Capítulo 168: Início do Duelo dos Evila e Gabranth

Faz tempo que não sai KnW, né? Acho que era a preguiça deste capítulo, que aliás, apesar de não ser grande, é o que mais enrolei para terminar, levando aí uns 3 dias de progressos bem variados… mas vamos lá – Este capítulo foi traduzido do Yoraikun (ele também usa o site do Net Blazer).


Capítulo 168: Início do Duelo dos Evila e Gabranth

“Muito bem então, não há muito tempo, então me deixe dar uma introdução simples. Primeiro aquela pessoa é minha Senhora, Liliyn.” (Silva) (NT: Lord. A palavra é LORD, mas mudei para senhora.)
“Eh… aquela criança é…” (Arnold)

Mesmo enquanto no meio de uma discussão, Liliyn repentinamente deu um olhar mortal, então ele imediatamente revisou suas palavras.

“E-então aquila primorosa princesa bela é…!” (Arnold)
“Sim, a propósito, nossa princesa tem um complexo sobre sua idade e altura, principalmente a aparência dela, então seria melhor se você tomasse cuidado com sua escolha de palavras.” (Silva)
“P-pode deixar…” (Arnold)

Muir também disse para si mesma para ser cuidadosa, no que ela acenou repetidamente ao lado de Arnold.

“E essa garota é uma que, como eu, está em serviço para Liliyn, Shamoe.” (Silva)
“E-eu sou Sh-Shamoe, shenhor!” (Shamoe)

Com uma corada em seu rosto, ela tentou cuspir palavras, mas ainda, ela mordeu sua língua. Para Muir sentir uma certa afinidade com ela era algo que podia talvez ser chamado de inevitável.

“E esta é Nikki-dono. Mesmo que ela pareça assim, ela é a discípula número um do Hiiro-sama.” (Silva)
“Prazer em conhecer vocês!” (Nikki)

Com um sorriso claro, Nikki se virou para eles.

“H-hah… discípula daquele Hiiro, isso é…” (Arnold)
“Is-isso só significa que coisas mudam com o tempo, Tio!” (Muir) (NT: E este é o momento que eu esqueço como a Muir chama o Arnold, mas em inglês está “Uncle”, então…)

Como se eles tivessem topado com um caso curioso, os dois encararam em espanto.

“E…” (Silva)
“A quanto tempo, vocês dois!” (Mikazuki)

Mikazuki ergueu sua mão no que ela falou, mas os dois pareciam perdidos.

“Eh… quem? O que é essa criança?” (Arnold)

No que Arnold murmurou isso…

“Bu~ Que cruel de vocês me esquecerem~! Mikazuki até ainda lembra de vocês levemente~!” (Mikazuki)

O rosto dela estava inflado no limite no que ela fez bico.

“Sua presença é só fina demais para perceber, Mikazuki!” (Nikki)
“Cala boca, Nikki!” (Mikazuki)

Contra o cinismo de Nikki, Mikazuki gritou com um rosto bem vermelho. Mas mesmo tendo aprendido o nome da jovem garota, nada parecia vir ao grupo de Arnold. E então, Silva ofereceu uma explicação.

“Na verdade, ela é uma existência que tomou forma humana pela mão do Hiiro-sama.” (Silva)
“T-tomou forma humana, você diz!?” (Arnold)
“Isto está correto. Ela era antes um monstro chamado Raidpic, e parece que ela encontrou com o grupo de Arnold-sama antes.” (Silva)

E então, Arnold lembrou. Eles haviam uma vez emprestado um Raidpic para ter uma carona perto do 【Reino das Feras Passion】.

“E-então você é aquela Raidpic daquela vez?” (Arnold)
“Isso mesmo! Vocês são todos cruéis; me esquecendo! Vovô e até Muir!” (Mikazuki)
“D-desculpa!” (Muir)
“V… vovô…” (Arnold)

Muir honestamente se desculpou, enquanto Arnold caiu em choque tendo seus ombros caindo por ter sido chamado de vovô.

