Capítulo 31 – Pau e Cenoura

Este capítulo foi traduzido do Baka-Tsuki: http://bit.ly/13hdGgq


Capítulo 31 – Pau e Cenoura

“Slave Dealer!” (Naofumi)

Primeira coisa que fiz na manhã foi invadir a tenda do slave dealer.

“O que é logo assim tão cedo na manhã, Herói-sama? Sim.” (Slave Dealer)
“A marca da maldição do seu lugar era defeituosa. Dependendo da sua resposta, minha escrava e monstro perigosos vão começar a ficar selvagens aqui, okay?” (Naofumi)
“Meu estômago está vazio então eu farei isso mais tarde.” (Firo)
“… Se você não começar a se comportar, eu vou te transformar em café da manhã.” (Naofumi)

A marca da maldição na Firo não ativa como deveria. E para completar não está indo embora.

“Huh? O que isso significa?” (Slave Dealer)

Eu expliquei para o slave dealer o que tinha acontecido nessa manhã. Depois daquilo foi horrível. Eu de algum jeito consegui convencer Firo a ficar na forma humana e nós fomos para a tenda.
Firo foi guiada aqui pela Raphtalia que estava em alerta constante para Firo não fazer nada de estranho. Parece que foi duro.

“Parece que uma marca de maldição normal não irá restringir uma rainha philoreal. Sim.” (Slave Dealer)
“E isso significa?” (Naofumi)
“Uma marca de maldição normal não irá prender um monstro de rank alto. O dragão que era o prêmio daquela loteria tem uma marca de maldição especial gravado nele.” (Slave Dealer)
“Em outras palavras, uma marca de maldição normal não vai funcionar nessa coisa?” (Naofumi) (NT: Eu to usando ‘coisa’, mas em inglês é ‘this guy’, que fica ‘esse cara’ – e chamar ‘essa cara’ fica estranho aos meus olhos)
“Sim.” (Slave Dealer)

O slave dealer estava escrevendo alguma coisa no seu caderno muito excitado.

“Então, você vai aplicar essa marca de maldição especial?” (Naofumi)
“Não, não, isso não é algo que nós podemos dar de graça. Sim.” (Slave Dealer)
“Como é?” (Naofumi)
“Isso não é algo que vai ser assim barato, então dar de graça seria duro. Nós também aproximamos o limite do dano que nós podemos levar.” (Slave Dealer)

Ku~! Parece que eu não posso esperar mais nenhum brinde.
Bem, eles realmente sofreram todo esse dano, então eu acho que não tem o que fazer…

“Quanto?” (Naofumi)
“Esperando muito do Herói-sama no futuro, como soa o grande desconto de 200 moedas de prata?”

Kuuuu… isso é caro.

“Você não pode–” (Naofumi)
“A propósito, 800 moedas de prata para isso seriam consideradas baratas no mercado atual. Eu estou esperando muito do Herói-sama, então eu não estou mentindo.” (Slave Dealer)

Gah!
Minha carteira sofreu muito dano.
Eu admiti derrota e me arrependendo dei 200 moedas de prata para o slave dealer.
“… Se isso foi uma mentira meus perigosos capangas irão fazer um festival do seu sangue.” (Naofumi)
“Claro, eu entendo.” (Slave Dealer)

Raphtalia guiou Firo pela mão enquanto Firo estava olhando em volta em sua forma de rainha philorial.

“Fique parada aqui, Firo.” (Raphtalia)
“Por que?” (Firo)
“Se você ficar parada, depois eu te darei uma coisa boa para comer.” (Naofumi)
“Sério?” (Firo)
“Sim.” (Naofumi)

Firo estava com os olhos brilhando enquanto ia para onde o slave dealer estava apontando e ficou parada.
Certo, se nós vamos conjurar magia, agora é a hora.
Eu dei um sinal para o slave dealer com meus olhos. Ele acenou, chamou 12 dos seus capangas que estavam com os rostos escondidos com robes, e fez eles cercarem Firo.
Eles derramaram algum tipo de química no chão e começaram a conjurar magia.
O chão brilhou com luz, e um quadrado mágico formou com Firo no centro.

“Eh, o qu-que?” (Firo)

Firo tentou resistir e faíscas voaram, mas adiantava e a o quadrado mágico começou a corroer até a Firo.

“Ow, aí—! Para com isso-!” (Firo)

Sentindo a dor de um update na marca de maldição, Firo começou a se rebelar. Nisso o quadrado mágico soltou faíscas e começou a balançar.
Os capangas do slave dealer soltaram vozes de surpresa.

“Só por precaução, eu tinha várias pessoas conjurando a magia mas… para ser capaz de se mover debaixo dessa pressão, o futuro dessa jovem é assustador. Sim.” (Slave Dealer)

Parando para pensar, ela ainda é só lvl 19. Se ela fosse se tornar lvl 70 assim, quão forte ela iria se tornar? Eu acenei com a cabeça para as palavras do slave dealer.
Eventualmente, o quadrado mágico foi completamente gravado no estômago da Firo e ficou quieto.

“Está acabado. Sim.” (Slave Dealer)

Meu visor também mostrou um ícone de monstro mais avançado que antes. Sem hesitação, eu marquei a parte que fazia o que eu falava absoluto.

“Haa… Haa…” (Firo)

Firo andou até mim enquanto respirava pesado.

“Isso foi horrível mestre, isso doeu muito.” (Firo)

Até eu achei que eu tinha um sorriso maligno na minha cara enquanto eu ordenava Firo.

“Primeiro, mude para a forma humana.” (Naofumi)
“Ehhh, isso doeu então sem chance. Me dê algo gostoso!” (Firo) (NT: Alimentos, ela quer alimentos)

Ela rejeitou minha ordem num tom desrespeitoso, enquanto ela estava pedindo por comida a marca brilhou.

