O Natal do Herói do Escudo Parte 4

O maior trocadilho do especial é aquele da noite profana, é tipo a marca do especial… mas vamos lá, mais um capítulo, que eu duvido que vocês estejam lendo agora que saiu, especialmente pelo intervalo de 10 minutos entre capítulos xD – Este capítulo foi traduzido do Yoraikun.


O Natal do Herói do Escudo Parte 4

Dois dias antes do natal.

“Niichan, Niichan!” (Kiel)

Eu escondi a evidência de que eu estou preparando presentes no que Kiel corre até mim com um olhar preocupado em seu rosto.

“O que é, Kiel? Você quer acumular algumas boas ações para cobrir seu comportamento traquina de costume?” (Naofumi)
“Quem você pensa que eu sou!? Não é isso! Eu notei algo sobre as casas na vila.” (Kiel)
“… O que é?” (Naofumi)
“Nós não temos muitas chaminés.” (Kiel)

Bem, agora que eu penso sobre isso, ela está correta.

Bastantinhas casas na vila são feitas de Bioplanta.

Eu coloquei para que as plantas tenham funções de auto-aquecimento, então muito poucas casas realmente precisam de lareiras.

Apesar que uma chaminé seria necessária para cozinhar também, maioria das pessoas apenas usam o refeitório que eu construí no centro da vila.

E por essas razões, a quantidade de casas com chaminés é escarça.

“Como o Noel vai entrar!?” (Kiel)
“Está tudo bem.” (Naofumi)
“O que está?” (Kiel)
“Noel consegue abrir fechaduras. Ele irá apenas invadir pela porta da frente.” (Naofumi) (NT: E viva o Lock Pick)
“Eu não quero esse tipo de Noel!” (Kiel)

Essa pessoa está sendo meio egoísta.

Mas parece que os aldeões concordam com ela.

“O que vocês estão discutindo?” (Firo)
“Ah, nós estamos discutindo como a vila não tem chaminés o suficiente para o Noel descer. Kiel está preocupada.” (Naofumi)
“É isso? Nós devemos ficar bem.” (Firo)

? O que Firo está tentando dizer?

“Noel, sabe, ele é mest~” (Firo) (NT: Ela está tentando dizer que o Papai Noel é mestre)
“Firo, não diga nada mais do que isso.” (Naofumi)
“Eh?” (Firo)

Pelo amor de… se você dizer isso, só ficará ainda mais problemático.

Este pássaro falando só diz sempre coisas desnecessárias.

De qualquer forma, por que ela sabe?

“Kiel. Eu entendo seu pedido. Você quer que eu instale chaminés nas casas da vila.” (Naofumi)
“É!” (Kiel)

Sigh ela está me colocando para fazer um trabalho bem árduo.

Mas eu acho que esse também é o dever do Noel. Não há escolha.

É um saco. Eu quero largar. Mas isto também é meu dever como Arquiduque.

Eu preciso ajudar os aldeões trabalhadores celebrarem este evento que só acontece uma vez por ano.

E é assim que eu comecei ir por aí instalando chaminés nas casas feitas de Bioplanta.

Bem, não é tão difícil. Tudo que eu tenho que fazer é editar os atributos de cada planta individual. Isso ainda é meio tedioso.

“Oh sim, o que nós vamos fazer sobre o trenó e rena do Noel?” (Naofumi)

Eu espantei Kiel, que parecia satisfeita, e chamei uma conferência para os adultos.

… É só minha imaginação ou os Philorials acabaram de começar a me encarar intensamente?

Firo também está ao meu lado por alguma razão.

Contudo, Raphtalia não está atendendo.

“Mestre!” (Firo)
“O que?” (Naofumi)
“Eu sei que o mestre é o Noel, então por favor me deixe contribuir.” (Firo)
“Mas isso colocaria você do lado que dá presentes. Você tem certeza que você não precisa de nada?” (Naofumi)
“Sim!” (Firo)

Que tipo de reviravolta é essa?

Eu pensei que Firo teria amado ficar no lado que recebe.

“Porque este lado parece mais divertido.” (Firo)

Eu não sou bom com pessoas impulsivas.

