Capítulo 51 – Terceiro Desastre

Este capítulo foi traduzido do Baka-Tsuki: http://bit.ly/1vxzVFK


Capítulo 51 – Terceiro Desastre

Hoje é o dia que o Oyaji termina de criar o equipamento que eu pedi.
Nós chegamos quando a loja abre.

“Oh, é o guri. Você com certeza é cedo.” (Oyaji)
“Eu acho. Então, como está? Você foi capaz de terminar aquilo?” (Naofumi)
“Claro. A propósito, sua panela de comida se tornou um tópico enorme por algum motivo?” (Oyaji)
“Como eu iria saber? Pergunte para o cara que está espalhando o boato.” (Naofumi)
“Isso é impossível…” (Oyaji)

O Oyaji traz nossa armadura dos fundos da loja.
Em vez de fazer uma roupa bárbara por costurar os ossos nela, os ossos de dragão e quimera foram moídos em um pó para fazer uma malha de ossos. Provavelmente.
É como roupas de Hokuto no Ken Mark 2. (NT: Hokuto no Ken é um mangá/anime clássico, eu li ele, mas eu não achei em específico o que seria esse Mark 2; mas as roupas de Hokuto no Ken passam a vibe que o Naofumi pensa dessas armaduras bárbaras)
A propósito, isso é chamado de roupa de corrida ou roupa de piloto?

“Oyaji, você quer me fazer o rei dos ladrões tanto assim?” (Naofumi)

Pode ser porque originalmente os materiais foram feitos para serem feitos numa armadura selvagem tribal.

“Huh? O que você está dizendo, guri?” (Oyaji)

Já sobre usar isso… apesar desse ser um mundo fantasioso, tudo que eu posso pensar sobre é a Era Showa.
Por enquanto, eu posso aproveitar e testar sua performance.

“A propósito, como é essa armadura?” (Naofumi)
“Isso já foi meio difícil de fazer personalizada; é tão bom quanto Armadura Bárbara +1” (Oyaji)
“Esse +1 parece que ainda não está completo. Você disse se tem ou não roupas feitas de pele de dragão para combinar com isso?” (Naofumi)

Até o design é diferente. A frente é de Hokuto no Ken, e o brilho da pele do dragão zumbi me lembra de borracha.
Só o peito tem uma quantia patética de metal para proteger ele.
O que eu posso dizer? É perfeito para andar numa moto com ela.
Já que não há motocicletas nesse mundo, eu vou sair rugindo pelas terras na Firo? Pare de pensar sobre isso! (NT: Imaginem a cena, com a Firo fazendo sons de moto com a boca)

Armadura Bárbara +1?
Aumento de Defesa, Resistência à Choque (Intermediário), Resistência à Chamas (Alto), Resistência às Trevas (Alto), Recuperação de Hp (Fraco), Aumento de Magia (Intermediário)
Encantamento: Restauração Automática.

Há várias resistências.
Restauração automática… Eu não sei a eficiência disso só. Eu imagino se ela vai se reparar sozinha se for rasgada…
Baseado nesses bônus sozinhos, a performance deve ser ótima. Parece que eu tenho que usar essas roupas que não podem ser chamadas de armadura.

“O que foi guri? Você já viu essa armadura antes?” (Oyaji)
“Você sabe que eu não sou desse mundo, certo? No meu mundo… a comparação para isso seriam roupas que você veste enquanto anda em Philorials ou cavalos.” (Naofumi)
“Nesse caso, Mestre, use ela e suba na Firo!” (Firo) (NT: Ela é pura, isso não é o fetiche dela… eu acho)

Firo me encarou com os olhos brilhando.

“Guri. O que essa garotinha pássaro acabou de dizer soou incrivelmente obsceno.” (Oyaji)

O Oyaji murmura com um leve olhar enojado em seus olhos.

“Cala boca!” (Naofumi)

Oyaji, você fez essa armadura com pensamentos de me assediar? (NT: Não sexualmente… eu acho)

“Qual o problema, guri?” (Oyaji)

… Deve ser diferente. Não há malícia.

