Capítulo 263 – Inspeção Surpresa

Este capítulo foi traduzido do Yoraikun.


Capítulo 263 – Inspeção Surpresa

Então agora, hoje eu decidi realizar uma inspeção surpresa nas residências dos escravos e heróis.

O motivo sendo para ter certeza que eles não tragam algo estranho de novo.

Mesmo que nós possamos absorver coisas na minha arma, tirar elas é difícil, então propriedade pessoal deve ser mantida segura.

Água Mágica e água Espiritual são inesperadamente fáceis de compor, e até que alguns itens úteis vêm de drops de monstros.

Mas outros drops e materiais precisam ser mantidos separados, ou nós não seremos capazes de achar eles quando forem necessários.

Eu avisei Ren e Motoyasu para não confiarem demais nas habilidades de composição das armas deles, então eles devem ter alguns materiais por aí.

E, eu não quero eles monopolizando itens raros.

Coisas como essas serão confiscadas.

Para essa inspeção, eu estarei investigando por trás das costas de todo mundo.

“Naofumi-sama, o que você está fazendo?” (Raphtalia)

Eu estava no meio de invadir secretamente na Planta Acampamento que nós erguemos para Ren.

Eu me viro para achar Raphtalia me olhando com olhos duvidosos.

“Eu estou investigando se o Ren está ou não escondendo qualquer coisa bacana.” (Naofumi)

“Hah… isso é… eu entendo. Naofumi-sama é só esse tipo de pessoa.” (Raphtalia)

Apesar da expressão dela indicar que ela quer desistir, Raphtalia me segue.

Ela provavelmente tem algo para dizer, mas ela segura isso dentro dela.

Eu ainda tenho a impressão que eu estou fazendo algo errado, então eu acho que eu não estou completamente sem consciência humana ainda.

Há pessoas que me elogiam não importa que coisas malignas eu faça, então eu estou começando a me perder.

Invasão e entrada ilegais, assim como furto, são marcas registradas de Heróis.

Maioria dos Heróis que eu conheço são infratores habituais.

Mas… isso só em jogos.

O primeiro quarto que eu checo é o do Ren.

“Fumu… não tem realmente nada aqui.” (Naofumi)

É um quarto cru com uma mesa e uma cama. O Tio da Imya também ensinou ele um pouco de forja, então há algumas espadas quebradas e minérios espalhados por aí.

Na mesa tem um caderno que ele parece estar usando para praticar escrita.

Parece que ele está estudando diligentemente.

Agora que eu penso sobre isso, é impossível para o atual Ren ter posse de Itens Raros.

A maldição diminui a sorte dele, e ele não consegue nenhuma EXP.

“Esse é o quarto do Herói da Espada?” (Raphtalia)

“É, Ren está usando este quarto.” (Naofumi)

Mas ele não vem muito para este quarto.

Ele normalmente fica em volta da Knight Feminina ou Taniko.

Não parece que ele tem quaisquer itens escondidos, então eu acho que é isso.

“É mais limpo do que eu imaginei. Ele está estudando Metalurgia?” (Raphtalia) (NT: Acho que essa é nossa tradução para Blacksmithing, o trabalho dos Ferreiros)

“É, eu deixei isso para ele. Ele parece estar aprendendo diligentemente.” (Naofumi)

Isso é uma espada de cobre? Eu acho que ele fez ela para praticar.

Como ele não tem sorte, sua criação não é a melhor.

A mesa tem alguns diagramas para designs de espadas.

Eles são como os que faço para acessórios.

Imaginando se ele tinha alguma história negra envolvendo Chuuni, eu olho por eles. (NT: Chuunibyou, aquela ‘doença da oitava série’ e tal)

Mas infelizmente, eu não acho nenhuma sujeira.

Em retaliação, eu olhei debaixo da cama por pornô, mas novamente, nada.

Ele não é divertido mesmo.

“Naofumi-sama, se você perdeu interesse, você não tem que procurar.” (Raphtalia)

“Estava aparente na minha cara?” (Naofumi)

“Sim.” (Raphtalia)

Fuu… bem, como eu estou começando a agir como um ladrão, é melhor encerrar aqui.

Ren está limpo.

Eu irei checar os Heróis na ordem. Então depois é Motoyasu.

Motoyasu tem uma casa construída fora da vila, próxima ao estábulo de Philorial.

Ele vive com suas três iniciais.

A propósito, é um prédio meio grande.

Eu sou o designer.

Apesar que é só uma casa temporária baseada em Planta Acampamento.

Atualmente, Motoyasu está transportando Witch, então ele não está dentro.

Se eu quero procurar, eu não terei uma hora melhor.

Eu não consigo aguentar lidar com ele depois que ele ficou insano. Apesar que, eu não conseguia lidar com ele antes também.