“Eh, não! Que, não não!” (Firo)

Firo mandou algum tipo de magia para a marca da maldição, mas dessa vez a maldição repeliu ela e ativou.

“Ow, ow, ow!” (Firo)

Firo caiu no chão pela dor da marca da maldição.

“Se você não ouvir o que eu digo, isso vai doer.” (Naofumi)
“Ow, ow! Uuu…” (Firo)

Firo se transformou descontentemente na foma humana. Depois disso a luz da marca da maldição apagou.

“Hm… dessa vez ela ativou direito. Bom trabalho, slave dealer.” (Naofumi)
“Sim, é um padrão relativamente forte, então não é fácil de mexer com ele. Sim.” (Slave Dealer)

Eu fui na frente da Firo caída e disse para ela.

“Você mesma foram 100 moedas de prata, depois essa marca de maldição foram 200 moedas. No total eu estou sem 300 moedas de prata. Eu terei você me pagando de volta por obedecer minhas ordens.” (Naofumi)
“M-mestre…” (Firo)

Firo balançou e ergueu sua mão para mim.
Isso meio que machucava minha consciência para dizer isso para uma criança com uma cara tão pura, mas eu não quero ter que deixar alguém egoísta pra selvageria. (!) (NT: Nem ideia do que é isso, mas tava no BT em inglês, então…)

“Escute o que eu digo.” (Naofumi)
“N-nããão.” (Firo)
“Entendo entendo, se você não quer escutar o que eu tenho para dizer não importa o que, então eu te venderei para esse velho homem assustador aqui.” (Naofumi)
“…!?” (Firo)

Firo parecia finalmente ter entendido a posição dela enquanto seu rosto se distorcia de medo. O slave dealer estava usando um tipo de expressão meio preocupada mas ainda feliz enquanto olhava para mim…

“Quanto você pagaria para comprar ela?” (Firo)
“Vejamos. Ela é rara, então incluindo a taxa pelo problema eu iria querer ela mesmo por 30 moedas de ouro. Uma marca de maldição efetiva já foi gravada nela então ela não será capaz de se rebelar mais, teria várias outras maneiras de usar ela. Sim.” (Slave Dealer)

Mesmo o slave dealer que não gosta de comprar de volta produtos estava disposto pagar esse preço alto por ela.
Eu não sei as intenções verdadeiras dele, mas se Firo cair nas mãos dele eu espero a vida dela ter acabado.
Contudo Firo estava olhando para mim com uma incrível expressão assustada.
Isso é duro… minha consciência que deveria ter ido embora está falando mais alto.
Mas dependendo da atitude da Firo, eu posso realmente ter que escolher esse futuro.
Eu não sou um tipo de irmão mais velho ou alguém que mima seus mascotes.

“É assim que funciona. Dessa vez, mesmo que você se rebele eu não irei vir ver você… você irá beber remédio realmente amargo, e vai ter seu corpo zoado com um monte e no fim… você vai provavelmente morrer…?” (Naofumi)
“N-nããããããão!” (Firo)

Firo rejeitou isso em uma voz alta.

“Mestre, não me odeie…” (Firo)

Firo se pendurou nas minhas pernas e me implorou.
Ku-! Isso é duro… (NT: A situação, ele tá falando da situação)
Ainda assim eu não posso recuar.

“Se você escutar honestamente o que eu digo então eu não te odiarei. De agora em diante escute devidamente.” (Naofumi)
“H-hai!” (Firo)
“Bom, bom, então quando nós estivermos dormindo no hotel não se transforme na sua forma real não importa o que. Essa é sua primeira promessa.” (Naofumi)
“Hai!” (Firo)

Quando Firo sorriu com seu rosto inteiro, o que sobrou da minha consciência doeu.
Okay, hoje depois disso nós temos que passar na loja de armas…
Enquanto eu movia meu olhar da Firo, eu vi o slave dealer sorrindo com uma inacreditável expressão divertida.

“Mas um maravilhoso método de cara mau. Isso mandou arrepios pela minha espinha. Você é verdadeiramente o lendário herói do escudo!” (Slave Dealer)

Eu sinto que o jeito dele de me elogiar estava errado… mas reclamar sobre isso não parece certo também.
E, além dele Raphtalia também estava olhando para mim com uma expressão difícil.

“Naofumi-sama… isso não foi um pouco muito…” (Raphtalia)
“Se eu não fizer isso então ela não vai me escutar direito. Até você era assim no começo, certo?” (Naofumi)

Na minha resposta, Raphtalia concordou.

“Agora que você disse isso, eu era.” (Raphtalia)
“Egoísmo tem partes que podem ser perdoadas e partes que não podem.” (Naofumi)

Depois de ouvir meus, os do mestre dela, verdadeiros pensamentos ela não podia desafiá-los.

“Pau e cenoura, certo? Eu entendo. Sim.” (Slave Dealer)
“Eu não estava falando com você, slave dealer.” (Naofumi)

E também, não decida do nada que você me entende.

“Eu acho que eu te causei muitos problemas.” (Naofumi)
“Se isso é o que você pensa, então por favor, crie ela para seja fácil de usar, pegue uma philorial que nós vamos preparar e treine–” (Slave Dealer)
“Então tá, nós ainda temos lugares para ir hoje. Nós estamos saindo agora.” (Naofumi)
“À forte vontade do Herói-sama de evitar ser pego no nosso ritmo o quanto for possível, eu tenho verdadeiros sentimentos de respeito. Sim.” (Slave Dealer)

Com isso, nós acabamos nossa discussão e deixamos a tenda para trás.

Anúncios

7 respostas em “Capítulo 31 – Pau e Cenoura

Deixe uma Resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s