Capítulo 186 – Fúria de um Dragão

O que aconteceu ontem, que numa plena segunda-feira tive aqui 592 visualizações, 104 visitantes (Brasil, EUA, Argentina e Colombia) e 18 likes? Para ter uma noção, no domingo os números foram, na mesma ordem: 344, 88 (Brasil, Argentina) e 0. Este capítulo foi traduzido do Yoraikun: http://bit.ly/1MHHy6F


Capítulo 186 – Fúria de um Dragão

Aparentemente, um grupo de mercadores demi-humanos foram atacados enquanto passavam pela cordilheira do Gaelion.

Claro, Gaelion não ia deixar os culpados saírem livres.

Mas antes que ele pudesse fazer qualquer coisa, uma demi-humana fêmea veio correndo até sua caverna com um bebê nas mãos. Ela caiu na entrada.

“Fumu, o que você está fazendo na frente da minha caverna. Dependendo da sua resposta…” (Gaelion)

A visão da mulher estava ficando embaçada. Ela não podia ver com quem ela estava falando, mas ela ainda sorriu e segurou o bebê alto com as últimas de suas forças.

“Graças à deus. Tinha alguém aqui… nós fomos atacados nessas montanhas, e eu de algum jeito cheguei aqui… eu te imploro, por favor, pelo menos, salve essa criança…” (Demi-Humana Feminina)

“Nu…” (Gaelion)

“Este é um país duro para demi-humanos. Eu entendo que eu estou pedindo por muito, mas… eu te imploro.” (Demi-Humana Feminina)

E com suas mãos trêmulas, a mulher tenta passar a criança. A vista dela está lentamente deixando ela.

Ela não percebeu que aquele com quem ela estava falando não era nem humano.

“… Eu entendo. Eu devo cuidar de tua criança com minha vida.” (Gaelion)

Gaelion escuta ao último desejo da mulher. Ele pega a criança com suas garras massivas.

“Obri… gada. O nome daquela criança é… Win… dea…” (Demi-Humana Feminina)

Depois de dizer isso, a mulher parou de se mover.

A única coisa mantendo a força vital dela era o desejo dela de proteger o bebê.

“Fuhihi… então ela correu até aqui.” (Bandido)

Os bandidos que tinham atacado ela mais cedo chegaram.

Eles eram tolos que simplesmente perseguiram sem ver para onde eles estavam indo.

Era para ser uma história famosa circulando essa região.

Um dos Dragões Malignos que fez sua casa nessas terras.

“Uma promessa é uma promessa. Eu acho que eu não tenho escolha.” (Gaelion)

“Eh? Mah–!?” (Bandido)

Antes que os bandidos pudessem dizer mais alguma coisa, Gaelion soltou um ataque de Sopro.

E os ladrões foram reduzidos à cinzas imediatamente.

“Então agora. Proteger minha terra leva a maioria do meu esforço… o que eu devo fazer com isto?” (Gaelion)

Desse jeito, Gaelion começou a criar o bebê.

Com a ajuda dos outros monstros habitando a área, ele cuidou da Windea, enquanto protegia sua terra. (NT: Há uma nota paralela que esses monstros são amantes do Gaelion)

E por causa disso, Windea… isso é um saco. Taniko aprendeu a tratar monstros como família.

Parece que Gaelion teve muitas crianças.

E ter uma demi-humana entre eles não machucou.

A história depois disso foi para o diário do Kogaelion, então eu irei omitir isso. (NT: É um jeito rápido de separar; Gaelion é o pai da Taniko, Kogaelion é o que fala ‘KYUA!’)

De qualquer jeito, Gaelion esquisitamente criou Taniko.

Ele aprendeu a tratar ela com amor, mas um dragão criando uma demi-humana ainda é difícil.

Melromarc sempre teve uma tradição de absolutismo humano, e Gaelion de algum jeito queria dar para Taniko felicidade humana.

Mas por causa disso…

Naquele dia, Gaelion deixou Taniko aos cuidados dos outros monstros, e foi dar uma volta.

“O Dragão infestando esta terra é você, certo!?” (Ren)

Uma pessoa empunhando o que parecia ser uma espada mágica, e seus companheiros, apareceram.

Ocasionalmente, alguns humanos atacavam o covil do Gaelion em busca do seu tesouro.

Apesar dele entender linguagem humana, não tinha realmente motivo para Gaelion conversar com esses ladrões.

“GYAOOOOOO!” (Gaelion) (NT: Não confundam, o Kogaelion faz ‘KYUA’, é totalmente diferente)

Com o grito de uma besta, Gaelion ataca esses humanos.

Mas os oponentes dele eram fortes demais.

O Humano tinha de algum jeito obtido uma espada anti-dragão, e cada acerto dela colocava Gaelion em grande dor.