“Finalmente, meu nome é Silva Plutis. É um prazer me tornar conhecido de vocês.” (Silva)

Ele educadamente curvou sua cabeça.

“Ainda assim… personificação e teleportação, parece que no que o tempo passa, está ficando ficando como se tudo valesse para aquele cara…” (Arnold)

O rosto de Arnold enrijeceu no que ele olhou para Hiiro.

“Nofofofofo! A propósito, Arnold-dono, por alguma razão, eu sinto a presença de algo similar à mim dentro de você.” (Silva)
É, você está certo! Meio que parece que eu posso entender você, ou…” (Arnold)
“Exatamente! Eu imagino porque! Nofofofofo!” (Silva)
“Quem sabe! Ahahahaha!” (Arnold)

Um laço desconhecido foi então formado entre o pervertido e o lolicon. Apesar deles terem acabado de se tornar conhecidos, como se eles fossem velhos amigos… não, um sentimento como se eles fossem almas gêmeas cercava-os.

Enquanto Muir estava hesitando sobre o que dizer em relação à reação química incompreensível, talvez no que a discussão acabou, Hiiro foi para lá.

“Hmm? Vocês ainda estavam aqui? Vão voltar logo para seu próprio lado.” (Hiiro)
“Nugu… v-você… mesmo quando nós acabamos de nos encontrar de novo, você realmente… é triste só quanto você não mudou, oy… e eu ouvi da Mestra que você veio para o país recentemente, mas ao menos nos dê uma palavra ou duas… pelo amor de deus…” (Arnold)
“Como se esse tanto fosse mudar em meio ano. E a razão de eu não encontrar vocês quando eu fui para o país era simplesmente porque vocês não estavam lá. Eu não sou culpado aqui.” (Hiiro)
“… bem, que legal de você…” (Arnold)
“Ahaha… isso parece realmente nostálgico.” (Muir)

Os dois soltam suspiros de exaustão.

“Oh certo, ossan, eu ouvi que você alegremente contou tudo sobre mim para aquele Rei das Feras.” (Hiiro)
“Eh, ah, is-isso é…” (Arnold)

Os cantos da boca de Hiiro levantaram, mas seus olhos definitivamente não estavam rindo. Das costas dele, uma aura negra era emitida.

“Parece que você deseja se tornar uma cobaia para minha magia pela primeira vez em um tempo, certo?” (Hiiro)
“E-espera um segundo Hiiro! E-eu definitivamente disse isso, mas v-você nunca sequer tentou entrar em contato, não é!?” (Arnold)
“… E?” (Hiiro)

Hiiro resmungou no que ele inclinou sua cabeça.

“H-hey! Nós éramos companheiros viajando juntos, então você não devia tentar nos contactar um pouco!? Com sua magia, seria fácil, certo!?” (Arnold)
“Como se eu soubesse. Isso parece um saco.” (Hiiro)
“U-um saco…” (Arnold)

A severidade da exclamação fez a mandíbula de Arnold cair.

“Hiiro-san!” (Muir)

Bem de repente, Muir gritou, então todo mudou virou seu olhar para ela.

“O que é, nanica?” (Hiiro)
“E-e-eu estava preocupada também! M-Mimir-chan também! E-e…” (Muir)

Muir olhou para o grupo de Liliyn.

“T-todo mundo com você parece estar se divertindo… e por alguma razão, há um monte de garotinhas…” (Muir)
“O que você disse?” (Hiiro)

Ela estava falando numa voz baixa, então isso não passou. Com um rosto vermelho, Muir falou mais alto.

“D-de qualquer jeito, é de certo modo frustrante! T-tio definitivamente falou de você como pagamento, mas é só porque ele se importa com você que ele sequer pensou em ficar quite com você!” (Muir)
“O-oy, espere Muir-san…?” (Arnold)
“Hmm… pagamento… entendo.” (Hiiro)

Arnold timidamente se virou para encarar Hiiro.

“Você se preparou, certo?” (Hiiro)
“H-hiiiiiiiiii!” (Arnold)

Hiiro escreveu uma certa palavra, e disparou ela no Arnold antes de ativar ela.

