cedo sumiu, deixando apenas um velho homem cheio de cabelos brancos e barba branca em seu lugar.

“Eu devo me introduzir primeiro. Eu sou chamado Hoozuki. Meus cumprimentos à você.” (Kuchinawa>Hoozuki)

Ele sorriu, alisando sua longa barba. Apesar de Nikki e Camus estarem piscando em surpresa pela situação presente, Hiiro, que estava quietamente observando moveu seus olhos e perguntou.

“…… Então? Você é o <Rei dos Espíritos>?” (Hiiro)

A pessoa em questão acenou em resposta.

“Oh, muito velho, de fato. Claramente diferente da rainha das <Fadas>.” (Hiiro)

“Hohoho, mesmo que seja como acertar um chicote no corpo de um velho homem, eu ainda consigo funcionar. Além do mais, a atual [Rainha das Fadas] que tem a mesma idade que esta princesa aqui ainda é jovem.” (Hoozuki)

“… princesa?” (Hiiro)

“Sou eu.” (Celeste)

Era a pequena cobra branca que guiou ele aqui. Mas para Niña e esta princesa terem a mesma idade… apesar de você talvez não pensar nisto em particular, se qualquer coisa, ela também tem um tipo de presença dignificada como Niña.

Mesmo que ela pareça com um pequeno animal ordinário. E também, o tom dela soa petulante.

“… há algo que você queira dizer?” (Celeste)

“… quem sabe.” (Hiiro)

A intuição dela fica mais afiada na forma animal dela? Ela encarou em escárnio, mas ele suavemente colocou isso de lado.

“Ao invés disso, vamos pular a auto-introdução e ir para comida logo. A conversa vem depois disso. Beleza?” (Hiiro)

“Hohoho, não há o que fazer então.” (Hoozuki)

Na mesa que foi vista na distância um tempo atrás que eles nem notaram até agora, criaturas que pareciam slimes de várias cores apareceram.

“O que eles são?” (Nikki)

“Eles são espíritos também, sabia?” (Celeste)

A princesa falou, mas.

“Esses caras… espíritos?” (Camus)

De todos os ângulos, apenas slimes podiam ser vistos. Deveriam ser chamados de slimes feitos à mão? Não seria nem estranho se você topasse com eles como prêmios naqueles jogos de pegar coisas com uma garra, no que havia um monte deles, todos em cores diferentes.

“Essas crianças são pelotas de poder que a natureza produziu, então dá para se dizer que eles são “Espíritos Recém-Nascidos” que ainda não acordaram, ne.” (Celeste)

“Esta princesa, você poderia parar de falar com esse jeito de falar como se você fosse uma companheira?” (Hiiro)

“Ya~y, ele está bravo com a princesa yanno~” (Harambe) (NT: Eu não sei agora se esse yanno é só algo aleatório ou seria algo como “você sabe” abreviado…)

O macaco que levou bronca de Hoozuki e a princesa que fez um rosto embaraçado quando respondida pareciam interessantes. Mas então os olhos da princesa brilharam num momento,

“O que? Você quer comprar uma briga? Quer morrer?” (Celeste)

“Eh… ah… b-bem… não, nada, por favor não ligue para mim…” (Harambe)

Apenas quão fraco é esse macaco… é como um marido que foi descoberto tendo um caso e não podia falar nada.

“Agora, agora, vocês dois, façam as pazes. Vocês estão na frente do nosso convidado, sabiam?” (Hoozuki)

“… entendido.” (H & C)

No que Hoozuki disse isso, ela virou seus olhos para longe do macaco, que então se sentiu aliviado por ser capaz de escapar desta situação.

“Então… Tenn?” (Hoozuki)

“Eh? O que foi?” (Harambe>Tenn)

Aparentemente, Tenn parecia ser o nome do macaco.

“Eu vi seu comportamento mal educado com nosso convidado no altar, então você receberá punição por isso mais tarde, entendeu?” (Hoozuki)

“Mah, wawawawawawa!?” (Tenn)

Hoozuki sorriu docemente, em contraste à Tenn que ficou pálido e tremeu em desespero. Mesmo quando ele parece um velho homem, ele ainda é um rei no fim das contas. Ele está sorrindo, mas você pode sentir a pressão através daquele sorriso. Tenn parecia que ele ia se mijar a qualquer momento… nah, ele já desmaiou.

Parecendo feliz com isso, a princesa se quebrou num sorriso irônico. Vocês não era próxima e deveria ajudar Tenn?

(Nem, é dito que você se dá bem se você briga frequentemente…)

Então depois que todos chegaram na mesa, Hoozuki começou a falar.