Gaelion percebeu isso.

Que esse era um dos humanos invocados. O Herói da Espada.

A luta em si levou cerca de 30 minutos.

As propriedades da espada colocaram Gaelion numa desvantagem, então ele queria recuar.

Mas na caverna dele estava Taniko, e os monstros cuidando dela.

Se ele corresse para lá…

Os monstros iriam provavelmente ficar bem. Eles eram habitantes dessa montanha, e tinham a habilidade para fugir.

Mas Taniko era diferente.

Se esse fragmento covarde do Imperador Dragão fosse fugir aqui, então ela iria provavelmente confrontar o Herói… e perecer.

Ele pensou em qual era seu crime. Era sua própria existência.

Só por proteger seu território, ele atraiu humanos avarentos sedentos pelo seu tesouro.

Gaelion sentiu grande ressentimento.

Nos últimos momentos da sua vida… Gaelion encarou o rosto do Herói da Espada.

Aqueles não eram os olhos de alguém que está preparado para morrer lutando.

Ele estava matando ele como se isso fosse simplesmente um trabalho.

Enquanto Gaelion estava lutando apostando sua vida, este homem estava simplesmente fazendo um trabalho.

A irracionalidade fez ele pensar que ele estava ficando insano.

O preocupado, choroso rosto da Taniko.

O levemente solitário rosto da Taniko quando ele saiu.

O alegre rosto da Taniko quando ele voltou para casa.

Ele não podia mais ver nenhum destes.

Os fragmentos do Imperador Dragão são imortais.

Mas quando ele irá reviver? Não há garantias que ele irá algum dia sequer ver Taniko de novo.

Se alguém fosse extrair seu núcleo e usá-lo, então renascimento seria impossível.

E com aqueles pensamentos de raiva e desespero, Gaelion morreu.

Por sorte, seu núcleo não foi levado.

De dentro do núcleo do seu corpo inanimado, ele quietamente esperou por sua ressurreição.

Ele esperou, e esperou. Mesmo quando seu corpo começou a apodrecer.

Gaelion desejou. Se apenas alguém viesse para ajudar levar sua alma.

Mas esse desejo nunca se realizou. Seus amigos na caverna tinham sido provavelmente exterminados por esta hora.

Eventualmente, ele parou de pensar de vez, e os instintos do seu núcleo tomaram conta.

Ele não podia mais ouvir rima ou razão.

Seu corpo começou a se mover contra sua vontade.

Gaelion não conseguia mais perceber o mundo externo ou falar.

E tudo que cercava ele era terra suja.

Taniko e os outros estavam mais provavelmente mortos.

Quando ele finalmente reganhou seus sentidos, ele presenciou uma Philorial comendo seu núcleo. Era o fim.

-Ele não mais se importava com reputação ou orgulho.

Só um ataque era o suficiente. Ele só queria dar ao Herói da Espada alguma forma de retribuição.

“Mas aquele que eu encontrei era o herói do Escudo. Eu observei e esperei pela minha oportunidade de dentro do seu escudo.” (Gaelion)

“E eu convenientemente obtive um ovo de Dragão, então você tentou mudar sua consciência para lá?” (Naofumi)

“Basicamente. Mas eu nunca esperei achar Windea viva aqui. Minha sorte foi boa.” (Gaelion)

Gaelion se vira para Firo.

Era uma longa história, então Atlas está dormindo.

Se alguém dizer uma história enquanto você está deitado, você irá tender à cair no sono.

“Como esperado do corpo de uma Philorial. Você foi capaz de conter meu poder e manter controle sobre seu corpo, você é alguém meio problemática, sabia?” (Gaelion)

“Hmph-!” (Firo)

Firo mostra hostilidade abertamente para Gaelion.

“E? Como Taniko veio para essa vila? Eu só comprei ela do Slave Dealer, então eu não tenho ideia.” (Naofumi)

“Eu posso chutar. Depois que o Herói da Espada me matou, os aldeões provavelmente vieram até minha caverna pelo meu tesouro. Eles massacraram todos os monstros lá e venderam Windea junto com os ovos ali. Ela de fato tem um rosto bom.” (Gaelion)

Ah, ovos de Dragão são bem valiosos, então eles provavelmente foram vendidos.

Eu estava suspeitando como os aldeões na área estavam tão ricos.

Eles estavam basicamente recebendo o que mereciam.

Mas isso é só do ponto de vista de um dragão.

Honestamente, humanidade é uma raça que só vê coisas unilateralmente, e comete crimes sem remorso baseado nesse julgamento arbitrário.

Eu aprendi isso eu mesmo aqui.

Caça de monstro pode ser considerada massacre sem piedade do ponto de vista do monstro.