“Nãããããoooooo! Pare! Eu não tenho tais interesses! E-esse é meu importante… ah, ah, ah, nuuuuuuuuuuuuuuuuu!” (Arnold)

Vendo o rosto de Arnold ficar pálido no que ele se contorceu em agonia, Muir olhou vaziamente para Hiiro.

“O que, eu só mostrei para ele um pouco de um pesadelo.” (Hiiro)

Hiiro usou a palavra 『Sonho(幻)』 para atormentar Arnold sozinho com uma certa visão. Os conteúdos incluíam uma manada de homens musculosos oleados, entre outras coisas.

“Entendo! Para colocar de forma simples, neste momento Arnold-dono está cercado com um certos tipos de homens no que eles fazem isso e aquilo com o corpo dele? Ora, ora… que Inferno é isto.” (Silva)

Pela breve exposição de Silva, a expressão de Muir enrijeceu no que ela olhou para seu guardião.

E depois de um minuto ter se passado, o velho homem caiu no chão, completamente exausto.

“Você está arrependido?” (Hiiro)
“… Gusu… gusu… hic… eu não posso me tornar mais um noivo…” (Arnold)

Algo além da imaginação foi feito à ele. Lágrimas saiam de seus olhos sem cessar. Como era a forma de Arnold para pagar por seus erros, Muir permaneceu quieta, mas em seu rosto flutuou um sorriso desconcertado.

“Oy, nanica, aquela do laço azul não veio?” (Hiiro)
“Eh? L-laço azul? Você poderia estar falando sobre Mimir-chan?” (Muir)
“É.” (Hiiro)
“Oh, ela está junta com todo o resto.” (Muir)
“Então ela de fato veio.” (Hiiro)
“Na verdade, eu queria trazer ela até aqui, mas ela teve que ficar para trás, dizendo que era minha tão aguardada reunião.” (Muir)
“Bem, eu realmente acabei de encontrar ela no outro dia.” (Hiiro)

Nessas palavras, as orelhas de Muir tremeram.

“… Realmente injusto.” (Muir)
“O que é?” (Hiiro)
“Você realmente é injusto demais, para só encontrar Mimir-chan! Da última vez quando você veio, eu queria… encontrar você.” (Muir)
“… Bem, nós estamos nos encontrando agora, então não está tudo bem?” (Hiiro)
“I-isso pode ser verdade… mas…” (Muir)
“E eu determinei que seria melhor se nós nos encontrássemos aqui.” (Hiiro)
“Eh?” (Muir)
“Porque eu queria guardar a diversão para o final.” (Hiiro)
“Hiiro-san…” (Muir)

Naquele momento, no que a consciência dele havia finalmente retornado, com um rosto terrível, Arnold olhou para eles com seu rosto franzido.

“V… você… eu… eu vou te matar algum dia…” (Arnold)
“Se você acha que você pode, então tente.” (Hiiro)
“Foi culpa do Tio dessa vez.” (Muir)
“Muir~.” (Arnold)

Arnold chamou o nome dela como se ele estivesse confiando nela, mas Muir deu de ombros com resignação. Foi a observação fora de mão de Muir que instigou essa bagunça, mas como um pai amoroso, a alma de Arnold não o permite condenar ela por isso.

“Mais importantemente, quanto tempo vocês planejam ficar aqui? Vocês estão do lado inimigo neste momento. Vocês entendem o significado disso?” (Hiiro)

Os dois tomaram um fôlego profundo. E fazendo uma expressão estilo de negócios, Arnold falou.

“… Certo. Vamos lá, Muir.” (Arnold)
“Eh, ah… eu estou…” (Muir)

Muir não parecia saber o que ela devia fazer. Talvez ela queria ficar ao lado de Hiiro por mais tempo depois de finalmente ter se reunido com ele. Mas como ele disse, neste momento eles eram inimigos mútuos, e estar aqui não era algo que devia ser permitido.

E enquanto ela estava desse jeito, Hiiro se aproximou dela.