“B-bem. Eu vou levar.” (Naofumi)

Raphtalia comentou que eu ficava bem vestido desse jeito.
Vestindo esse outfit pela cidade… eu me sinto isolado.
…Isso nem é armadura, é mais como roupas. Muito triste.
Bem, as preparações para a onda foram finalizadas sem nenhum problema.
As marcas pretas da Raphtalia sumiram completamente graças à forte água benta usada todo dia.
Eu soltei um grande suspiro de alívio porque foi capaz de ser completamente curado. Ainda pode ter uma cicatriz sobrando, mas eu quero curar ela o mais cedo possível.
Acessórios para Raphtalia e Firo também foram completos hoje.

“Aqui estão os acessórios que vocês pediram.” (Naofumi)
“Yay~!” (Firo)
“Okay.” (Raphtalia)
“Primeiro, Raphtalia.” (Naofumi)

Eu passo para Raphtalia um bracelete feito de jade.

“Muito obrigada.” (Raphtalia)
“O encantamento nisso é Aumento de Magia (Pequeno). Ele também vai agir como um para-raio para magia conjurada em você que abaixe sua Defesa Mágica.” (Naofumi)
“Irei manter isso comigo sempre.” (Raphtalia)
“Isso é realmente tudo que você quer? Eu posso realmente fazer para você algumas jóias bonitas se você quiser.” (Naofumi)
“O que você está dizendo? Nós não podemos gastar tempo em aparências.” (Raphtalia)

Isso mesmo.
Não tem o que fazer se a pessoa em si não quer isso.

“Próxima, Firo.” (Naofumi)

Eu passo a presilha da Firo feita de âmbar.
Eu coloquei ênfase no formato para fazer ela parecer uma asa, para combinar com a forma de demônio da Firo.

“Tem um encantamento para Aumento de Destreza (Pequeno).” (Naofumi)
“Obrigada mestre~” (Firo)
“Eu estava um pouco limitado pelos materiais em mãos. Se você quiser qualquer mudança então aguente isso por enquanto.” (Naofumi)
“Não há problemas com isso. Eu irei usar esse acessório para o seu potencial máximo.” (Raphtalia)
“Yup! Firo vai trabalhar duro!” (Firo)
“Eu tenho altas expectativas.” (Naofumi)

Nós tiramos o resto do tempo para preparar. Eu fiz algumas preparações com as crianças que se voluntariaram mais cedo.
Firo já foi informada sobre lutar contra a onda. No começo, Firo tinha um ponto de interrogação sobre sua cabeça perguntando sobre o que a onda era, mas depois de um tempo ela entendeu.
Remédio foi preparado. A carruagem… está quebrada, e como a nova ainda não foi completada, Firo puxou uma carroça no lugar.
De qualquer jeito, parece ter se tornado minha obrigação proteger qualquer vila na vizinhança já que os outros heróis simplesmente correm embora.
Apesar de que eu não sou realmente necessário para participar, seria cruel simplesmente abandonar as pessoas.

00:05

5 minutos sobrando.
Parece que eu posso sentir onde nós vamos aparecer, então eu deixo os soldados voluntários saber antes da hora.
Mudar o escudo para o Escudo de Víbora Quimérica.

00:00

É hora!
Um som alto parecido com vidro trincando ecoa.
O cenário muda instantaneamente.
Nós olhamos a vizinhança calmamente.

“Essa é…” (Naofumi)

É. Perto da vila com o homem que estava trazendo remédio para sua mãe que estava sofrendo de uma doença.
Não importa o quanto eles corram, o mais cedo que qualquer um faria daqui para a cidade do castelo seria um dia e meio.
Há rachaduras vermelhas se espalhando pelo céu.

“Herói do Escudo-sama!” (Voluntários)

Os voluntários que também foram invocados correm até mim.
Já pelo os outros três heróis–.

“Firo! Se você vai chutar aquele bastardo da lança, faça isso de um jeito que ele voe em direção das rachaduras. Isso vai ajudar ele chegar lá mais rápido.” (Naofumi)
“Okay~!” (Firo)

Firo ouve minha ordem e corre embora.
Devido à velocidade dela, ela alcança o grupo correto.