“Essa é a casa do Herói da Lança? Ele parece bem diferente de quando eu vi ele no castelo.” (Raphtalia)

“É, ele irá chamar qualquer mulher como porca, e criar Philorials se tornou o sentido da existência dele.” (Naofumi)

“…” (Raphtalia)

Eu falo enquanto desfaço a trava da casa.

Nessa vila, travas não possuem sentido perante mim.

“Naofumi-sama, eu acho que você devia aprender sobre algo chamando privacidade.” (Raphtalia)

“Aqueles heróis não tem o direito à privacidade.” (Naofumi)

Quero dizer, eles são atualmente criminosos.

Eu não sou nenhum demônio. Eu não irei pegar nada sem motivo.

Se for só algo como pornô, eu irei deixar como está.

“Hah…” (Raphtalia)

O suspiro da Raphtalia é bem pesado.

De qualquer jeito, eu estou na casa do Motoyasu.

A entrada leva para uma sala de estar mixa com cozinha.

É muito mais organizado do que eu pensei que seria.

Eu lembro Midori e as outras duas dizendo algo sobre limpar o lugar.

Das três, eu acredito que Midori é aquele mais confiável em coisas assim.

Apesar que o fato que o único macho no grupo é assim é estranho em si.

Não, Midori que é o estranho? Dado o gênero dele, ele ainda mira no Motoyasu.

E do espaço de convivência dividida, a casa se divide em quatro quartos.

Cada quarto tem algo desenhado sobre ele: uma pena vermelha, uma pena azul, uma pena verde e finalmente uma lança.

Eu acho que cada quarto é designado individualmente.

Sem nenhuma hesitação, eu prossigo para desarmar a trava no quarto com a lança.

Por algum motivo, há três pares de travas nele.

A segurança dele está me deixando curioso.

Poderia ser que o comportamento dele é um ato, e ele está planejando armar para mim de novo?

A porta se abre.

Dentro está um quarto excedentemente ordinário, apesar ter alguns bens de Philorial aqui e ali.

Parece que não tem cama.

Motoyasu dorme abraçado com Philorials, então eu acho que uma cama é desnecessária.

“Esse quarto parece legal.” (Raphtalia)

“Sim… mas…” (Naofumi)

Algo está estranho.

Esse quarto é muito mais estreito que aquele que eu desenhei na planta de construção da casa.

Deve ter alguma passagem secreta em algum lugar, mas… achar ela é um saco.

「Modificação de Emergência, Criação de Porta」

Eu instruo a Planta Acampamento para criar uma porta.

Com um *creak*, uma porta é feita.

“… Não há privacidade perante Naofumi-sama, há?” (Raphtalia)

“Sim, dentro de uma casa de Planta Acampamento, não há nenhuma.” (Naofumi)

Caso contrário, não teria como eu deixar Ren e Motoyasu viverem tão livremente.

Eu penso no que eu abro a porta.

“Isso é-” (Naofumi)

Eu fecho a porta.

“Naofumi-sama?” (Raphtalia)

Eu coloco minha mão nas minhas sobrancelhas e penso.

‘Há algumas coisas neste mundo que são melhores deixadas desconhecidas’.

É o que eu realmente pensei.

“Qual o problema?” (Raphtalia)

Eu silenciosamente indico para Raphtalia abrir a porta.

Entendendo a situação, Raphtalia toma um fôlego profundo e abre ela.

“Mah…” (Raphtalia)

Raphtalia está sem palavras.

Certo, como esperado, o quarto secreto do Moyoyasu… estava colorido com Firo.

No sentido literal.

As paredes eram cobertas com desenhos à mão da Firo, e eles até iam até o teto.

Numa mesa está uma grande pilha de cadernos.

Espalhados em volta deles estão desenhos da forma de pássaro e da forma humana, todas as formas de Firo.

Ele é na verdade meio bom…

Aquele cara tem um rosto legal, ele é um Herói, ele pode cozinhar e ele pode desenhar.

Se ele fizesse algo sobre aquela personalidade, ele seria ridiculosamente popular.

Não, ele realmente era bem popular.

Mas, a vida amorosa do Motoyasu não realmente importa para mim.

Eu desligo meus pensamentos inúteis e olho pelo quarto mais uma vez.

Cada canto do quarto está salpicado com penas de Philorial, e a cama… não, aquilo é um boneco de pelúcia tamanho real da Firo (Forma Philorial) que tem um boneco de pelúcia tamanho real da Firo (Forma Humana) no topo.

Usando esses dois, poderia ele…

Não, pensar sobre isso é perigoso. Eu não preciso olhar nisso tão fundo.

Os estufamentos dos bonecos parecem ser penas caídas da Firo.

Uu… o quarto inteiro cheira à Philorial.

“O-o que é isso!?” (Raphtalia)

Raphtalia toma um fôlego profundo e grita com um rosto pálido.

Eu sou da mesma opinião.