Ele levemente cutucou a testa dela com a ponta de seu dedo.

“Nanica, tenha certeza de me mostrar o resultado de seu meio ano de crescimento.” (Hiiro)

Ela ficou estonteada pelas palavras repentinas dele, e ela lentamente moveu sua mão para sua cabeça. Depois de tomar fôlego…

“Hai!” (Muir)

Ela deu uma resposta forte antes de tomar seu lugar ao lado de Arnold. Mas pouco depois, ela se aproximou de Hiiro de novo.

“H-hum, Hiiro-san.” (Muir)
“Sim?” (Hiiro)
“… Tem montes que eu gostaria de falar com você, então quando esta batalha estar acabada, você pode me dar algum tempo?” (Muir)
“O que?” (Hiiro)
“Principalmente sobre porque você ter tantas pessoas com pequenos corpos como o meu lhe seguindo.” (Muir)
“… P-por que você está tão presa nisso?” (Hiiro)

Ele sentiu um leve arrepio nas suas costas. Apesar que a imagem de um demônio espiando por cima do ombro de Muir deve ter sido a imaginação dele.

“Mimir-chan provavelmente tem muito para discutir com você sobre o assunto também, então nós pegaremos um pouco do seu tempo juntas, tudo bem?” (Muir)
“C-claro…” (Hiiro)

Muir deu um sorriso brilhante no que ela retornou para Arnold. Ele sentiu uma aura absurdamente opressora vindo dela, mas para ela ser capaz de liberar algo assim… ela com certeza cresceu, ele pensou.

“Hiiro, nós iremos lhe mostrar só quão fortes nós ficamos!” (Arnold)
“Você não precisa fazer nenhuma declaração dramática. Só vá logo.” (Hiiro)
“Ku… eu entendi! Você não poderia ao menos responder com ‘eu estarei esperando’ ou algo assim!?” (Arnold)
Tio-san, vamos lá!” (Muir)
“Sim~. okay Muir~!” (Arnold)
“… Então o Lolicon está em boa saúde.” (Hiiro)
“Eu não sou lolicon, tolo!” (Arnold)
“Nofofofofo! Eu sinto que eu irei me tornar melhores amigos com esse Arnold-sama.” (Silva)
“É! Eu gostaria de trocar bebidas com você uma vez, e falar sobre…” (Arnold)
“Vamos lá logo, tio!” (Muir)
“Ah, espere Muir!” (Arnold)

Puxado pela mão de Muir, os dois saíram.

“Fuu, como sempre ele é um homem sufocante.” (Hiiro)
“Apesar disso, pareceu que você estava tendo até que um pouco de diversão.” (Liliyn)

Liliyn direcionou um sorriso para ele, então o rosto dele se distorceu em desconforto.

“Hmm, certamente você está brincando… bem, isso realmente pareceu nostálgico.” (Hiiro)

E todo mundo sorriu no que eles olharam para ele.

“Parece que acabou sem conflito.” (Eveam)

Ouvindo as palavras de Eveam, que assistiu a troca de Hiiro com Arnold de longe, aqueles presentes inclinaram suas cabeças.

“Vossa majestade, aqueles indivíduos são…?” (Marione)

Eveam respondeu a questão de Marione.

“Os antigos companheiros de viagem de Hiiro, aparentemente. Ele disse que depois de ser transferido aqui, eles iriam provavelmente vir para estapear nele algumas vezes, mas que isso era um fenômeno natural. De tal modo, ele deu uma ordem estrita para não erguer uma mão neles.” (Eveam)
“O garoto… fez isso?” (Marione)
“É, e era o mesmo para o seu lado, não era, Rei das Feras?” (Eveam)

Os olhos dela descansaram naquele que imitou e não interviu, Leowald.

“Basicamente. Arnold disse que ele tinha que ir encontrar seu amigo, então eu aceitei. Talvez as palavras de Hiiro tivessem o mesmo significado.” (Leowald)

Parece que ambos lados receberam a mensagem.