“Você não terá minha simpatia.” (Naofumi)

“Eu sei. Quanto tempo tu achas que eu habitei em teu escudo? Este mundo é baseado na Sobrevivência do Mais Forte, e eu acho que eu estou resignando. Eu não posso perdoar aquele que me matou sem nenhum pensamento e deixou meu corpo para apodrecer, mas eu já entreguei retribuição para muitas almas.” (Gaelion)

Houveram muitas casualidades na vila empesteada.

Eu acho que essa foi a retribuição dele.

“Eu estava simplesmente esperando pelo meu próprio revivimento. E agora eu fui dado um corpo aqui.” (Gaelion)

“Sim, sim. Se você não pretende me servir, então você pode pegar Taniko e sair. Caso contrário, eu não me importo em perdoar você por todo o problema que você nos causou.” (Naofumi)

“Eu nunca disse que eu não desejo servir-te. O dono desse corpo parece ter tomado um gosto por ti.” (Gaelion)

“Mestre é da Firo!” (Firo)

“Quieta, futura Rainha! Ele que ganhar é o vencedor! Dessa vez, eu devo obter o favor do herói, é  o que o dono deste corpo diz.” (Gaelion)

“Mu…!” (Firo)

“Meu favor…” (Naofumi)

Meus mascotes parecem estar lutando por mim.

Se eles ficarem muito chatos, devo chutar eles para fora?

Mas Firo está atualmente aqui como uma medida contra Atlas, então eu não posso realmente chutar ela para fora.

“Então, no fim, o que você quer fazer?” (Naofumi)

“Eu desejo juntar os Fragmentos e obter a força do verdadeiro Imperador Dragão.” (Gaelion)

“Rejeitado. Isso soa muito problemático. Faça isso sozinho. Eu não tenho obrigação em fazer isso.” (Naofumi)

“Wa, você rejeitou ele bem direto, Naofumi-chan.” (Sadina)

“A habilidade do Conde de fazer decisões é incrível. Ele pode dizer isso mesmo quando ele está oferecendo tanta informação sobre Dragões.” (Rato)

“Informação? Acha que você pode escrever um relato disso?” (Naofumi)

“Eu não acho que alguém iria acreditar nisso. Nós não podemos realmente escrever este cara como uma fonte credível.” (Rato)

Gaelion finalmente se recupera da minha rejeição repentina. Ele começa a falar.

“Você não pode ao menos me escutar?” (Gaelion)

“Rejeitado.” (Naofumi)

“Então eu irei apenas falar, e você pode escolher se vai escutar ou não. Eu desejo me tornar mais forte. Meu receptáculo também deseja por isso. Nós iremos provavelmente ficar muito mais forte do que eu era enquanto vivo.” (Gaelion)

“Então isso não está bem? Por que você precisa procurar pelos Fragmentos do Imperador Dragão?” (Naofumi)

“As ondas de calamidade estão causando os fragmentos à se juntarem.” (Gaelion)

“Hmm… como inimigos invocados?” (Naofumi)

“Não, como os mundiais…” (Gaelion) (NT: É o que deu para fazer, era para ser algo do mundo, mas omitindo o ‘algo’)

“Qual o problema?” (Naofumi)

“Essa é toda a informação que eu tenho dos fragmentos. Tudo que eu sei é que eles estão se juntando para preparar para um evento grande.” (Gaelion)

“Entendo.” (Naofumi)

“Se eu ganhar lutas contra os outros fragmentos, então eu posso ganhar mais e mais do poder do Imperador. E aqui eu juro, que eu irei usar esse poder pelo seu bem.” (Gaelion)

“Claro que você irá. Se você não fosse me emprestar sua força, eu não iria te deixar ter poder em primeiro lugar.” (Naofumi)

“Mu… só me escute. Se você me ajudar à me tornar mais forte, então eu irei lhe conceder o conhecimento do Imperador Dragão.” (Gaelion)

“Eu não realmente preciso do conhecimento das pessoas que você espancar…” (Naofumi)

Eu não acho que esse acordo é muito credível.

“Mesmo que seja o conhecimento esquecido sobre como superar o limite do Level 100?” (Gaelion)

Anúncios

7 respostas em “Capítulo 186 – Fúria de um Dragão

  1. Amigo gostei de seu trabalho entendo q traduzir e difícil no momento estou lendo em inglês, gostei muito desse novel e do mangá se quiser posso te ajudar a traduzir capítulos.

    Curtir

    • Se quiser ajudar, só me mandar um e-mail (thyrostraducoes@gmail.com), que eu tenho uma planilha onde tradutores podem escolher seus capítulos (caso não queiram se envolver com Baka-Tsuki e tal) e fazer em paz xD -> mas se não quiser, não tem problema xD

      Curtir

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s