É o que eu pensei, mas enquanto ela estiver motivada, isso irá provavelmente funcionar.

“Voltando para o assunto, o que nós vamos fazer sobre a rena e trenó? Devemos pedir alguns monstros dos usuários de monstros?” (Naofumi)

Eu tenho quase certeza que essas ceninhas serão necessárias.

“Firo irá puxar o trenó.” (Firo)
“Ainda mais, nós sequer temos um trenó que voa no céu?” (Naofumi)
“Firo irá puxar ele e voar.” (Firo)
“Por favor fique quieta por um segundo.” (Naofumi)
“Bem… a tradição de fato envolve um trenó voador e um Aldirea voador… mas eu não acho que você tem que ir tão longe assim.” (Tio da Imya)

Aldirea? Se eu lembrei corretamente, eles são um tipo de monstro. Então eles não usam renas aqui…

“Que tipos de monstro é um Aldirea?” (Naofumi)

O tio da Imya rapidamente rascunhou uma imagem de um monstro.

Parece exatamente uma rena.

“Parece irritante de capturar.” (Naofumi)
“Mestre!!!” (Firo)
“Ah. Sim. Sim.” (Naofumi)

Nós só vamos estar por volta da vila. Eu acho que Firo serve.

Se eles nos verem capturando esses animais, as crianças irão descobrir de qualquer jeito.

Me vestir como o Noel também não dá.

Se eu apenas agir naturalmente eu não devo parecer suspeito.

“Então Firo, você irá tomar o papel da Rena… do Aldirea.” (Naofumi)
Yay~” (Firo)
“Então agora, o que nós devemos fazer pelo Trenó…” (Naofumi)
“Deixe isso com Firo.” (Firo)
“Você tem uma ideia?” (Naofumi)
“Sim!” (Firo)
“Entendo. Eu deixarei isso com você.” (Naofumi)
“Sim~!” (Firo)
“Eu deixei isso com você. Não esqueça de fazer isso.” (Naofumi)

Eu estou um pouco preocupado, então eu disse para o tio da Imya observar Firo.

E com isso, o dia antes da véspera de natal acabou.

“Feliz~ Nataaaaaaaaaaaaal~!!!!!” (Motoyasu)

É cedo na manhã, Motoyasu está circulando a vila andando nos seus Philorials gritando.

Ele realmente gosta de natal tanto assim?

Motoyasu parece estar distribuindo algo entre os Philorials.

“Niichan! Niichan! Alguém pegou todos os crepes da minha Árvore de Crepe. Me ajude ajudar o culpado.” (Kiel)

Kiel corre até mim gritando isso.

Claro, eu aponto meu dedo para o Motoyasu.

Enquanto ele estava indo por aí anunciando o começo do natal, ele estava também distribuindo crepes.

“Seu CRRRREEEEEEETTTIIIIIIIINNNOOOOOOO!!!” (Kiel)

Kiel ficou seriamente brava.

「Eu, que entendi a origem do poder, a Herói da Foice comando! Novamente se manifeste diante de mim, minha Foice!」 (Kiel)

Com um bang, uma larga Foice aparece diante da Kiel.

Depois da onda, parece que as armas lendárias ganharam a habilidade de aparecer e desaparecer por comando.

Mas parece… que eu não posso fazer isso… T.T

Kiel começou a girar a Foice dela e aproximou do Motoyasu ameaçadoramente. O vento está agindo.

Então este é o poder do Herói da Foice.

“FELIIIIIIIZ~” (Motoyasu)

Motoyasu ainda está distribuindo crepes em humor irritantemente alegre. Kiel rapidamente aparece atrás dele.

「Ceifador de Alma X」 (Kiel)

Toda a luz na área é absorvida na Foice. Kiel corta uma única vez, e então começa girar a foice. A luz se dispersa e ela faz uma pose maneira.

“Inimigo eliminado.” (Kiel)

… Que tipo de jogo é esse.

Como uma marionete que teve seus fios cortados, Motoyasu caiu do Philorial.