“Bem, agora nós seremos capazes de começar com isto sem reservas… certo, Maou?” (Leowald)
“… Eu entendo.” (Eveam)

No que eles começaram a se encarar, o primeiro à abrir sua boca foi Eveam.

“Eu já ouvi os detalhes do seu método de duelo proposto, mas só para ter certeza, você poderia explicá-lo.” (Eveam)
“Entendido. O método de duelo é uma antiga tradição passada pela raça 『Gabranth』, uma chamada 《Agas Shi》.” (Leowald)

Um: duelos são feitos com números iguais em ambos os lados.
Dois: duelos consistem em cinco lutas individuais.
Três: delas, o time que ganhar três delas é o vencedor.
Quatro: uma batalha não é perdida até que o líder designado daquele time declara derrota.
Cinco: se quando tudo estiver acabado, ele acabar num empate, cada lado seleciona um único lutador para um duelo um-à-um.
Seis: o resultado é decidido assim que um lado se tornar incapacitado de lutar, ou um lado admitir derrota.
Sete: um indivíduo pode participar em batalhas até duas vezes, mas na segunda, ele não pode ser designado como líder.
Oito: participantes são selecionados com antecedência, e mudanças não são permitidas.

Tendo confirmado que não haviam problemas com os métodos, eles foram discutir o que aconteceria ao chegar no resultado.

“Já foi decidido pelo 《Rolo de Contrato》, mas o país perdedor ficará sob o comando do vencedor. Mas nós iremos respeitar o outro lado, e não haverá matança sem sentido. Isso está bem?” (Eveam)

No que Eveam falou com um espaço solene, Leowald retornou um pequeno aceno.

“Sim, nesta batalha, nosso lado tem uma vantagem esmagadora. Se nós perdermos, nós iremos obedecer, e humildemente entrar em seus postos. Similarmente se nós vencermos, nós não lidaremos com vocês de maneira irrazoável. Enquanto seu lado honrar o contrato, nós não voltaremos com nossa palavra. Eu juro pelo orgulho de todos Gabranth.” (Leowald)

Os Gabranth esperando atrás dele todos acenaram em uniforme. Eles tinham a determinação.

“Sim, nós não pediríamos por mais nada. Se nós ganharmos, nós deixaremos vocês saberem que nós verdadeiramente desejos por paz! Além disso, eu gostaria de formar uma verdadeira aliança!” (Eveam)

Depois que eles trocaram olhares por mais um pouco, um sorriso apareceu no rosto de Leowald.

“Entendo, eu acho que eu meio que entendo a razão que Hiiro se aliou com você.” (Leowald)
“… Eh?” (Eveam)
“Vocês são moles demais.” (Leowald)
“Uu…” (Eveam)
“Mas por alguma razão, eu sinto o desejo em lhe apoiar.” (Leowald)
“…” (Eveam)
“Esse é um talento natural que você nasceu tendo, garota. Tenha certeza de fazer bom uso dele.” (Leowald)
“Rei das Feras…” (Eveam)
“Mas nós seremos aqueles tomando a vitória desta vez!” (Leowald)
“Nós não perderemos também!” (Eveam)

Olhares passaram entre eles de novo.

“Muito bem então, vamos começar com isso logo.” (Leowald)

No que Leowald disse isso, Eveam ergueu sua mão.

“Eu gostaria que você esperasse um pouco. Pelo nosso acordo, nós iremos liberar uma porção dos nossos prisioneiros de guerra.” (Eveam)
“Mu?” (Leowald)
“Contudo, transportar eles em grandes números é provavelmente melhor se deixar com Hiiro, então nós iremos emprestar ele pera vocês para isto.” (Eveam)

Ele virou seus olhos para os soldados e achou a forma de uma Crouch algemada entre eles. Na jaula o pelo dela havia ficado branco, e sua estatura como aquela de uma garotinha, mas agora o corpo dela estava envolvido em escuridão como uma pantera negra.