“Eh—?” (Motoyasu)

Assim que o bastardo da lança olha de volta, ele é chutado pela Firo.

“””Waaaaaaaaaaaaaaaa!!””” (Grupo do Motoyasu)

O grupo inteiro dele foi chutado embora. Dá uma sensação boa ver aquela porra de mulher também sendo arremessada.
Apesar que não teve tanto dano já que Firo se segurou.

“Pr-pra que você fez isso!” (Motoyasu)

Parece que a lança está tentando dizer algo para nós.
Eu ignoro a lança e encaro o arco e espada.

“Pare de ser um tolo e gastar tempo!” (Ren)
“O que deu em você agora!?” (Motoyasu)
“É! Nós temos que derrotar os inimigos nascidos da onda!” (Itsuki)

Eu estou impressionado com a raiva desses heróis tolos.

“Me escutem primeiro, vocês podem caçar o inimigo depois.” (Naofumi)

Eu dirigi os voluntários para a vila vizinhança. Eles acenaram e correram para a vila de acordo com minhas ordens.

“Agora… Pare de interferir com nosso trabalho!” (Motoyasu)
“É diferente!” (Naofumi)

Itsuki está surpreso pelo meu rúgido e olhou para mim com olhos esbugalhados.

“Se acalme e pense sobre isso. Como eu não posso receber dinheiro de auxílio, eu não irei lutar contra o corpo principal da onda. Até onde me cabe, eu vou estar tentando defender as cidades e vilas dentro da vizinhança. Vocês entendem?” (Naofumi)
“Sim.” (Ren)
“Você é desqualificado como um herói.” (Motoyasu)
“Isso mesmo!” (Itsuki)

Todos os seguidores deles estão me provocando.

“Agora vocês. Derrotar os inimigos que nascem das ondas é seu trabalho. Eu não se se a onda vai parar ou não se vocês derrotarem o boss.” (Naofumi)
“Ela é conectada ao boss!” (Itsuki)

Itsuki parece ter ficado excitado e respondeu.
Algo assim não importa.

“Contudo, além disso nós temos um trabalho importante… vocês entendem?” (Naofumi)
“O que isso seria?” (Ren)

Ren, nem você entende? Eu achei que você saberia já que esse mundo parece um jogo.
Por que você não entende? Perguntar isso seria muito seria muito sarcástico, então eu vou segurar.

“Vocês sabem sobre os Knights?” (Naofumi)

Os heróis fecham seus olhos para minha voz.

“Eles vão vir mais tarde.” (Motoyasu)

Eu tiro um sinalizador mágico e mostro para eles.

“A distância daqui para a cidade do castelo é um dia e meio de cavalo ou philorial. Isso é muito longe!” (Naofumi)
“Então, o que nós devemos fazer!” (Ren)
“Como você conseguiu essa informação!?” (Motoyasu)

Eu aponto para os voluntários correndo em direção à vila.

“Agora que eu penso sobre isso… como você transferiu com essa gente?” (Ren)
“Sério? Vocês nem conhecem a função de Grupo…?” (Naofumi)
“Para companheiros? Eu achei que nós não podíamos ter tudo isso.” (Motoyasu)
“Isso é diferente… um líder do grupo é nomeado e todo mundo que está dentro do grupo é um subordinado, isso também faz todos eles parte da transferência.” (Naofumi)

Talvez… esses caras. Eu tenho mais conhecimento sobre a onda comparado com eles?

“Primeiro de tudo, isso foi confirmação. Agora que está confirmado que nós podemos trazer ajuda durante as ondas.” (Naofumi)

… Ninguém diz nada.

“Vocês sabem da ajuda e tutorial?” (Naofumi)
“Sim. Nós masterizamos esse mundo.” (Motoyasu)
“De qualquer jeito, nossa maior prioridade é suprimir a onda… então, até mais!” (Itsuki)
“Então lutar contra a onda para vocês… é um jogo?” (Naofumi)
“Que?” (Ren)
“O que tem isso?” (Motoyasu)
“Vamos nos apressar e ir!” (Itsuki)

Minha questão foi ignorada pelo Itsuki que correu embora.