“Mo-kun!” (Marin)
“Mou-chan!” (Kuu)
“Motoyasu-san!” (Midori)

As três Philorials gritam no céu do inverno.

“O que diabos você está fazendo!?” (Midori)
“Essa é minha fala!” (Kiel)

E a batalha até a morte entre Philorials e Kiel começou.

O resultado: Kiel eventualmente abateu a raiva que ela ganhou de perder seus crepes, e os três Philorials deixaram Motoyasu e foram para algum lugar.

“Sério. Que diabos essas pessoas estão fazendo tão cedo na manhã…” (Naofumi)

Eu me sinto surpreendentemente cansado.

Motoyasu sendo Motoyasu, eu não posso acreditar que ele não pensou nas consequências de furtar o suprimento de comida da Kiel.

“Uu… eu queria dar eles para todo mundo no natal e ainda…” (kiel)
“Então você estava planejando coisas assim também.” (Naofumi)
“Claro Niichan. Mas aquele cara da lança… ele…” (Kiel)
“Ele estava definitivamente errado, mas você já conseguiu sua vingança. Você estava tentando matar ele?” (Naofumi)
“Naofumi-sama, você não devia se exercer demais também.” (Raphtalia)
“Eu entendo.” (Naofumi)

Raphtalia murmura com a mesma expressão cansada que eu.

Bem, não é como se eu não entendesse.

Por que que o Motoyasu fez algo tão estúpido… eu não entendo ele.

“Oh bem. O que eu devo fazer para o Banquete de Natal?” (Naofumi)
“Yay, culinária do Niichan. Noel atendeu meu desejo!” (Kiel)

Os aldeões também estavam bem animados.

Como esperado da véspera de natal.

Parece ainda mais festiva do que o natal no meu mundo antigo.

Essas pessoas realmente são apenas tão puras? (NT: Como crianças)

“Se nós estamos falando sobre natal, talvez eu deva preparar peru. Ao menos é o que nós fazíamos no Japão…” (Naofumi)
“Pássaro?!?” (Firo)
“KKKWWEEEEEEEEEEEEHH” (Philorials)

Os Philorials que me notaram encarando eles fugiram como se suas vidas dependessem disso.

Eu acho que não tenho escolha. Eu estou acostumado à pegar presas que fogem.

“Espere! Raphtalia, não deixe eles escaparem!” (Naofumi)
“Por que eu devia fazer isso?!” (Raphtalia)
“Para natal, você obviamente precisa de alguma carne de pássaro.” (Naofumi)
“Mas por que nós precisamos usar Philorial?! Até Firo está fugindo!” (Raphtalia)
“Entendo, então vamos ficar com carne de dragão ou algo assim. Vá pegar algo estilo pássaro!” (Naofumi)
“Kyua!?” (Gaelion)

Naquele momento, Taniko, Rat, Mii-kun e Gaelion retornaram através do portal.

Meu timing foi ruim, não foi.

“Sobre o que você está falando?” (Taniko)
“Ah, a entrada perfeita chegou. Gaelion, mude para sua forma dragão e me dê sua cauda.” (Naofumi)
“Kyuaaaaaaaaaaaaa?!?!” (Gaelion)
『O que diabos você está pensando?』 (Gaelion)
“Nós precisamos de alguma carne para o natal.” (Naofumi)
“E por que isso requer carne do Gaelion!” (Taniko)
“Eu ouvi que carne de dragão tem um gosto muito similar com galinha. Se Philorial não está permitido, então eu não tenho escolha senão substituir.” (Naofumi)

Eu quero preparar algo galinhoso para todos da vila.

“Naofumi-sama. Por favor termine com suas piadas ruins.” (Raphtalia)
“Mu… tá.” (Naofumi)

Eu meio que queria surpreender os aldeões.

“Ara? Você está parando?” (Atlas)

A voz da Atlas veio do escudo.

Ela parece estar tentando defender minha posição.

Mas na forma espírito não há muito que ela possa fazer.

Se ela tivesse um corpo, eu tenho quase certeza que nós podíamos ir caçar um dragão.

“Eu só estava brincando. Vão comprar os ingredientes que nós precisaremos para cozinhar.” (Naofumi)

Todo mundo dá um suspiro aliviado e vai embora.