“Este é o quarto do stalker da Firo. Não, talvez seja o quarto de um Yandere.” (Naofumi) (NT: Stalker é perseguidor, mas me dói traduzir isso… e Yandere é aquela pessoa que ama tanto alguém que é capaz de matar por ela… literalmente, é louca e obsessiva)

Por que o odiador de Yandere se tornou o Yandere?

Eu tento abrir um dos livros.

Por algum motivo, eu ouço um guincho agudo atrás de mim.

Dentro, rascunhos da Firo estavam bem presos juntos.

E eu abro outro livro… parece ser um Ero Doujin baseado na Firo.

Por que ele tem até um para a forma de pássaro dela? E ainda mais, a habilidade dele é incrível.

O personagem masculino nesses é o Motoyasu? Não, tem alguns com tentáculos também…

“Firo não está em grave perigo?” (Raphtalia)

“Aquela Firo? Motoyasu mostra obediência absoluta para Firo. Ele está sob a ilusão que ela irá se apaixonar por ele um algum dia.” (Naofumi)

“M-mas até aquele homem é um Herói. Ele pode forçar Firo à fazer coisas assim.” (Raphtalia)

“Eu não acho que isso vai acontecer.” (Naofumi)

Mesmo que ele tente se forçar na Firo, Firo pode se defender.

Ele não encosta mãos naquelas três, então eu não acho que ele vai quebrar em breve. Eu espero.

“E se eu tentar confiscar qualquer dos itens aqui, eu temo pelo futuro.” (Naofumi)

“… Certo.” (Raphtalia)

Isso é mais provavelmente onde Motoyasu mantém todos seus desejos acumulados.

Se eu tentar suprimir eles, ele pode explodir.

Neste momento, manter o status quo parece ser o melhor.

De qualquer jeito, eu não tinha que ver isso.

A loucura do Motoyasu é sem fim.

… Por hora, me deixe ir checar os outros três quartos.

O resultado: mascotes tendem a lembrar seus mestres.

Se Motoyasu tiver um surto, aquelas três irão provavelmente resolver isso.

“Próximo é Itsuki.” (Naofumi)

“Umm… nós não podemos parar nisso?” (Raphtalia)

“Se eu deixar ele sem ser checado, ele pode fazer algo problemático.” (Naofumi)

Eu não vou deixar você dizer que esqueceu do quarto do Motoyasu.

Ver o que eles estão planejando e tomar contra medidas é vital.

“Mas, você deixou o Herói do Arco para Rishia-san, não deixou?” (Raphtalia)

“É, mas não seria piada se ele trouxesse Rishia para o lado dele.” (Naofumi)

“Hah…” (Raphtalia)

Mas Itsuki não esteve aqui muito tempo, então ele provavelmente não tem muito lá.

Rishia está constantemente observando ele, então ele não irá fazer nada estranho.

Hoje, ele saiu com Rishia para ajudar em upar os escravos.

Como ele foi amaldiçoado para ser um Homem de Sim, ele não irá fugir nenhum momento em breve.

E então, nós prosseguimos para a casa do Itsuki e Rishia.

Para Rishia, isso é o ninho de amor dela?

Eu disse para ela não fazer nada imoral, então será provavelmente tudo bem.

“Fumu… tudo limpo.” (Naofumi)

“É. E essa não é a casa da Rishia-san? Eu não acho que você irá achar nada.” (Raphtalia)

Bem, Rishia esteve aqui desde que a vila começou.

A personalidade dela parece bem leal, aquela garota.

O lugar parece ser limpo regularmente.

Os quartos são decorados com armas e armaduras, e isso dá a impressão da casa de um aventureiro.

Dentro do quarto está uma única cama larga.

Eles dormem juntos?

É uma casa ordinária sem nada fora do lugar.

Eu imagino que coisas divertidas Itsuki irá dizer sobre viver aqui depois que a maldição dele sair.

“Naofumi-sama? Você está pensando em algo estranho de novo?” (Raphtalia)

Imaginando Itsuki ficando preso em apostar e lentamente destruir as poupanças da Rishia, levando ao colapso da família, coloca minha mente levemente em paz.

Afinal das contas, Itsuki abandonou Rishia, fugiu para cometer um crime, e voltou depois que nós espancamos ele.

“Naofumi-sama! Se controle!” (Raphtalia)

“… O que?” (Naofumi)

Eu só estou me indulgindo em algumas fantasias agradáveis, mas Raphtalia me dá bronca.

Quero dizer, Itsuki não está se arrependendo nem um pouco, e ele não consegue pensar nada no momento.

Apesar que eu admito que pela minha imaginação, que eu sou lixo. (NT: Palavra diferente da do Lixo ou da nobreza podre em si)

Anúncios

7 respostas em “Capítulo 263 – Inspeção Surpresa

  1. Em “Se Motoyasu ter um surto,” não era pra ser “tiver” em vez de “ter” ?
    Me pergunto como o Gaelion reagiria se visse o quarto do Motoyasu…kkkk
    Obrigado pelo cap >w<

    Curtir

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s