“Motoyasu, você entende o significado da minha pergunta?
“Bem… dungeon de instante?” (Motoyasu)

Não…

“Isso é diferente. É uma onda de ataque por tempo?” (Ren)

Ren… isso também está errado.

“Isso é como uma guerra de guildas? Ou um jogo com batalhas em larga escala?” (Motoyasu)

Tinha um jogo no meu mundo original onde havia um grande evento em que os jogadores só tinham uma semana para participar. (NT: Eu não sei qual é esse jogo)
Como esperado, parece que os únicos que podem usar o sistema de grupos são os heróis.
Na verdade, se os knights se atrasassem na última onda e se eu recuasse, o dano seria tremendo.

“… Vocês entendem isso completamente porque vocês costumavam dirigir uma grande guilda?” (Naofumi)

Já que a cooperação deles é prioridade máxima, eu irei ser subjetivo com isso.
Claro que os Heróis são jogadores trunfos devem liderar o ataque.
Mas, para minimizar dano nós devemos cooperar com os residentes desse mundo.
O fato deles não entenderem é incrível.

“Eu administrei um time antes.” (Motoyasu)

É a resposta do Motoyasu.
Ele encarou Firo na forma demônio. Bem, ele provavelmente não quer ser chutado.

“Então você não consegue entender.” (Naofumi)
“Eu não preciso.” (Motoyasu)
“Huh!?” (Naofumi)
“Tudo vai se ajeitar de um jeito ou de outro.” (Motoyasu)

Sigh… eu sou um secretário garantindo que você faça seu trabalho?

“Eu não estou interessado nisso.” (Ren)

Ren… eu não sou bom em falar para pessoas sobre guerras de guildas já que eu não participo.
A armadura dele é bem legal.
Eu quero saber se esse cara é capaz de administrar uma guilda de larga escala.

“Enfim, dessa vez nós precisamos dar nosso melhor, e ter certeza de trazer os knights da próxima vez.” (Naofumi)

Eu preciso preparar uma fundação para combater as ondas.
Ambos Ren e Motoyasu correm embora sem esconder seus desgostos contra mim.
Hey, não cuspa na estrada!

“Enfim, vamos para a vila na vizinhança também.” (Naofumi)
“Okay~!” (Firo)

Nós subimos na carroça, e Raphtalia correu para a vila comigo.

“Ai-!” (Raphtalia)

Nós chegamos à vila assim que a onda chegou lá. Tudo está coberto em sombras, lobos, homens-lagartos, condores e alguns goblins.
Esses caras me lembrar de Demi-humanos, mas tudo escuro e coberto com sombras.
Respectivamente eles são chamados de: Lobo Preto, Homens-Lagartos Sombrios, Condor Negro e Goblim Sombrio de Assalto.
E tinha ‘Dimensional’ incluído depois de cada nome neles. (NT: Em inglês é antes, mas aqui fica depois, seguindo o exemplo: Goblim Sombrio de Assalto Dimensional)
Eles eram bem como fantasmas que desapareciam nas sombras quando derrotados. É de fato bizarro. Esses demônios são totalmente diferentes dos da onda anterior; esse vai ser o caso de agora em diante? (NT: O bizarro é no sentido de estranho/assustador; sem ideia melhor para ‘creepy’)
De qualquer jeito, eu vou deixar todas as coisas problemáticas para aqueles caras.
Isso é.

“Acha-!” (???)

Eu escuto um grito de guerra estranho da velha senhora que eu dei o remédio. Ela está se dando bem com uma enxada em uma mão.
Os voluntários estão perplexos por essa velha mulher também.

“Ah, o santo! Obrigada pelo remédio! Acha-!” (Velha Mulher)

A velha mulher se curva para mim depois de acertar golpe depois de golpe com a enxada nos demônios que estão correndo para frente.
Essa velha mulher é bem forte, tem corpos de demônios aqui e ali.

“Hey, você vem aqui e agradeça.” (Velha Mulher)
“Uhm certo. Muito obrigado.” (Rapaz)

O filho da velha mulher se curva para mim também.