“Se vocês não acharem o suficiente, nós podemos ter que… substituir…” (Naofumi)

Eu ameaço.

“Vamos lá, todo mundo~!” (Rat)
“KWEEEH!”
“KYUAAAAAA!” (Gaelion)
“Espera, Gaelion?!” (Taniko)
“RAFU~!” (Raph-chan)

Numa nuvem de poeira, os monstros correram em direção da vila. Esta experiência será um bom despertador.

Minha posição sempre foi e sempre será ‘aqueles que não trabalham não comem’.

É o que eu penso quando eu percebo que o time de reconhecimento estava atrasado para chegar.

“Ah, vocês podem ficar em casa amanhã.” (Naofumi)

A representante do dito time, Imya, assustadamente se aproxima de mim.

“Você tem certeza?” (Imya)
“É, vocês ajudaram a animar o evento, e de qualquer jeito é natal. Será provavelmente mais divertido estar com todo mundo.” (Naofumi)
“Naofumi-sama, por favor tenha certeza de não exagerar nisso.” (Raphtalia)
“Está tudo bem, não está? Eventos foram feitos para serem aproveitados. Hmm… eu preciso pensar numa recompensa para o time de reconhecimento também.” (Naofumi)
Sigh” (Raphtalia)

No que eu digo isso, Raphtalia segura sua cabeça como se estressada.

“Imya.” (Naofumi)
“O que foi?” (Imya)
“Um tempo atrás, seu tio me ensinou como fazer a especialidade da sua cidade natal. Como uma recompensa, eu farei ela especialmente para vocês hoje.” (Naofumi)
“Ah, obrigada.” (Imya)

Bem, é um prato meio estranho, e eu não acho que eu posso servir ele na frente de todo mundo.

Então eu só farei um pouco para os Lumos do time de reconhecimento que trabalhou especialmente duro este mês.

Eles contribuirão bastante, então eu darei para eles um tipo de pré-celebração.

Vejamos, a comida que eles gostam é… bem, pratos que contenham minhocas e formigas. Eu acho que isto é o que você chama de iguaria.

Se você tem a coragem para comer ele, é aparentemente delicioso. Algo assim.

Parece ser popular com os Philorials e outros monstros que não ligam para a aparência da comida.

“Eu acabei de retornar.” (Itsuki)
“Fueee… o que é isto?” (Rishia)

Rishia e Itsuki chegaram com um mau timing.

Essas duas pessoas foram numa jornada para ver o mundo, e partiram depois do fim da onda.

Eles voltaram regularmente, mas ninguém me disse que eles estariam aqui para o natal.

Rishia encara o prato estranho com medo. Parece que ela ainda é bem assustada. (NT: Chamar ela de cagona seria feio…)

Esses dois estão cercados por uma aura amorosa. Eu não quero  me aproximar deles.

“Vocês planejam transformar esta noite sagrada numa noite profana?” (Naofumi)
“Claro que não. Tem uma banda por perto, eu gostaria que alguns hinos fossem cantados.” (Itsuki) (NT: É mais aquelas músicas de natal, mas eles chamam de hino, então…)
“…” (Naofumi)

Itsuki dá uma resposta digna do caráter dele.

“Melty e os súditos dela não estão aqui. Você terá que se virar com o povo da cidade. Se você quer alguém para cantar, peça à Firo.” (Naofumi)

E assim as pessoas se preparando para o natal tiveram uma celebração leve de antemão.

A propósito, Fohl ainda está dormindo na minha casa.

Quero dizer, ele realmente odeia o frio.

Pela comida, Sadina pegou alguns peixes largos no oceano então não tem problema.

Naquela noite, os aldeões trouxeram ingredientes para a a cozinha compartilhada, e eu cozinhei eles.

E desse jeito, o dia acabou.

Oh sim, e Firo acabou de fato cantando os hinos.

Parte 3 | Parte 5

Anúncios

2 respostas em “O Natal do Herói do Escudo Parte 4

  1. Pingback: O Natal do Herói do Escudo Parte 5 | Thyros Traduções

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s