“Nós desejamos expressar nossa gratidão por ter vindo para um lugar desses. Permita-me, em nome de todos os espíritos dar nossos agradecimentos.” (Hoozuki)

“Ojii-sama.” (Celeste)

“Hm? O que é, princesa?” (Hoozuki)

“Você não está sendo ouvido… lá.” (Celeste)

“Oh?” (Hoozuki)

Diante dos olhos dos dois, como se ele não estivesse interessado no discurso dele, Hiiro já estava encarando duro o prato na frente dele.

“Oy, eu já posso comer?” (Hiiro)

“Hohoho, então vamos ter uma refeição primeiro, sim?” (Hoozuki)

No momento que eles receberam permissão, os olhos deles escanearam a diversidade de pratos colocados em folhas servindo como pratos.

“Oooh~ cheira bem nanodesuzoo~!” (Nikki)

“… parece gostoso.” (Camus)

Incapaz de decidir qual escolher primeiro, saliva cobriu os lábios de Camus e Nikki. Hiiro que também estava assim teve sua vista pega por um prato.

Lá, estava uma carne com um osso na forma que você vê em mangás, mas esta emitia uma cor de arco-íris. Sucos de carne pingavam como se estivesse derretendo. Ainda mais, os sucos de carne brilhavam nas cores do arco-íris também.

“Esta é a <Carne Arco-Íris>. Mas eu direi isto primeiro, ela cai na classificação de ser uma sobremesa.” (Hoozuki)

Sobremesa? Esta é a primeira vez que uma carne é classificada como uma sobremesa. (NT: Eu já comi carne com sorvete de baunilha, e digo que não é uma má ideia ter carne de sobremesa)

Apesar desta <Carne Arco-Íris> ser chamada de carne, é dita que ela possui a doçura e acidez de uma fruta. Já o osso, falando sinceramente, não é um osso, mas um doce endurecido chamado <Mel Branco>.

Certamente, isso entraria na classe de ser uma sobremesa. Contudo, como ela pegou os olhos dele e ele estava curioso sobre o sabor, ele foi pego pelo impulso de querer provar ela primeiro.

“Eu pegarei a <Carne Arco-Íris> deuzoo~” (Nikki)

“… eu também.” (Camus)

Os dois também estão curiosos sobre o gosto? Eles pediram o mesmo também.

Certamente, a textura não é como de carne, se qualquer coisa, é uma Castella. Então, pela primeira vez, eles notaram um recheio doce que parecia pelotas dentro. O recheio que também é da cor do arco-íris saiu e envolveu a Castella.

“Isto é um confeito, com certeza!” (Hiiro)

Ele pensou que o xarope doce vazando da Castella é um confeito, mas a grossa doçura melado, mesmo nesse grau, carregou o maior grau de elegância nela.

Com isto, eles desejavam por chá quente. Na mesa, uma xícara também feita de folhas estava colocada, com um líquido marrom claro nela.

Tinha um aroma de chá preto. Eles deram um gole, e porque estava na temperatura própria para eles não se escaldarem, isso entrou rapidamente nas gargantas deles.

“……… Haa~” (C & N & H)

Eles suspiraram em êxtase. O gosto é como de chá, e pode ser classificado como da família do Chá de Limão. Sua compatibilidade com a <Carne Arco-Íris> é alta demais.

“Eu não posso aguentar mais isso desuzoo~!” (Nikki)

Munch munch munch munch

Nikki e Camus que pareciam ter gostado dela encheram suas bocas com ela, saboreando-a no caminho.

Além disso, vários pratos servidos dos espíritos foram provados também. Deveria ter uma quantia considerável na mesa, mas tudo desapareceu em aproximadamente 30 minutos.

“Es-esse tanto de pratos em apenas um piscar… que tipo de estômagos essas crianças tem…” (Celeste)

A princesa deveria estar calma e composta, mas só pôde ficar espantada pela cena diante dos olhos dela.

“Especialmente aquele cara de óculos, para comer tanto assim…” (Tenn)

Olhando para Hiiro, que parecia estar no céu com seu estômago inchado, até Tenn estava impressionado.

“Hohoho, parece que valeu a pena preparar aqueles pratos vendo seus rostos satisfeitos.” (Hoozuki)

Como esperado de Hoozuki, ele foi o único que levou isso num sorriso. Em seguida, depois de terem recebido chá novamente, Hoozuki que pensou que a questão podia avançar finalmente começou a falar.

“Vocês estão satisfeitos?” (Hoozuki)

“Sim, eu estou satisfeito.” (Hiiro)

Ao contar seus sentimentos honestos, Hoozuki retornou com um aceno. Contudo, Hiiro cerrou seus olhos por um momento.

“E? Que negócios você quer comigo?” (Hiiro)

E decidiu ir direto para o assunto principal. Ele não pensou nisto como simplesmente uma festa só para ter eles aproveitando a culinária deles assim. Obviamente, eles tinham intenções. Isso é o que ele pensou, para poder retornar o mais breve possível.

Anúncios

8 respostas em “Capítulo 216: Floresta de Espíritos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s