“De qualquer jeito, por enquanto por favor evacue e se abrigue, esses inimigos estão surgindo da onda.” (Voluntários)

Os voluntários estão instruindo os aldeões à se refugiarem.
Os intervalos entre mais inimigos chegando e a eliminação dos demônios atuais é bem pequeno.
Nós também nos juntamos na supressão do inimigo.

“Acha-!” (Velha Mulher)

A velha mulher casualmente massacra os inimigos. Esses realmente são os movimentos de uma pessoa que estava prestes à morrer um mês atrás?

“Minha velha força voltou graças às bençãos divinas do santo. Hahaha!” (Velha Mulher)

A velha mulher encarou o filho dela que também começou a lutar com tudo que podia, mas ele parece bem tímido.
Contudo, ele não é tão bom quanto sua mãe. Os voluntários estão conseguindo na casca manter uma luta.
Ninguém pode comparar com a velha mulher.

“Mesmo que eu pareça assim, de volta ao meu ápice eu fui uma aventureira bem famosa. Meu level é o mesmo que minha idade! Acha-!” (Velha Mulher)
“Que vovó inconsequente!” (Naofumi)

Eu não acho que nem mil pessoas seriam um oponente para ela. (NT: De igual força)
Enquanto eu seguro o inimigo, eles são massacrados pelo poder que é comparável à Firo.
Eu estou com medo de que quando a batalha acabar ela vai ficar sem bateria e cair.

“O que eu dei para essa velha mulher beber?” (Naofumi)
“Quem sabe…” (Raphtalia)

Raphtalia observa a vovó com pura admiração.
Eu vou ter que questionar o filho de perto mais tarde.
Enfim, agora é hora de tratar qualquer pessoa machucada.

“É a maior prioridade para aqueles que estão machucados recuarem da linha de defesa em direção ao carroça.” (Naofumi)

Eu realizo tratamento nas pessoas machucadas enquanto dou instruções.

“Acha! Santo-sama, parece que tem um suspeito entre os invasores.” (Vovó) (NT: É a Velha Mulher, mas assim é mais fácil de escrever)

Parece que tem um Homem-Lagarto Sombrio Dimensional bem grandinho misturado no meio. Ele é cerca do dobro do tamanho dos outros.

“Raphtalia, Firo, nós vamos matar aquele sujeito juntos.” (Naofumi)

Os voluntários vão ser um peso.

“Okay!” (Raphtalia)
“Okay~!” (Firo)

Eu corro em direção à grande caça.
O Homem-Lagarto Sombrio Dimensional está brandindo uma enorme espada preta.
Eu corro na frente dele e seguro meu escudo em cima. Um grande som de metal batendo pode ser ouvido enquanto faíscas espalham.
Presa Venenosa de Cobra (Intermediária) ativou e envenenou o inimigo.
Mas tem quase nenhum efeito. Esse tipo de inimigo é um réptil no fim das contas.
Contudo, veneno não é o que eu estava querendo.

“Eryaaaaaaaaaaaaa!” (Raphtalia)

Uma Raphtalia sem medo perfurou sua espada bem no abdome do Homem-Lagarto Sombrio Dimensional.

“Deryaaaaaaaaaaaaa!” (Firo)

O rosto do Homem-Lagarto Sombrio Dimensional foi jogado embora por um único ataque da Firo.
O Homem-Lagarto Sombrio Dimensional caiu e teve um ataque nas suas costas.

“Incrível…” (Voluntário)

Um dos voluntários soltou seus pensamentos inconscientemente…

“Ótimo! Vocês vão pela vila e façam um controle de dano.” (Naofumi)

Se a vovó, seis voluntários e alguns aventureiros que vivem aqui irem proteger a vila, muito do dano pode ser evitado.
Deve ainda ter outras vilas nessa vizinhança. Será perigoso se nós não irmos ajudar o mais cedo possível.

“Use o remédio que você precisar, a viagem não será confortável. Vamos indo.” (Naofumi)

Alguns voluntários subiram no carroça pelas minhas instruções.