“Oh, agora que você mencionou isso, eu tinha esquecido.” (Leowald)
“Leowald-sama… que cruel nya.” (Crouch)
“Gahaha! Foi uma piada, uma piada! Não, mais do que isso, eu planejo em ter você participando também. Você consegue lutar?” (Leowald)

Com isso, os cantos da boca de Crouch subiram sem medo.

“Claro, nya.” (Crouch)
“Mas mesmo que isso tenha sido decidido com antecedência, você tem certeza que está tudo bem, Maou?” (Leowald)
“Sim, só tem sentido em derrotar vocês quando seus poderes estão no pico.” (Eveam)
“Hmm… interessante. Então nós iremos usar tudo que nós temos para lhe opor.” (Leowald)

Dizendo isso, ele tirou um pedaço de papel de seu bolso no peito. Nele, os nomes daqueles prontos para participar estavam escritos.

“Nofofofofo! Então daqui em diante, eu, o neutro Silva irei tomar controle!” (Silva)

Silva havia de algum modo aparecido repentinamente entre os dois lados, colocando todo mundo num susto.

“S-Silva-dono!?” (Eveam)

Eveam inintencionalmente soltou uma voz alta.

“… Quem é você?” (Leowald)

Leowald perguntou com uma voz receosa.

“Não, não, eu sou apenas um humilde mordomo.” (Silva)

Leowald mandou um olhar para Eveam como se procurando por uma explicação, então Silva começou a explicar exatamente o que era a posição dele.

“Entendo, então pegue isto.” (Leowald)

O papel foi entregue.

“Eu gostaria que você ficasse encarregado do nosso também, Silva-dono.” (Eveam)
“Certamente.” (Silva)

Ele abaixou sua cabeça, antes de pegar um papel de Eveam que havia tirado ele de seu bolso no peito também. Em ambos os papeis, ele confirmou os nomes daqueles que iriam participar no primeiro round.

“Muito bem então, me deixem anunciar os participantes do primeiro round deste 《Agas Shi》! Primeiro, do lado 『Evila』 é Marione-dono.” (Silva)

O lado Gabranth começou a ficar barulhento, no que um nome grande foi anunciado no primeiro round. Mas o fato que apenas um único nome foi anunciado significava…

“Do lado 『Gabranth』 é…” (Silva)

Os olhares duvidosos de todos se juntaram em Silva, que inintencionalmente encarou a folha.

“Ehem, me desculpem. Do lado 『Gabranth』 é… Rei das Feras Leowald-dono!” (Silva)

Não apenas o lado 『Evila』, o lado 『Gabranth』 que não sabia a ordem caiu em silêncio também.

Entre eles, os únicos com sorrisos agradáveis flutuando em seus rostos eram Marione e Leowald.

Anúncios

16 respostas em “Capítulo 168: Início do Duelo dos Evila e Gabranth

      • Eu imagino o que vai acontecer se o hiiro ficar com uma dessas lolis, sendo que todas são de raças que vivem mais que ele… Tipo…

        Valeu pelo cap!!!

        Curtir

          • Tipo, mas o efeito colateral pode ser perigoso tb, ou pode ser humanamente impossivel. Se “adormecer” demora para usar, rejuvenecer deve ser 3 meses escrevendo, alem de que ele não usa a palavra morte pois pode ser arriscado, imagino que tenha seus riscos em rejuvenecer tb. A velhota do começo da novel falou que é arriscado usar magia unica sem entende-la corretamente e por isso a maioria de seus usuarios acaba morrendo

            Curtir

        • A habilidade dele é muito hack, e ainda não vimos o potencial dela toda, pode ocorrer de ele conseguir usar alguma habilidade onde interfere com a vida dele a ponto de aumentar o tempo de vida e etc…

          Curtir

            • Sim a única treta possível para o poder dele seria a repercussão/refluxo, mas como o poder dele só tende a evoluir cada vez mais, e a repercussão só é causada caso os requisitos não tenham sido cumpridos, então tudo indica que ele futuramente será um hack imortal, se brincar ele terá magia suficiente pra mandar quem ele quiser de volta pro mundo dele e vice-versa.

              Curtir

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s