“Vamos lá!” (Naofumi)
“Positivo~!” (Firo)

Firo puxou o carroça que se tornou mais pesado, e começou a correr com seu poder explosivo.
Quando nós chegamos na próxima vila, alguns voluntários pareciam estar sofrendo, mas não era particularmente ruim então eu ignorei isso.
Essa vila parece ter levado bem mais dano que a anterior. Casas foram queimadas e alguns aldeões estavam machucados.

“Rápido, vão resgatar qualquer um que vocês puderem!” (Naofumi)
“O-okay!” (Voluntários)

Enquanto massacramos demônios, nós estávamos esperando a onda para acabar.

“… Tão devagar!” (Naofumi)

3 hora haviam se passado desde então.
Nós mal conseguimos defender as vilas na vizinhança, mas lidar com as ondas inacabáveis de demônios não ajudava muito.
A evacuação das vilas foi feita decentemente, e as casualidades entre os aldeões era mínima.
Os refugiados não foram atacados quando encontrados porque nós estávamos aqui. Então nossas ofensas e defesas continuam como estão.
Seria muito tarde de qualquer jeito.
Quanto tempo vai levar para esses heróis?

“Herói-sama, deixe esse lugar para nós. Você não devia ir apoiar os outros Herói-samas?” (Voluntário)

A criança soldado que me cumprimentou primeiro deu a proposta.

“Não tem sentido se eu ir…” (Naofumi)

Se eu for ajudar eles derrotar o boss, eles só vão reclamar que eu fui para roubar a glória.

“Mas…” (Voluntário)

Os voluntários parecem exaustos. Lutar por 3 horas contra inimigos inacabáveis vai fazer isso com sua estamina.
Raphtalia e Firo também estão consideravelmente cansadas. Eu não sou diferente.

“Ahahaha-!” (Firo)

Firo chute um Goblim Sombrio de Assalto Dimensional enquanto ri.
Yup. Firo ainda está bem. Esse pássaro é uma massiva bola de estamina.

“Vocês vão ficar bem?” (Naofumi)
“Por favor deixe isso comigo!” (Voluntário)

Parece que ainda tem um pouco de estamina sobrando.

“Então eu vou aceitar sua oferta. Eu estou contando com você.” (Naofumi)
“Okay!” (Voluntário)
“Raphtalia, Firo, vamos lá!” (Naofumi)
“Entendido.” (Raphtalia)
“Okay~!” (Firo)

Nós deixamos a vila para os voluntários e aventureiros, enquanto nós andamos até o boss da onda na Firo.

Anúncios

12 respostas em “Capítulo 51 – Terceiro Desastre

    • Rapaz, toda e qualquer ajuda é bem vinda, ainda mais de alguém que lê raws xD

      Além da página do Baka-Tsuki, tem uma planilha minha e dos outros que estão ajudando para decidir capítulos, se quiser eu te mando e tal.

      P.S.: Se você sabe japonês, pode me dar uma mão no 52? Eu ainda vou pegar para traduzir, mas o pessoal que traduziu para o inglês não traduziu nomes de golpes (vou parar por aqui para não dar spoilers) ‘o/
      Ou com raw você diz inglês?

      Curtir

        • Eu prefiro manter o nome “original” -> as skills eu vou traduzir, exceto os nomes alemães – nesse caso, seria manter o nome original mas colocar a tradução ao lado – eu acho que faz falta para curiosos 😀

          Curtir

        • Aliás… eu fiquei enrolando muito ‘hoje’, ‘amanhã’ eu vejo isso com calma -> eu vou traduzir, depois se quiser dar uma mão com isso, só largar nos comentários que eu coloco -> se quiser ver de você traduzir capítulos inteiros, manda um email pra thyrostraducoes@gmail.com que eu te mando a planilha de capítulos e tal, aí dá pra combinar mais sossegado.

          Curtir

    • … sabe, essa frase me incomoda mais do que deveria, sério – ao menos usa um “safadinho”, sei lá… não quero ter que fuçar o WP para bloquear essa frase nos comentários (acho que é possível) xD

      Curtir

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s